MG: Conflito social em Itabira se acirra

Padre José Geraldo está em greve de fome há 11 dias. Acampamento de sem-casa na frente da prefeitura de Itabira está, hoje, no 26º dia.

Itabira, 20 de junho de 2011.

Padre José Geraldo de Melo está, hoje, dia 20/06/2011, no 11º dia de greve de fome, em Itabira, MG, Brasil, em solidariedade às 300 famílias sem-casa da comunidade Drumond, que ocupam há 11 anos uma área abandonada, mas, agora, estão na iminência de serem despejadas. O povo sem-casa de Drumond está acampado na frente da Prefeitura de Itabira há 26 dias, sob as noites itabiranas muito frias.

Há dezenas de pessoas na região do Vale do Aço fazendo jejum em solidariedade à causa dos sem-casa de Itabira, MG. A situação é muito preocupante. Padre José Geraldo de Melo só tem um rim. Há sete anos atrás, ele teve que retornar de uma Missão na Amazônia, porque estava com a saúde fragilizada. Padre José Geraldo é um autêntico pastor e profeta. Já estava acompanhando a luta justa e necessária do povo sem-casa da Comunidade Drumond e o acampamento na frente da Prefeitura. Diante da intransigência do prefeito e do vendaval que derrubou quase todas as barracas de lona no acampamento na frente da prefeitura, padre José Geraldo disse para si mesmo: “Tenho que assumir radicalmente meu sacerdócio. Vou entrar já em jejum e oração em solidariedade ao povo que luta por moradia em Itabira.” Isso era noite do dia 9 de junho de 2011.

Pressionado pelo povo sem-casa acampado na frente da prefeitura há 26 dias, o prefeito João Izael (PR) admitiu fazer uma reunião hoje, segunda-feira, dia 20/06/2011, às 15:00h, com o bispo Dom Odilon (bispo da Diocese de Itabira-Cel. Fabriciano) e uma pequena comissão da comunidade sem-teto que está acampada na frente da prefeitura de Itabira há 26 dias.

A promotora de Itabira, a sra. Giuliana Talamoni Fonoff, estranhamente, está contra os pobres sem-casa da Comunidade Drumond. O marido dela é funcionário de confiança do prefeito de Itabira, que também paga o aluguel da casa onde ela mora. Será por isso? Espera-se que promotora do Ministério Público defenda o público e não o privado. Público, no conflito social instaurado em Itabira, são as 300 famílias ameaçadas de despejo do bairro Drumond. Agir contra isso é defender um ministério privado.

Em carta pessoal, assinada e datada de 18/06/2011, o padre José Geraldo de Melo afirma: “Nosso jejum tem como finalidade sensibilizar as autoridades locais para que resolvam de forma justa a situação destas famílias, evitando que o despejo aconteça de forma tão sofrida. Acredito na força da oração e na força do jejum… Continuarei o jejum até que seja resolvida de forma justa a situação destas pobres famílias.” Alertamos ao Sr. Prefeito João Izael: Caso o padre José Geraldo venha a ficar com a saúde afetada ou venha a falecer, o prefeito será o responsável número um.

O povo sem-casa acampado há 26 dias e o padre José Geraldo não arredarão o pé da luta. Não suspenderão o acampamento enquanto não obtiver por escrito e assinado um compromisso do prefeito com a desapropriação do terreno da Comunidade Drumond ou com a construção de casas em lotes de, no mínimo, 200 metros quadrados para casa uma das famílias pobres do Bairro Drumond.

Itabira já é, segundo o poeta itabirano Carlos Drumond de Andrade, “apenas um quadro na parede”. Itabira é a cidade brasileira campeã em depressão e em suicídio. Será que o prefeito João Izar vai deixar Itabira ganhar mais um título horroroso: o de cidade que massacra os pobres e joga na rua da amargura 300 famílias sem-casa?

Segue, abaixo, na íntegra a Carta escrita pelo Padre José Geraldo, anteontem, dia 18/06/2011.

JEJUM PERMANENTE EM SOLIDARIEDADE AOS MORADORES DA COMUNIDADE DRUMMOND, EM ITABIRA, MG, BRASIL.

Hoje, dia 18 de junho de 2011, completa 9 dias do meu jejum em solidariedade aos moradores do Bairro Drummond, em Itabira. Estas famílias podem ser despejadas de suas casas no próximo mês de julho. Os moradores de Drummond estão acampados em frente da Prefeitura Municipal há 24 dias. Nosso jejum tem como finalidade sensibilizar as autoridades locais para que resolvam de forma justa a situação destas famílias, evitando que o despejo aconteça de forma tão sofrida. Acredito na força da oração e na força do jejum.

Há muitas pessoas de Itabira e até de muitas partes do Brasil que são solidárias a este gesto, o que agradeço imensamente. Há também muita gente preocupada comigo e com a minha situação de saúde. Até o momento, estou me sentindo forte, estou bem, inclusive celebrando e atendendo às pessoas. Continuo rezando e pedindo a força de Deus, o que não vai me faltar. Mas sei também que posso adoecer porque somos humanos. Mas, continuarei o jejum até que seja resolvida de forma justa a situação destas pobres famílias.

Manifesto esta preocupação ao meu bispo Dom Odilon e às demais pessoas de bem. Por outro lado, há de pensar nas pessoas que estão acampadas nestes 24 dias, em busca de seus direitos por moradia. Ninguém fica dormindo debaixo de lona este tempo todo, sofrendo o frio e outras coisas até piores, a não ser por extrema necessidade. Daí o sentido de sermos solidários e sensíveis a esta grave situação. A terra é dom de Deus para todos e os direitos sociais são garantidos na Constituição Federal. É isto que explica o meu jejum.

Espero que o mais depressa possível, as autoridades locais resolvam esta situação, disponibilizando, de verdade, um terreno onde estas famílias possam reconstruir as suas casas, evitando assim uma “ferida que pode ficar marcada por muito tempo na vida desta cidade”. Senão, o poder público pode ser responsabilizado pelas conseqüências desta omissão. Continuemos a rezar, buscando a força de Deus. Que o Deus da vida abençoe a todos nós.

Padre José Geraldo de Melo
Pároco da Paróquia N. Sra. Da Conceição Aparecida, de Itabira, e Vigário episcopal da Região Pastoral I da Diocese de Itabira-Cel. Fabriciano.
Itabira, MG, Brasil, 18 de junho de 2011.

Contato:
Padre José Geraldo de Melo, cel.: 031 8727 0021
Frei Gilvander Moreira, cel.: 031 9296 3040.
Adilson, cel.: 031 8656 9616
Joviano Mayer, cel.: (31) 8815 4120

ASSINAM essa NOTA:
Secretariado Diocesano de Pastoral
Grupo de Apoio de Ipatinga
Associação dos Moradores do Bairro Drumond
Brigadas Populares – www.brigadaspopulares.org.br
Comissão Pastoral da Terra – CPT – www.cptmg.org.br
Mandato do Deputado Federal Padre João

Colaboração de Gilvander Moreira, frei Carmelita, para o EcoDebate, 21/06/2011

[ O conteúdo do EcoDebate é “Copyleft”, podendo ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao Ecodebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta clicar no LINK e preencher o formulário de inscrição. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Alexa

Top