Esperanças realistas para 2021

 

Esperanças realistas para 2021, artigo de Montserrat Martins

[EcoDebate] Que 2021 traga saúde, vacinas e bom senso, três coisas que não tivemos em 2020. Esperança é o que nos move, sem ela caímos em depressão. Mas esperança sem bom senso é “pensamento mágico”, de que as coisas acontecem sem nosso esforço.

A vida exige habilidades contraditórias, o mundo do trabalho é competitivo e o ambiente familiar exige harmonia, então você tem de ter um espírito aguerrido para sobreviver na rua, mas quando chegar em casa precisa se “desarmar” para não tensionar seus familiares.

O ano que passou – o pior de nossas vidas, provavelmente – só acentuou essa contradição. O primeiro semestre de 2021 será ainda muito difícil, tanto para a saúde quanto para a economia, você terá de usar toda sua sabedoria para se proteger e ao mesmo tempo defender sua subsistência.

Sejamos realistas, estamos num país de Terceiro Mundo. Até o Natal, 43 países já tinham iniciado a vacinação, mas África e Brasil ficarão por último, para nós vai demorar pelo menos mais dois meses para iniciar. E somos um país dividido, o que dificulta mais ainda. Todos querem saúde, emprego e segurança, causas que poderiam nos unir. Mas quem defende o governo não aceita críticas ao atraso das vacinas e quem é da oposição foca mais na violência policial do que na necessidade de termos policiais nas ruas. Não conseguimos um “consenso mínimo” que crie um ambiente de progresso e temos um governo movido a ideologia, o último a admitir a vitória de Biden nos Estados Unidos, atrasado mais uma vez.

A esperança nunca esteve tão em baixa e por isso mesmo ela nunca foi tão necessária quanto agora.

Com o fim do auxílio emergencial, milhões de pessoas ficam sem proteção do governo contra a fome e a Economia ainda está longe de se recuperar.

Agradeça por estar vivo (200 mil brasileiros não conseguiram) e pelas pequenas bênçãos do dia-a-dia. Tenha cuidado e também criatividade, pois quando os problemas são inesperados, as alternativas também podem ser.

Montserrat Martins é Médico Psiquiatra

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 30/12/2020
 


A manutenção da revista eletrônica EcoDebate é possível graças ao apoio técnico e hospedagem da Porto Fácil.

Nota: Para receber atualizações pelo grupo de notícias do EcoDebate no WhatsApp, adicione o telefone 21 98682-4779 e, em seguida, envie uma mensagem com o texto ADICIONAR.

 



 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate com link e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top