Emergência Climática – Cientistas alertam para novas ameaças à saúde causadas pelo aquecimento global

 

efeitos do aquecimento global na agricultura
Imagem: FAO

 

Pesquisadores da Universidade Monash estão alertando que o aquecimento global provavelmente aumentará as doenças causadas pela desnutrição, devido aos efeitos da exposição ao calor.

Monash University*

Embora esteja bem documentado que o aquecimento global resultará indiretamente em mais pessoas subnutridas devido à produção agrícola ameaçada e ao aumento da insegurança alimentar, este primeiro estudo mundial analisou a ligação entre a exposição ao calor e o aumento da doença de subnutrição.

Os pesquisadores, liderados por Yuming Guo , Professor Associado de Epidemiologia Ambiental e Bioestatística da Escola de Saúde Pública e Medicina Preventiva, analisaram dados de hospitalizações diárias cobrindo quase 80% do Brasil entre 2000 e 2015.

Eles estudaram a ligação entre temperaturas médias diárias e hospitalização por desnutrição, de acordo com a Classificação Internacional de Doenças.

Os pesquisadores descobriram que, para cada aumento de 1 ° C na temperatura média diária durante a estação quente, havia um aumento de 2,5% no número de hospitalizações por desnutrição.

“A associação entre aumento de calor e hospitalização por desnutrição foi maior para indivíduos com mais de 80 anos e entre 5 e 19 anos”, descobriram os pesquisadores.

“Estimamos que 15,6% das hospitalizações por desnutrição possam ser atribuídas à exposição ao calor durante o período do estudo”.

O estudo diz que o aumento do calor pode causar doenças por desnutrição de várias maneiras:

  • Reduzindo apetite
  • Provocando mais consumo de álcool
  • Reduzindo a motivação ou capacidade de fazer compras e cozinhar
  • Exacerbar qualquer desnutrição, resultando em hospitalização
  • Piorar a digestão e absorção já prejudicadas de uma pessoa, aumentando a morbidade gastrointestinal
  • Prejudique a termorregulação.

O estudo, publicado na revista PLOS Medicine (30 de outubro AEDT), destaca o crescente problema de desnutrição como resultado do aquecimento global.

“A mudança climática é uma das maiores ameaças à redução da fome e da desnutrição, especialmente nos países de baixa e média renda. Estima-se que a mudança climática reduzirá a disponibilidade global de alimentos em 3,2% e, portanto, causará cerca de 30.000 mortes relacionadas ao baixo peso até 2050 ”, diz o relatório.

“No entanto, isso pode realmente subestimar o efeito real das mudanças climáticas na futura morbimortalidade relacionada à desnutrição, porque negligencia os efeitos diretos e a curto prazo do aumento da temperatura.

“Estimamos que mais de 15% das hospitalizações por desnutrição poderiam ter sido atribuídas à exposição ao calor no Brasil durante o período do estudo.

“É plausível especular que as mudanças climáticas possam não apenas aumentar a taxa de desnutrição nas áreas mais afetadas do mundo, mas, ao mesmo tempo, prejudicar a capacidade dos indivíduos de se adaptarem aos aumentos projetados de temperatura.

“As estratégias globais que abordam a sindemia das mudanças climáticas e da desnutrição devem se concentrar nos sistemas alimentares, mas também na prevenção da exposição ao calor”.

 

* Tradução e edição de Henrique Cortez, EcoDebate.

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 01/11/2019

Emergência Climática – Cientistas alertam para novas ameaças à saúde causadas pelo aquecimento global, in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 1/11/2019, https://www.ecodebate.com.br/2019/11/01/emergencia-climatica-cientistas-alertam-para-novas-ameacas-a-saude-causadas-pelo-aquecimento-global/.

 

PUBLICIDADE / CONTEÚDO RELACIONADO



 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Deixe uma resposta

Top