Aumento do uso da terra em áreas tropicais está afetando o ciclo do carbono

 

desmatamento

Um estudo internacional, liderado por pesquisadores da Universidade de Lund, na Suécia, mostra que o rápido aumento do uso da terra nas áreas tropicais do mundo está afetando o ciclo global do carbono mais do que se sabia anteriormente.

Ao estudar dados de um novo sistema de imagem de satélite, os pesquisadores também descobriram que a biomassa nas florestas tropicais está diminuindo.

Lund University*

A vegetação desempenha uma função muito importante no ciclo do carbono, absorvendo 30% das emissões humanas de dióxido de carbono e, portanto, mitigando os efeitos das mudanças climáticas. Porém, devido ao desmatamento, a quantidade de dióxido de carbono na atmosfera está aumentando. Um novo estudo, publicado na revista científica Nature Ecology & Evolution, mostra que o uso intensivo da terra nas áreas tropicais do mundo está fazendo com que florestas, por exemplo, na Amazônia e no sudeste da Ásia, contribuam muito menos para a absorção de dióxido de carbono do que anteriormente conhecido.

“As mudanças climáticas estão afetando a todos nós e, com este estudo, aumentamos nossa compreensão do impacto do uso da terra no ciclo global do carbono”, diz Torbern Tagesson, pesquisador de geografia física da Universidade de Lund que liderou o estudo.

Ao combinar um novo conjunto de dados baseados em satélite com modelos dinâmicos de vegetação, os pesquisadores obtiveram informações detalhadas sobre a quantidade de dióxido de carbono absorvida por diferentes ecossistemas ao redor do mundo. O estudo, que abrange o período entre 1992 e 2015, enfoca as florestas tropicais e boreais (florestas de coníferas no hemisfério norte).

“Como verificamos nossas estimativas com outros dados de satélite, agora podemos dizer com certeza que as florestas boreais contribuem mais para a absorção de dióxido de carbono e as florestas tropicais contribuem menos. Estudos anteriores não mostraram o mesmo declínio para as florestas tropicais ”, diz Torbern Tagesson.

Os resultados fornecem uma visão mais profunda do impacto do uso da terra no ciclo global do carbono, mas também uma maior compreensão dos processos que afetam a captação de dióxido de carbono da vegetação.

“Esse conhecimento é essencial para que possamos prever os efeitos das mudanças climáticas atuais e futuras e, portanto, também altamente relevantes para a política de mudanças climáticas”, conclui Torbern Tagesson.

Referência:

Tagesson, T., Schurgers, G., Horion, S. et al. Recent divergence in the contributions of tropical and boreal forests to the terrestrial carbon sink. Nat Ecol Evol (2020). https://doi.org/10.1038/s41559-019-1090-0

 

* Tradução e edição de Henrique Cortez, EcoDebate.

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 29/01/2020

Aumento do uso da terra em áreas tropicais está afetando o ciclo do carbono, in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 29/01/2020, https://www.ecodebate.com.br/2020/01/29/aumento-do-uso-da-terra-em-areas-tropicais-esta-afetando-o-ciclo-do-carbono/.

 

PUBLICIDADE / CONTEÚDO RELACIONADO



 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top