Agroquímicos: Importância e Efeitos na Saúde Humana

 

artigo

Agroquímicos: Importância e Efeitos na Saúde Humana, artigo de Carlos Augusto de Medeiros Filho

Notas sobre a utilidade dos agroquímicos e alguns dos seus efeitos na saúde humana. Srivastav (2020) constituiu na principal fonte de pesquisa bibliográfica.

Os agroquímicos (fertilizantes e pesticidas) tornaram-se parte integrante da agricultura moderna, pois são necessários para aumentar os rendimentos com relativamente menos esforços (Alix e Capri, 2018). Além disso, esses nutrientes favorecem o crescimento das culturas e a fertilidade do solo (Simonne et al., 2017).

Khan et al. (2018) afirmam que uma dose balanceada de fertilizantes é suficiente para aumentar a produção. Os exemplos de fertilizantes inorgânicos ou químicos são nitrogênio, fosfato, potássio, etc, enquanto que adubos (yard e green) e compostos (incluindo vermicompostos) estão entre os tipos orgânicos comuns.

A aplicação prolongada de fertilizantes químicos, entretanto, pode promover a deterioração da saúde do solo juntamente com a poluição ambiental (Patnaik, 2010). Os riscos para os sistemas ambientais devido ao uso excessivo de fertilizantes são relatados por vários pesquisadores (Savci, 2012; Ning et al., 2016), poluição da água (Norse, 2005) e perda de renda por impacto na aquicultura e também aumento dos custos de tratamento de água potável (Smith e Siciliano, 2015).

A proteção da saúde pública tornou-se um desafio primordial devido à contaminação dos reservatórios de água por pesticidas e fertilizantes usados na agricultura (Belmans et al., 2018), como também os efeitos nocivos dos agroquímicos sobre a saúde humana e o meio ambiente (Calliera e L’Astorina, 2018).

jpg

Desde as últimas quatro a cinco décadas, a aplicação de pesticidas na agricultura aumentou significativamente a quantidade de produção de alimentos. No entanto, Rao et al. (1993) notaram que o uso excessivo desses pesticidas tem atingido outros seres vivos (por exemplo, peixes, pássaros e humanos), além de pragas/insetos. A vegetação adjacente também foi afetada por esses pesticidas (Abhilash e Singh, 2009).

Efeitos agudos e crônicos na saúde humana foram observados devido à presença de agrotóxicos nos sistemas ambientais. Os distúrbios de saúde humana comumente relatados são problemas do sistema imunológico, problemas hormonais, delírios, problemas reprodutivos e até mesmo câncer (Abhilash e Singh, 2009).

Problemas semelhantes de saúde humana também foram relatados por alguns outros pesquisadores, como câncer, problemas nos rins e no sistema imunológico, infertilidade masculina e feminina, distúrbios hormonais e distúrbios dos neurônios. Além disso, distúrbios comportamentais também são relatados em crianças devido ao envenenamento prolongado por resíduos de agrotóxicos (Agnihotri, 1999).

A extensão do problema de saúde humana devido ao envenenamento por pesticidas pode ser categorizada em leve ou moderada (por exemplo, dor de cabeça, tontura, problemas gástricos, falta de sensibilidade, fraqueza, hiperirritabilidade, gripe, coceira na pele, visão pouco clara e problemas neurológicos) e graves (por exemplo, paralisia, perda de visão e, às vezes, morte) (Abhilash e Singh, 2009). Além da saúde pública, afeta a qualidade dos alimentos e, além disso, as pragas desenvolveram resistência a alguns pesticidas comumente usados (Agnihotri, 1999).

Speriran (1996) explica como o nitrogênio do solo se transforma em nitrato e nitrito, que são muito solúveis em água e facilmente lixiviados na água (superfície e subterrânea) após a chuva. Aumentos na concentração de nitrato e nitrito na água reduzem o nível de oxigênio dissolvido na água (Horita et al., 1997). A ingestão de água contaminada com nitrato pode causar metemoglobinemia (ou síndrome do bebê azul) em bebês e câncer de estômago em adultos (Wolfe e Patz, 2002; Nolan et al., 2002). Algumas quantidades de Cd, Pb, As, Cr, flúor (F), estrôncio (Sr), tório (Th), urânio (U), zinco (Zn), etc. são registrados em fertilizantes fosfatados (Thomas et al., 2012).

Sharma & Singhvi (2017) defendem que uma resposta a esse caos é a agricultura orgânica, uma abordagem agrícola ecologicamente correta que, em última análise, leva a uma saúde humana adequada. Voltar ao curso de nossos ancestrais realizando a agricultura orgânica é um passo em direção à sustentabilidade.

