RJ: Fiscalização destrói fornos ilegais de carvão na Área de Preservação Ambiental(APA) de Rio Bonito

Carvoaria ilegal, foto de arquivo MMA
Carvoaria ilegal, foto de arquivo MMA

Rio Bonito (RJ) – Cerca de 20 fornos clandestinos de produção de carvão vegetal foram destruídos pela Secretaria Estadual do Ambiente do Rio, nesta terça-feira (4), em uma Área de Preservação Ambiental (APA) de Rio Bonito, município da Região dos Lagos, leste do estado do Rio. A blitz ecológica contou com o apoio de dois helicópteros e a participação de agentes da Coordenadoria Integrada de Combate aos Crimes Ambientais (Cicca). A secretária do Ambiente, Marilene Ramos, acompanhou a fiscalização.

Os agentes destruiram os fornos e apreenderam mais de uma tonelada de carvão, cuja madeira era extraída da Mata Atlântica. Os fornos estavam escondidos em locais de difícil acesso. “Na última sexta-feira (29), interditamos um depósito de carvão ilegal. O carvão era colocado num saco com registro falso do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Natuais Renováveis) e vendido para supermercados locais. Por meio de investigação descobrimos que o carvão era produzido aqui na Serra do Sambê, em Rio Bonito”, disse o coordenador da Cicca, José Maurício Padrone.

A secretária Marilene Ramos explicou que o local é um importante refúgio ecológico, por onde passam os rios Caceribu, São João, Capivari e Bacaxá, que alimentam a Lagoa de Juturnaíba, em Araruama. “Assim que forem identificados, os responsáveis pelos fornos serão indiciados por crime ambiental. Esse tipo de crime é muito comum na Serra do Sambê, pois há muitos posseiros na região. Muitos proprietários de terra denunciam essas atividades ilegais e já foram feitas cerca de quatro operações somente neste ano”.

A Polícia Federal abrirá inquérito para descobrir quem são os donos da propriedade e os responsáveis pela fabricação ilegal do carvão vegetal.

Reportagem de Flávia Villela, da Agência Brasil, publicada pelo EcoDebate, 05/05/2010

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta utilizar o formulário abaixo. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Participe do grupo Boletim diário EcoDebate
E-mail:
Visitar este grupo

3 comentários em “RJ: Fiscalização destrói fornos ilegais de carvão na Área de Preservação Ambiental(APA) de Rio Bonito

  1. Leio no segundo parágrafo:
    “O carvão era colocado num saco com registro falso do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Natuais Renováveis) e vendido para supermercados locais”
    a seguir a explicação da secretária Marilene Ramos ““Assim que forem identificados, os responsáveis pelos fornos serão indiciados por crime ambiental…” Assim questiono e os mercados locais que compradores do carvão produzido ilegalmente?

Comentários encerrados.

Top