Em defesa da vida no Norte de Minas, por Apolo Heringer Lisboa

os setores que se beneficiam do crédito agrícola subsidiado pelo governo, através do Banco do Brasil e Banco do Nordeste, gozando de regalias, querem usar o dinheiro público para financiar o desmatamento e prejudicar o meio ambiente.

PERGUNTAS AOS DEPUTADOS ESTADUAIS RUY MUNIZ E PAULO GUEDES.

Escolhi perguntar somente aos dois pela maior ligação que tenho e amigos em comum. Mas me dirijo a toda a bancada parlamentar do Norte de Minas.

Paulo Guedes, você fez discurso na Assembléia a favor da revitalização do Rio São Francisco. Mas agora mostra incoerência. Como revitalizar os rios ampliando ainda mais o nível indecente de desmatamento? Com mais fertilizantes e agrotóxicos e menos vegetação e água as cianobactérias e algas verdes irão proliferar ainda mais, por que nossos rios já estão poluidos de esgotos e lixo, doméstrico e industriais. Você deve saber que com o extermínio da vegetação o solo é levado pelas chuvas e assoreia os rios. Há enchentes e secas, mostrando o desequilibrio causado pelo desmatamento. Cada fator pesa e reforça a falência geral do meio ambiente. Cada um de nós precisa fazer a sua pequena parte no sentido de resistir. Mas pegar carona do lado errado, visando votos Paulo? Além da terra ficar mais pobre todo o veneno usado na agricultura vai envenenar as águas. Então Paulo Guedes, como você agora faz campanha a favor do desmatamento do Norte de Minas? Você acha que a política das grandes empresas de cana, eucalipto, soja, pinhão e capim pro gado, dos que compram carvão de matas nativas e os estrangeiros que estão comprando terras no Norte de Minas trarão benefício aos pequenos agricultores e aos sem-terra? De que forma, Paulo? Você sendo do PT está do lado dos grandes e contra o interesse dos pequenos, achando que eles não entendem dessas coisas?

Você, Paulo Guedes, foi diretor do DNOCS ou da CODEVASF não me lembro mais, sabe que o Cerrado e a Caatinga tem muito valor apesar de ressequida, tem flora e fauna exuberante, e que não é necessário acabar com esse ecossistema. Quem desdenha do Cerrado desdenha do povo. Para que fazer média com esta histeria dos grandes, conhecendo bem a história do Note de Minas, e sabendo bem de que são capazes no trato com o povo e com a terra? Que adianta votar no PT se os eleitos ficam do lado dos tradicionais? Que diferença faz?

Ruy Muniz, você acha certo apoiar a choradeira fingida para desmatar o Norte de Minas dizendo que vai trazer progresso? Você é um proprietário de faculdades, deveria ajudar a sociedade a se levantar, a se educar e defender o meio ambiente. Fiquei decepcionado quando vi seu nome nesta causa perversa. Você me disse que lutaria para melhorar o Norte de Minas, que a sociedade poderia esperar muito de você, mas desse jeito? Você deve saber que o desmatamento em tão grande amplitude numa região do semi-árido agrava os problemas de regularização nas chuvas e no abastecimento, e provoca mais dificuldades aos agricultores pobres. Eles não podem se manter pela irrigação, que é muito cara. Você é novo e deveria estar repensando a estratégia de desenvolvimento do Norte de Minas em novas bases, sem o critério colonial predadório. Os grandes já dominam o Jaíba construído com recursos públicos, retirados de escolas e casa populares, entregues de mãos beijadas para os ricos que agora querem mais e não querem respeitar os limites impostos pelas leis ambientais. Saõ insaciáveis.

Vocês estão, Ruy Muniz e Paulo Guedes, indo na contra-mão do clamor universal pelo cuidado com o meio ambiente. Nós precisamos de rios vivos, com peixes e onde se possa nadar. Com desmatamento os rios vão secar ainda mais. E ficarão assoreados, com maior concentração de esgotos e todo tipo de lixo. A natureza clama por justiça, os animais e as plantas sofrem com mais desmatamento, retirada de carvão e fogo. Onde os pássaros vão fazer morada e beber água se os ricos desmatam sem parar? E as pessoa mais pobres que vivem da terra não suportarão as pragas que advirão com mais desmatamentos. Já não chega o que já fizeram para os eucaliptos, os pastos, a cana? Qaunta terra está aí desmatada e abandonada? E quanta gente sem condições de utilizar a terra já desmatada? A riqueza não será distribuida se ficar concentrada em empreendimentos nas maõs dos grandes. Será luxo para eles e miséria para os demais.

Estou do lado da natureza e dos que defendem o Norte de Minas contra a onda de mentiras que está sendo espalhada. Em nossa luta para salvar nossos rios, nem sempre somos atendidos como desejaríamos, porque a pressão dos ricos é muiito grande sobre o governo. Há homens no governo estadual que defendem o meio ambiente com correção, coragem e firmeza de caráter. É uma vergonha para nosso país ver pessoas assim serem atacadas com tamanha rudeza e perversidade com fisn eleitoreiros. As futuras gerações terão vergonha disso e se lembrarão dos nomes que protagonizam esta triste cena de extermínio ambiental. O Norte de Minas não merece esta pecha. Com que cara o Brasil vai aparecer nos fóruns internacionais acusado pelo desmatamentgo da Amazônia, do Cerrado, da Mata Atlãntica, do Pantanal, da Caatinga, da Mata Seca? Quando as leis os contrariam os grandes as rasgam?

Espero que encontremos uma solução justa para esta crise e que a natureza e a população vençam esta pressão do Mal. As plantas do Cerrado, onde existe o pequi e medicamentos preciosos, nossos rios e neles os peixes e os animais de nossa fauna precisam sobreviver, são nossa alegria. Se desaparecerem agora será para todo o sempre. Todos perderemos. Sem a natrureza esplêndida, o viver perde a graça. Quem criou a natureza deu autorização para vocês desmatarem e aniquilarem a vida neste planeta em nome de jogadas eleitorais fáceis? Você são deputados e o povo não votou para desmatar e matar. Por favor, mudem de atitude. Vergonhoso é permanecer no êrro.

Abraço, ainda espero estarmos juntos numa solução. Apolo Heringer Lisboa, de SALINAS. (Meu pai fundou a Escola Agrícola Federal de Salinas e defendia a natureza. Eu sou fundador e um dos coordenadores do Projeto Manuelzão, lutando pelos Rios das Velhas e pelo Rio São Francisco. Sou do Norte de Minas).

* Artigo enviado pelo Autor e originalmente publicado no REMA.

EcoDebate, 02/10/2009

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta utilizar o formulário abaixo. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

Participe do grupo Boletim diário EcoDebate
E-mail:
Visitar este grupo

3 comentários em “Em defesa da vida no Norte de Minas, por Apolo Heringer Lisboa

  1. Falar é facil, quero ver é na hora de agir! Tem muito deputado que aproveita oportunidades de coisas importantes como as ações relacioandas aos recursos hidricos para falar e fazer bobagens.Porque não se interar mais dos assuntos antes de fAlar tanta besteiras, o Profº Apolo pode indicar muitas bibliografias Srº deputado.Cerrado é coisa seria, desmatamento, vidas de pessoas do norte, não tem preço!!!

Comentários encerrados.

Top