Carlos Augusto de Medeiros Filho, geoquímico, graduado na faculdade de geologia da UFRN e com mestrado na UFPA. Trabalha há mais de 35 anos em Geoquímica em Pesquisa Mineral e Ambiental.

Referência Bibliográfica

Abhilash, P.C., Singh, N., 2009. Pesticide use and application: an Indian scenario. J. Hazard. Mater. 165, 1-12.

Agnihotri, N.P., 1999. Pesticide Safety and Monitoring, All India Coordinated Research Project on Pesticides Residues. Indian Council of Agricultural Research, New Delhi.

Alix, A., Capri, E., 2018. Modern agriculture in Europe and the role of pesticides. Adv. Chem. Pollut., Environ. Manage. Prot. 2, 122. Available from: https://doi.org/10.1016/bs.apmp.2018.04.001.

Belmans, E., Campling, P., Dupon, E., Joris, I., Kerselaers, E., Lammens, S., et al., 2018. The multiactor approach enabling engagement of actors in sustainable use of chemicals in agriculture. Adv. Chem. Pollut., Environ. Manage. Prot. 2, 23-62.

Calliera, M., L’Astorina, A., 2018. The role of research, communication, and education for a sustainable use of pesticides. Adv. Chem. Pollut., Environ. Manage. Prot. 2, 109-132.

Horita, K., Wang, G., Satake, M., 1997. Spectrophotometric determination of nitrate and nitrite in soil and water samples with a diazotizable aromatic amine and coupling agent using column preconcentration on naphthalene supported with ion-pair of tetradecyldimethylbenzylammonium and iodide. Anal. Chim. Acta 350, 295 303.

Khan, M.N., Mobin, M., Abbas, Z.K., Alamri, S.A., 2018. Fertilizers and their contaminants in soils, surface and groundwater. Encycl. Anthropocene 225240. Available from: https://doi. org/10.1016/B978-0-12-809665-9.09888-8.

Ning, C.C., Gao, P.D., Wang, B.Q., Lin, W.P., Jiang, N.H., Cai, K.Z., 2016. Impacts of Chemical fertilizer reduction and organic amendments supplementation on soil nutrient, enzyme activity and heavy metal content. J. Integr. Agric. 16 (8), 1819 1831.

Nolan, B.T., Hitt, K.J., Ruddy, B.C., 2002. Probability of nitrate contamination of recently recharged groundwaters in the conterminous United States. Environ. Sci. Technol. 36, 2138- 2145

Norse, D., 2005. Non-point pollution from crop production: global, regional and national issues. Pedosphere 15 (4), 1-10.

Patnaik, P., 2010. Handbook of Environmental Analysis: Chemical Pollutants in Air, Water, Soil, and Solid Wastes. CRC Press.

Rao, P.S.C., Bellin, C.A., Brusseau, M.L., 1993. In Sorption and Degradation of Pesticides and Organic Chemicals in Soil. SSSA Special Publication, Wisconsin, USA, pp. 1-26, Number 32.

Savci, S., 2012. Investigation of effect of chemical fertilizers on environment. Apcbee Proc. 1, 287-292.

Sharma, N.; Singhvi, R. 2017. Effects of Chemical Fertilizers and Pesticides on Human Health and Environment: A Review. International Journal of Agriculture, Environment and Biotechnology

Simonne, E.H., Gazula, A., Ozores-Hampton, M., DeValerio, J., Hochmuth, R.C., 2017. Localized application of fertilizers in vegetable crop production. Advances in Research on Fertilization Management of Vegetable Crops. Springer, Cham, pp. 149-181.

Smith, L.E.D., Siciliano, G., 2015. A comprehensive review of constraints to improved management of fertilizers in China and mitigation of diffuse water pollution from agriculture. Agric. Ecosyst. Environ. 209, 15-25.

Speriran, G.K., 1996. Geohydrology and geochemistry near coastal ground-water-discharge areas of the Eastern Shore, Virginia. U.S. Geological Survey Water-Supply Paper 2479. USGS, Richmond, VA

Srivastav, A. L. 2020. Agrochemicals Detection, Treatment and Remediation Pesticides and Chemical Fertilizers. Chapter 6. Pages 143-159.

Thomas, E.Y., Omueti, J.A.I., Ogundayomi, O., 2012. The effect of phosphate fertilizer on heavy metal in soils and Amaranthus caudatus. Agric. Biol. J. N. Am. 3, 145 149.

Wolfe, A.H., Patz, J.A., 2002. Reactive nitrogen and human health: acute and long-term implications. Ambio 31, 120-125.

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 25/03/2022

 

A manutenção da revista eletrônica EcoDebate é possível graças ao apoio técnico e hospedagem da Porto Fácil.

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate com link e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top