Depois da pressão das manifestações populares das últimas semanas, Câmara rejeita PEC 37

 

Brasília, 25/06/2013 - A Câmara dos Deputados durante sessão extraordinária, para discussão e votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 37
Brasília, 25/06/2013 – A Câmara dos Deputados durante sessão extraordinária, para discussão e votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 37, que retira poder de investigação do Ministério Público. Foto de Jose Cruz/ABr

 

A pressão das manifestações populares das últimas semanas, em todo o país, resultou ontem (25) na derrubada da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 37, que limitava os poderes de investigação do Ministério Público. Aprovada na Comissão de Constituição e Justiça e na comissão especial que analisou o mérito, a proposta foi rejeitada por 430 votos a favor, 9 contrários e 2 abstenções. Com a rejeição, a PEC vai ao arquivo.

Logo após a rejeição da PEC, as centenas de pessoas que acompanharam a sessão das galerias da Câmara, cantaram um trecho do Hino Nacional. Os manifestantes, em sua maioria representantes do Ministério Público e agentes da Polícia Federal, aplaudiram todos os encaminhamentos favoráveis à rejeição da proposta.

A derrubada da PEC 37 era uma das principais bandeiras dos movimentos populares que têm tomado às ruas de várias cidades brasileiras e do exterior. Por definir que o poder de investigação criminal seria restrito às policias Federal e Civil, a proposta foi considerada como “PEC da impunidade”.

Por duas vezes, o presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), apelou para que a rejeição fosse unânime a fim de que a Casa ficasse em sintonia com o clamor das ruas. Autor da PEC, o deputado Lourival Mendes (PTdoB-MA) foi o único a defender a aprovação da proposta. Segundo ele, “um erro de percurso”, em referência às manifestações, fez com que a PEC fosse considerada “nefasta”.

Reportagem de Iolando Lourenço e Ivan Richard, da Agência Brasil, publicada pelo EcoDebate, 26/06/2013

Nota do EcoDebate: Vejam como foi a votação:

54a. LEGISLATURA
TERCEIRA SESSÃO LEGISLATIVA ORDINÁRIA
SESSÃO EXTRAORDINÁRIA Nº 182 – 25/06/2013

Abertura da sessão: 25/06/2013 20:03
Encerramento da sessão: 25/06/2013 21:46
Proposição: PEC Nº 37/2011 – PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO – 1º TURNO – Nominal Eletrônica
Início da votação: 25/06/2013 21:14
Encerramento da votação: 25/06/2013 21:43

Presidiram a Votação:
Henrique Eduardo Alves

Resultado da votação
Sim: 9
Não: 430
Abstenção: 2
Total da Votação: 441
Art. 17: 1
Total Quorum: 442

Presidente da Casa: Henrique Eduardo Alves – PMDB /RN

Presidiram a Sessão:
Henrique Eduardo Alves – 20:03
Orientação
PT: Não
PMDB: Não
PSDB: Não
PSD: Não
PrPtdobPrpPhsPslPrtb: Não
PP: Não
DEM: Não
PSB: Não
PDT: Não
PTB: Não
PSC: Não
PCdoB: Não
PPS: Não
PV: Não
PRB: Não
PSOL: Não
Repr.PMN: Não
Repr.PEN: Não
Minoria: Não
GOV.: Não


[ O conteúdo do EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta clicar no LINK e preencher o formulário de inscrição. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Alexa

Tagged
Top