2019 foi provavelmente o segundo ano mais quente da história

 

Está quase na hora de concluir oficialmente que 2019 foi o segundo ano mais quente em registros de temperatura que remontam ao século XIX.

 

2019 foi provavelmente o segundo ano mais quente da história

 

Dirigindo a notícia: “Parece quase certo (> 99% de probabilidade) que 2019 será o segundo ano mais quente desde o início das medições em 1850, atrás apenas do calor excepcional de 2016”, confirmou o grupo de pesquisa Berkeley Earth há alguns dias .

Por que é importante: O comentário em sua análise das temperaturas de novembro é a evidência mais recente da tendência de aquecimento a longo prazo decorrente das emissões de gases de efeito estufa induzidas pelo homem.

É consistente com outras análises que mostram que provavelmente 2019 terminará como o segundo mais quente. A NASA está programada para anunciar uma descoberta semelhante ainda este mês.

O quadro geral: “Com a década chegando ao fim, [fica] claro que o período de 2010-2019 foi a década mais quente que o mundo viu desde que os registros começaram em meados dos anos 18o0s. Era cerca de 0,19 ° C mais quente que nos anos 2000 e 1,1C mais quente que o período pré-industrial “, twittou Zeke Hausfather, da Berkeley Earth, na véspera de Ano Novo.

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 03/01/2020

2019 foi provavelmente o segundo ano mais quente da história, in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 3/01/2020, https://www.ecodebate.com.br/2020/01/03/2019-foi-provavelmente-o-segundo-ano-mais-quente-da-historia/.

 

PUBLICIDADE / CONTEÚDO RELACIONADO



 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top