Greenpeace usa novas mídias em busca de maior engajamento do brasileiro com a sustentabilidade

 

Greenpeace usa novas mídias em busca de maior engajamento do brasileiro com a sustentabilidade

201204c Greenpeace

Fonte: Unsplash

A proteção ao meio ambiente foi um dos temas mais debatidos em 2020, principalmente por ONGs e órgãos públicos. Entretanto, foram algumas ações do Greenpeace que conseguiram maior destaque durante o ano. A organização decidiu apostar no uso das novas mídias para buscar mais engajamento, e também mostrar a importância da sustentabilidade em diferentes regiões do território brasileiro.

Desde 2016, o Greenpeace é uma das organizações que mais atua no Brasil quando o assunto é sustentabilidade. Desde relatórios sobre mudanças climáticas até comunicados oficiais, o Greenpeace sempre buscou alternativas para alcançar diferentes públicos, desde pequenas empresas até órgãos oficiais do Governo Federal. Contudo, foi neste ano que eles conseguiram chamar mais atenção ao apostar em novas mídias.

Uma dessas ações aconteceu em maio deste ano, e teve como alvo os fãs de jogos eletrônicos. A organização criou o projeto Streamers em Extinção, que reuniu diferentes personalidades da internet, principalmente do eSports, para realizar transmissões especiais em busca de doações. Além disso, a iniciativa também serviu para aumentar o engajamento desse público com as ideias de sustentabilidade no Brasil.

O projeto recebeu diversos elogios, e foi considerado um sucesso. Um dos maiores problemas quando o assunto é sustentabilidade, principalmente com os brasileiros, é a pouca comunicação com diferentes públicos do país. Essas ações recentes do Greenpeace, principalmente usando as novas mídias, mostram que isso pode mudar nos próximos anos. Essas tecnologias possuem um maior alcance e, por conta disso, podem ser usadas como ferramentas essenciais em favor do meio ambiente.

Outras iniciativas

201204c Celular

Fonte: Unsplash

Além desse projeto que citamos, o Greenpeace também está atuando de maneira mais ativa em outros campos da internet. Por exemplo, durante todo o ano, a organização produziu diversos conteúdos para o canal autoral no YouTube. A plataforma conta com quase 40 mil inscritos e está sempre atualizada. Hoje, é possível encontrar mais de 100 vídeos disponíveis no canal, e que abordam todo o tipo de conteúdo possível.

A organização também conta com uma forte presença das redes sociais, principalmente no Facebook, no Instagram e no Twitter. Somando essas três plataformas, são mais de 5,5 milhões de pessoas que consomem o conteúdo publicado. A ideia do Greenpeace é continuar expandindo o alcance online, e assim buscar cada vez mais engajamento no Brasil. Isso é algo que já está dando resultado, segundo algumas pesquisas.

Alguns dados da Environment Research mostram que cerca de 73% dos brasileiros acreditam que a sustentabilidade é algo importante, e que é necessária uma mudança de hábito pensando nas futuras gerações. Além disso, 35% das pessoas conhecem quais são os selos das organizações que buscam a proteção do meio ambiente, e também o consumo sustentável no país. Um número que pode parecer pequeno, mas que significa um passo enorme para essas ONGs.

Meio ambiente em alta

Todas essas ações, somadas com o momento que passamos, está fazendo com que a natureza se transforme em um tema bastante explorado na internet. Por exemplo, em setembro deste ano, o documentário David Attenborough e Nosso Planeta ganhou espaço em uma das principais plataformas de streamings do Brasil, que já conta com outras produções que abordam a natureza. Até mesmo os jogos de aposta online estão atentos ao assunto. Entre as melhores slots machines de cassinos online, o jogo Pixies of the Forest aparece entre uma das caça-niqueis indicadas para os jogadores na lista. Dessa forma, é possível entender como é importante contar com uma presença forte na internet e nas novas mídias.

O Greenpeace possui até a tradição de criar jogos online que abordam o tema de sustentabilidade. Por exemplo, recentemente, a ONG criou o jogo Shark vs. Mermaid Death Squad, que é uma versão de Pac-Man que aborda o problema de pescas ilegais que acontece no mundo. É uma forma de abordar um tema importante, mas de forma leve e que consiga atingir o máximo de público possível.

Essa parte de atuação do Greenpeace merece elogios, principalmente por quebrar barreiras importantes e, dessa forma, alcançar um público maior. Essas iniciativas são essenciais para trazer a sustentabilidade como um assunto necessário na nossa rotina diária, principalmente pelos benefícios. Alguns dados mostram que isso está dando resultado, e essa é a parte mais interessante. As ONGs são essenciais para abordar esse assunto, e as novas mídias podem ser perfeitas para ajudar a cumprir esse e outros objetivos.

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 04/12/2020

Nota: Para receber atualizações pelo grupo de notícias do EcoDebate no WhatsApp, adicione o telefone 21 98682-4779 e, em seguida, envie uma mensagem com o texto ADICIONAR.

 

CONTEÚDO SUGERIDO / PUBLICIDADE



 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate com link e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top