Cidades brasileiras com menos carros, mais transporte público e ciclovias. Uma utopia?

 

trânsito

 

Cidades para pessoas, uma utopia no Brasil?

II Fórum Mobilize Brasil reúne especialistas para discutir os desafios de construir cidades com menos carros, mais transporte coletivo, passeios públicos e vias para bicicletas. Evento ocorre em 12 de abril, em São Paulo. Inscrições gratuitas.

Enquanto várias capitais do mundo restringem a circulação de carros e estimulam os hábitos saudáveis de caminhar, pedalar e usar o transporte público, no Brasil, as autoridades relutam em avançar em políticas mais sustentáveis de mobilidade urbana. Mas, como reduzir o uso do automóvel nas cidades brasileiras e estimular o investimento em mais transporte coletivo, passeios públicos e vias para bicicletas?

Para buscar respostas a esse dilema da mobilidade, o portal Mobilize (www.mobilize.org.br) reunirá especialistas em transportes, pesquisadores do urbanismo, autoridades e jornalistas no II Fórum Mobilize Brasil, que acontece no dia 12 de abril, sexta-feira, às 19 horas, no Salão Nobre da FGV, em São Paulo.

Participam do encontro o secretário Nacional de Transportes e Mobilidade Urbana do Ministério das Cidades. Júlio Eduardo dos Santos, o urbanista Alexandre Delijaicov, professor da FAU/USP, e o promotor Mauricio Lopes, responsável pela Promotoria de Habitação e Urbanismo no Ministério Público do Estado de São Paulo. Na mediação dos debates estará o jornalista Marcos de Sousa, editor do Portal Mobilize.

O urbanista Alexandre Delijaicov é também um ciclista convicto e defensor da redução do espaço para automóveis nas cidades. Recentemente, Delijaicov coordenou um grupo de trabalho que concebeu O Hidroanel Metropolitano, um engenhoso sistema de transportes de cargas por vias hídricas, aproveitando os rios Tietê, Pinheiros, além das represas que circudam a Região Metropolitana de São Paulo.

O promotor Maurício Lopes participa do encontro para defender a urgência no melhoramento das calçadas, o mais básico sistema de mobilidade de qualquer cidade. Lopes acredita que a circulação dos pedestres somente será segura e confortável quando as prefeituras assumirem integralmente a gestão das calçadas.

O engenheiro Julio Eduardo dos Santos falará sobre as ações do Ministério das Cidades para estimular as formas não motorizadas de transporte, em especial a nova legislação federal, que obriga os municípios com mais de 20 mil habitantes a elaborarem Planos Diretores de Mobilidade Urbana.

Após uma rápida apresentação de cada um dos convidados, o debate será aberto à participação do público, com transmissão ao vivo pela internet.

As inscrições são gratuitas e as vagas são limitadas.

Serviço
II Fórum Mobilize Brasil – Cidades para pessoas, uma utopia no Brasil?
12 de abril, às 19 horas
Local: Salão Nobre da FGV – EAESP (Rua Itapeva, 432, 4º andar) – Estação Trianon-MASP
Inscrições gratuitas: mobilize@mobilize.org.br ou pelo diretamente no site www.mobilize.org.br
Transmissão on-line ao vivo pelo Portal Mobilize

Sobre o Mobilize Brasil
O Mobilize Brasil é um movimento em prol da mobilidade urbana sustentável, conceito que envolve a implantação de sistemas sobre trilhos, como metrôs, trens e bondes modernos (VLTs), ônibus “limpos”, com integração a ciclovias, esteiras rolantes, elevadores de grande capacidade. E soluções inovadoras, como os teleféricos de Medellín (Colômbia), ou sistemas de bicicletas públicas, como os implantados em Copenhague, Paris, Barcelona, Bogotá, Boston e várias outras cidades mundiais. www.mobilize.org.br

EcoDebate, 11/04/2013


[ O conteúdo do EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta clicar no LINK e preencher o formulário de inscrição. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Alexa

2 comentários em “Cidades brasileiras com menos carros, mais transporte público e ciclovias. Uma utopia?

  1. Não vejo como isso pode acontecer no Brasil num período menor que 20anos. O próprio planejamento atual de engenharia e arquitetura não facilita sequer uma ciclovia. Falta educação básica, e não é só no trânsito não, educação mesmo da população que não respeita os espaços livres, o meio ambiente, enfim, primeiro deve-se investir pesado nas informações sobre mobilidade urbana, educação ambiental com reforço junto as escolas, tudo isso sem falar no aspecto econômico que envolve as multinacionais e o próprio governo que com certeza não vai querer perder investimentos.

  2. Antes de se ter um hidroanel em São Paulo é necessário despoluir (pelo menos ao nível de água balneável) o Tietê e o Pinheiros. Ouço falarem de fazer isso desde que me dou por gente, e já tenho 33 anos. Mas não vi diferença até hoje.

    Fora que falta aos cidadãos fazerem sua parte também. Não só jogar o lixo no local adequado (recicláveis lavados e secos para reciclagem, compostáveis em composteiras, blisters de remédios e assemelhados na farmácia… quem disse que é simples como falar lixo?) como conferir se sua casa está com a saída de esgoto devidamente ligada à rede de esgoto, e não à rede pluvial. E parabenizar (com o voto) os políticos que investem em coisas “invisíveis” como melhorar a rede de esgoto e demais medidas de saneamento básico.

Comentários encerrados.

Top