Polícia prende dois bolivianos acusados de escravizar outros bolivianos em SP

A Polícia Civil deteve nesta quarta-feira (9) dois bolivianos acusados de escravizar outros nove bolivianos em São Paulo.

Um homem de 54 anos e seu filho de 25 mantinham as vítimas em uma oficina de costura clandestina no bairro da Mooca, no centro da cidade.

Segundo o boletim de ocorrência, a detenção ocorreu após uma denúncia anônima informar que uma família de bolivianos trabalhava desde julho sem receber salário e em condições análogas à escravidão. Reportagem da Agência EFE.

No local, a polícia encontrou sete adultos e duas crianças que viviam e trabalhavam –com jornadas diárias de 16 horas– em um pequeno quarto.

A família está em situação legal no país e, antes de julho, recebiam R$ 3 por peça produzida. Os patrões, no entanto, descontam R$ 1 de alimentação e R$ 1 de aluguel.

“A família se submeteu a essas condições talvez por medo de não conseguir outro emprego”, afirmou o delegado Itagiba Franco, do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa).

No DHPP, pai e filho foram indiciados por redução a condição análoga à de escravo. Eles estão presos e aguardam transferência para um CDP (Centro de Detenção Provisória).

* Reportagem da Agência EFE, no Folha Online.

EcoDebate, 11/09/2009

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta utilizar o formulário abaixo. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

Participe do grupo Boletim diário EcoDebate
E-mail:
Visitar este grupo

Comentários encerrados.

Top