Governo do Rio desiste da demolição do Museu do Índio

 

Antigo Museu do Índio. Foto de Tania Rego/ABr
Antigo Museu do Índio. Foto de Tania Rego/ABr

 

O governo do Rio de Janeiro recuou e decidiu manter o prédio do Museu do Índio, no Maracanã, zona norte do Rio. “O estado ouviu as considerações da sociedade a respeito do prédio histórico, datado de 1862, analisou estudos de dispersão do estádio e concluiu que é possível manter o prédio no local”, diz nota divulgada na tarde de segunda-feira (28). A decisão do governo fluminense ocorre dois dias após a liminar concedida pela Justiça à Defensoria Pública do estado impedindo a demolição museu, localizado ao lado do Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã.

Segundo a nota, o governador Sérgio Cabral e o prefeito do Rio, Eduardo Paes, irão declarar o tombamento do imóvel e definir qual será a destinação do mesmo. A restauração do prédio, de acordo com o governo estadual, ficará a cargo da empresa que vencer a licitação para as obras do Complexo do Maracanã, cujo edital sairá em fevereiro.

O comunicado diz ainda que “o governo está tomando às devidas providências para que o local seja desocupado dos seus invasores”. Desde 2006, o prédio é ocupado por índios que intitularam o local de Aldeia Maracanã. O grupo está reunido para discutir a decisão do governo do estado, informou um dos líderes do grupo, Afonso Apurinã, à Agência Brasil.

Edição: Carolina Pimentel

Reportagem de Paulo Virgilio, da Agência Brasil, publicada pelo EcoDebate, 30/01/2013


[ O conteúdo do EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao Ecodebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta clicar no LINK e preencher o formulário de inscrição. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Alexa

Um comentário em “Governo do Rio desiste da demolição do Museu do Índio

  1. Os índios precisam de dignidade e respeito, inclusive das garantias constitucionais, como legítimos brasileiros que são. Um prédio abandonado no meio da selva de pedra, ao turbilhão de pessoas que ali transitam para trabalhar ou ver clássicos de futebol nada acrescenta ao que eles representam (sua cultura, tradições e modus vivendi). Envolvê-los neste “imbroglio” é de extrema insensatez. Proteger ou tombar um prédio que nada tem com os índios, a não ser o nome, não acrescenta nada aos índios. Perderam o foco do problema para que esta triste história entre no lendário da história brasileira.

Comentários encerrados.

Top