Toninha, uma das menores espécies de golfinho do mundo, corre risco de extinção

 

Toninha – Pontoporia blainvillei (Gervais & d’Orbigny, 1844). Foto ICMBio
Toninha – Pontoporia blainvillei (Gervais & d’Orbigny, 1844). Foto ICMBio

 

A toninha é uma das menores espécies de golfinho do mundo e pode ser encontrada em águas a até cerca de 35 metros de profundidade. A espécie é bastante ameaçada pela pesca, principalmente pela de emalhe, ou seja, com redes. Se a prática pesqueira em águas consideradas rasas fosse proibida, a captura de toninhas poderia ser reduzida em até 75%.

Apresentação de Alana Gandra, da Radioagência Nacional / EBC

Nota com informações do ICMBio: A toninha é, provavelmente, o pequeno cetáceo mais ameaçado no Atlântico Sul ocidental. É uma espécie endêmica das águas costeiras do oceano Atlântico Sul ocidental, com profundidades de até 50 m.

A maturidade sexual da espécie é alcançada entre os 2 aos 5 anos de idade e cerca de 115 cm de comprimento para machos, e 3 anos e 130 cm de comprimento para fêmeas. O ciclo reprodutivo é anual ou bianual. A taxa de crescimento fetal para a espécie foi estimada entre 6,9 e 7,6 cm por mês e o período de gestação de 10,5 a 11,2 meses. Ao nascer, o comprimento do corpo varia de 70 a 80 cm e o tempo de lactação ocorre entre 7,4 e 9 meses. A alimentação é constituída de teleósteos e cefalópodes; em geral, o tamanho das presas não ultrapassa 10 cm de comprimento. A toninha vive geralmente em grupos pequenos, de dois a cinco indivíduos, mas pode formar grupos de poucas dezenas. A espécie parece evitar a proximidade de embarcações motorizadas. (MACHADO et al., 2008)

EcoDebate, 23/01/2013


[ O conteúdo do EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao Ecodebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta clicar no LINK e preencher o formulário de inscrição. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Alexa

Top