Vítimas de contaminação por chumbo na Bahia pedem punição de empresários

 

Alexandra Martins / Câmara dos Deputados
Audiência pública sobre contaminação por chumbo na cidade de Santo Amaro da Purificação na Bahia
Comissão de Direitos Humanos discutiu danos causados por contaminação em município baiano.

 

Associações de moradores e vítimas de contaminação por metais pesados de Santo Amaro da Purificação (BA) querem que o governo federal tome providências para responsabilizar os sócios da empresa Companhia Brasileira de Chumbo pelos danos à saúde dos trabalhadores e habitantes da cidade.

A reivindicação foi apresentada durante audiência pública realizada nesta quarta-feira (27) pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara, que discutiu o problema com autoridades e vítimas da contaminação.

Durante 30 anos, a Companhia Brasileira de Chumbo foi uma das maiores produtoras do metal no mundo. A empresa fechou as portas nos anos 90, mas a falta de cuidado ao descartar os rejeitos da produção contaminou a terra e envenenou o rio Subaé, que corta a cidade. Há relatos de mortes de animais e doenças graves de ex-trabalhadores, de seus familiares e de moradores da cidade.

De acordo com o procurador de Santo Amaro, Leandro de Almeida Vargas, o governo federal já tomou algumas providências, como instalar no município um centro de referência para tratamento das pessoas.

O procurador afirmou, no entanto, que é preciso reparação. Segundo ele, a empresa agiu de forma irresponsável enquanto atuou na cidade e continua a atuar no País, hoje sob outra denominação.

“A escória foi jogada de qualquer jeito. Foi jogada nos rios, nos ares. Os filtros das fábricas foram disponibilizados para as crianças brincarem, fazerem de travesseiro em casa. Então, não são os ex-trabalhadores, a população como um todo precisa [de reparação], porque a grande maioria está contaminada”, disse Vargas.

Danos à população
Para o presidente da Associação das Vítimas de Contaminação, Adailson Pereira Moura, dinheiro algum vai poder reparar o que a população tem passado. Ele relatou a dor permanente dos contaminados, a impotência, além das crianças que já nascem gravemente comprometidas pela contaminação de suas mães, como aconteceu com sua neta.

Adailson disse que foi o sofrimento da menina que o levou a retomar a luta pela reparação das vítimas. “É difícil saber que você tem chumbo no sangue e que vai morrer. Não sei o dia, mas sei que minha hora vai chegar porque já enterrei 940 companheiros. Temos 940 viúvas em Santo Amaro”, disse Moura.

O autor do requerimento para a realização da audiência pública, deputado Roberto de Lucena (PV-SP), afirmou que a luta da população de Santo Amaro deve ser encampada pela Comissão de Direitos Humanos. Ele afirmou que a comissão não pode permitir que o problema caia no silêncio e precisa assegurar que a justiça seja feita.

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados também criou um grupo de trabalho para buscar soluções para o problema.

Alexandra Martins / Câmara dos Deputados
Manifestantes protestam contra a permanência do dep. Pr. Marco Feliciano (PSC-SP) na presidência da CDHM, durante Audiência Pública
Manifestantes durante audiência da Comissão de Direitos Humanos.

 

Tumulto
A audiência pública começou com a presença de manifestantes no Plenário da Comissão de Direitos Humanos, a favor e contra a permanência do deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) na presidência da comissão.

Para evitar tumulto, Feliciano suspendeu a audiência por cinco minutos e determinou a transferência do debate para outro Plenário, apenas com a participação de parlamentares, debatedores e imprensa.

Matéria da Agência Câmara Notícias, publicada pelo EcoDebate, 28/03/2013


[ O conteúdo do EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta clicar no LINK e preencher o formulário de inscrição. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Alexa

8 comentários em “Vítimas de contaminação por chumbo na Bahia pedem punição de empresários

  1. Os ex-proprietários da Plumbum em Santo Amaro fizeram a mesma coisa em Adrianópolis, município entre São Paulo e Paraná e participaram do governo, inclusive do CONAMA. Hoje possuem outras indústrias.
    E a situação da população do entorno da mineração em Boquira, interior do Estado da Bahia? E os que lá trabalharam? Por onde anda o arquivo “morto” da Plumbum com os registros dos empregados, exames médicos etc.? O médico do trabalho da Plumbum, por acaso não era do Hospital São Raphael? É preciso uma investigação séria, senão tudo voltará ao esquecimento.
    Não sou santamarense nem cientista, mas pesquisei in loco o problema da cidade mais poluida do mundo por chumbo e cádmio. Leiam a pesquisa do Dr. Fernando Carvalho( UFBA) e de outros pesquisadores da Bahia, do Brasil e do mundo e ficarão estarrecidos. País que não se dedica à ciência, que não prestigia seus cientistas e pesquisadores, perde-os para outras nações.
    Estou ficando cansado aos 70 anos de idade e triste com a atuação dos nossos governantes, principalmente, por nos tributar escorchantemente para nada. Onde está a verba para educação, saúde e segurança pública?
    Se alguém leu o meu desabafo peço desculpa pelo longo texto.

