Governo federal destina quatro áreas à reforma agrária no Espírito Santo

O governo federal destinou à reforma agrária quatro imóveis rurais localizados nos municípios de Afonso Cláudio, Brejetuba, Nova Venécia e São Mateus, no Espírito Santo. A área registrada das quatro fazendas soma 1.897 hectares, com estimativa de assentar 121 famílias de trabalhadores rurais.

A publicação dos decretos na edição de 22/03 do Diário Oficial da União autoriza o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) a dar continuidade à ação de desapropriação das fazendas Cachoeira Bonita (408 hectares), nos municípios de Afonso Cláudio e Brejetuba; Córrego da Lagoa (380 hectares), em Nova Venécia; Esmeralda (487 hectares), no município de Afonso Cláudio; e Floresta e Texas (622 hectares), em São Mateus.

Depois das desapropriações, os municípios de Afonso Cláudio e Brejetuba pela primeira vez serão contemplados com assentamentos da reforma agrária. As cidades de Nova Venécia e São Mateus lideram atualmente o ranking dos municípios com maior número de assentamentos instalados – nove e oito projetos, respectivamente.

O Espírito Santo, até o momento, conta com 87 assentamentos rurais e quase 4,4 mil famílias beneficiárias, em aproximadamente 46,6 mil hectares. O café representa a principal fonte de renda dos trabalhadores que, com as demais famílias da agricultura familiar no estado, são responsáveis por fornecer boa parte dos alimentos presentes diariamente à mesa dos capixabas.

Reportagem de Christina Machado, da Agência Brasil, publicada pelo EcoDebate, 24/03/2010

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta utilizar o formulário abaixo. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Participe do grupo Boletim diário EcoDebate
E-mail:
Visitar este grupo

2 comentários em “Governo federal destina quatro áreas à reforma agrária no Espírito Santo

  1. Lula, Lula! Por quê esperou tanto para fazer a “nossa reforma agrária”, mesmo sabendo que é o único caminho para resolver tanta violênca no campo, automaticamentwe na cidade?
    Essa foi a principal bandeira de luta do PT, voce havia se esquecido?
    Faço votos que continue firme, mas faça a verdadeira reforma, não apenas dar a terra.
    Estou de olho.
    Alice Bragato- movimentos sociais

Comentários encerrados.

Top