Livro ‘Ecos do Cerrado’ narra a destruição do Cerrado no Piauí

Ecos do Cerrado - bichos imploram contra a destruição do cerrado

Judson Barros lança livro: Ecos do Cerrado – bichos imploram contra a destruição do cerrado

Metade da área agricultável do cerrado piauiense já foi desmatada. E o que é pior, tudo aconteceu nos últimos cinco anos. O dado consta no livro “Ecos do Cerrado: bichos imploram contra a destruição do cerrado”, do ambientalista Judson Barros.

Segundo Judson Barros, no Piauí se cometem os maiores crimes ambientais do Brasil. “O desmatamento no Piauí, hoje, é maior até do que o desmatamento que acontece na Amazônia”, disse o ambientalista, acrescentando que o assunto não é encarado com seriedade no Piauí. “Aqui não se discute desmatamento”, completou.

Barros destacou algumas atividades que ele considera como as maiores responsáveis pelo desmatamento do cerrado piauiense. Para ele, o agronegócio da soja, a monocultura do eucalipto, a produção do carvão a partir de cerrado nativo, uso da lenha como matriz energética e monocultura da manoma são os maiores destruidores dessa vegetação. A empresas Bunge Alimentos, JB Carbon, Suzano Celulose, Brasil Ecodiesel S/A são as empresas responsáveis pelo porcesso de destruição. Sitaução abalizada pelo Governo Estadual e pelo IBAMA.

O livro
Prefácio: Dom Xavier Gilles.

O livro mostra a realidade ambiental do Cerradono Piauí a partir da ótica dos bichos e das árvores. Plantas e animais contam como o Cerrado está sendo destruído. São 25 histórias que abordam a temática ambietal e social. A temática em torno da qual gira o livro é a questão ambiental, mais especificamente, a questão do cerrado piauiense. A obra, segundo o ambientalista, é toda embasada em estudos científicos. No livro, o autor discute o assunto na voz dos animais que vivem na vegetação. Essa, segundo ele, é uma forma de deixar claro que o homem não deve mais ser visto como o centro da criação. Para ele, esse espaço deve ser destinado à natureza.

O livro “Ecos do Cerrado: bichos imploram contra a destruição do cerrado” pode ser encontrado, em livrarais e bancas de revsitas no valor de R$ 26. No total, mil exemplares foram colocados à venda. O lançamento oficial da obra, que deverá ser organizado pela Faculdade Santo Agostinho, ainda não tem data marcada.

Para adquirir o livro:

ecos-do-cerrado@bol.com.br

Fone: 86 32226684 – Fundação Águas – FUNAGUAS

Preço: R$ 35,00 (com as despeas postais inclusas)

EcoDebate, 23/01/2010

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta utilizar o formulário abaixo. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

Participe do grupo Boletim diário EcoDebate
E-mail:
Visitar este grupo

Comentários encerrados.

Top