  2. Enquanto ficar o Deputado Feliciano a frente dos trabalhos, não haverá trabalho, já que a indicação do nome dele foi tão infeliz quanto o nome do “motosserra de ouro” Blairo Maggi para a presidência da Comissão de Meio Ambiente no Senado, além do suspeitíssimo Renan Calheiros na presidência do Senado. Deve ser gozação destes com o povo brasileiro como um todo né… tipo “vamos indicar os piores sempre”, essa deve ser a tônica do congresso e senado…

  3. Foi publicado recentemente que a cidade de Santo Amaro é a mais contaminada por chumbo do mundo devido aos descartes de resíduos de formas inadequadas, que se procedeu durante 30 anos, hoje se discute muito sobre as providências que o Governo Federal deverá tomar para responsabilizar os sócios das Empresas Companhia Brasileira de chumbo pelos danos causados à saúde dos trabalhadores e habitantes da cidade.
    Ouvir falar dos danos acarretados à cidade de Santo Amaro, me faz lembrar do que já li e dos documentários que assisti sobre Chernobyl na Ucrânia (1986); me faz lembrar também, sobre o que já li a respeito da catástrofe causada pelo -Césio 137- em Goiânia (1987), me faz pensar em Lagoa Real, distrito de Caetité na Bahia. Pode parecer exagero da minha parte, mas para um país que dispõe de leis invejáveis, pelo que percebo diante do fato, pouca importância é dada em relação ao caso de Santo Amaro.
    Sou estudante, maior, capaz e natural de BOQUIRA, uma pequena cidade localizada no Espinhaço Setentrional do oeste baiano, que dista 650 km da capital. BOQUIRA- que durante a década de 60 viveu o apogeu da Mineração na Bahia e por sinal foi a principal exportadora de minério de Chumbo para Santo Amaro. Prezados (as) aproveito o espaço para salientar sobre uma população esquecida que também foi (ainda é) vítima da exploração feita pela Empresa que eu nem sei a qual, se Plumbum, se Grupo Trevo e TREVISAN (que de acordo com publicações mudaram de nome várias vezes. Será por quê?). Os rejeitos do minério encontram-se a céu aberto, ou seja, o passivo ambiental que torna a cidade nada atrativa. A exaustão da Mina ocorreu em 1992, e a população está estagnada desde o penúltimo Censo 2000 e o último 2010, que apresentam números respectivos (22.121 hab., 22.037 hab.). Vergonha, vergonha, muita vergonha (…). Aproveito também para corroborar o que foi dito pelo Sr. José Rembrandt Fontes de Aquino, nossas Universidades realmente, não são prestigiadas, nossa educação, não classifico com a pior do mundo, porque não conheço as outras e muitas de nossas pesquisas só contribuem para gerar lixos, pois não passam de meros arquivos. Excelentíssimo gostaria de lembrar que através de atos democráticos, a população de BOQUIRA, mesmo que pequenina também se preocupa em quem poderá representá-la. Portanto, façam alguma coisa. Peço desculpas pelo longo texto , Acompanhe: http://www.youtube.com/watch?v=Y6Xswz-KlL0

  4. No Brasil Luciana de Oliveira, as Multinacionais fazem o que querem com o meio ambiente e quando a fiscalização aperta, simplesmente mudam de nome ou razão social, decretam falências, elas já conhecem todos os trâmites legais para simplesmente burlar as leis, caso não consigam, elas compram juízes, desembargadores, deputados, ministros, presidente da república, agora tente ir para o exterior abrir qualquer negócio, que você verá a dificuldade imposta e os altos encargos que são cobrados; Os Franceses, são os principais responsáveis pela enorme degradação ambiental em Boquira, Santo Amaro da Purificação e em Panelas no Paraná, simplesmente mostraram que são apenas Mercenários, que exploraram ouro, chumbo, prata, madeira, acabaram com nascentes, contaminaram milhares de pessoas e simplesmente foram embora, mas o resultado disso, tanto eles como a União Européia já estão vendo, sentindo na própria pele, como dizia uma música bem antiga de Roberto Carlos: “QUEM BRIGA COM A NATUREZA ENVENENA A PRÓPRIA MESA…” O resultado é uma Europa toda falida, vivendo de aparências e especulações monetárias, recursos naturais se esgotando e mesmo assim eles não perdem a pose, ainda acham que são o centro de tudo, querendo colonizar países com pouca cultura e poucos recursos financeiros, são as pragas disfarçadas da humanidade!!!

  5. Gostaria de saber se alguém tem informações sobre um médico que trabalhou em Boquira e tbm em Sto. Amaro entre os anos de 1957 e 1970 que se chamava Dr. José Lins da Costa, segundo sei tbm foi prefeito de Boquira em 1962 ou ano próximo. Qualquer informação me ém bem vinda pois estou escrevendo um livro sobre a região da chapada.

  6. Olá Joaquim José da Silva, tudo bom? Sou de Boquira e li seu comentário. Se o senhor deixar qualquer meio para entrar em contato com vossa senhoria poderia facilitar o seu lado, quem sabe aparecerá alguém para te ajudar.

  7. participei da audiéncia publica em brasilia como representante das vitimas de santo amaro e de boquira, não entendo como uma audiencia desta, não teve a prsença dos direitos humanos, da justica do trabalho representado pelo ministro do trabalho e não mandando representante, ai ja deixou a desejar pois era mais uma audiencia das que tiveram em brasilia, eu não aguento mais ser convidado para participar de audi~encia pois não resolvem nada, camara os deputados e uma piada, a o senado é uma piada se isto je eu um fato consumado de direito no planto da republica, des de luis inacio lula da silva, a gora a presidenta dilma ruseffe, e nada foi feito a unica coisa de concreto ate o momento e uma ação civil publica que tramita em santo amaro e outra em boquira e a unica coisa de verdade o resto é piada.

Comentários encerrados.

Top