Águas pluviais urbanas não tratadas podem liberar contaminantes em águas superficiais

 

chuva em São Paulo
Foto: EBC

 

Uma boa chuva pode fazer uma cidade se sentir limpa e revitalizada. No entanto, as substâncias que ‘limpam’ os edifícios, ruas e calçadas e os drenos das águas podem não ser tão limpas.

Por Katie Cottingham * **

Pesquisadores relatando na Environmental Science & Technology da ACS analisaram as águas pluviais urbanas não tratadas de 50 tempestades em todo os EUA, encontrando uma grande variedade de contaminantes que poderiam prejudicar organismos aquáticos em águas superficiais e infiltrar-se em águas subterrâneas.

Estudos anteriores do escoamento de águas pluviais urbanas revelaram uma mistura de produtos químicos industriais, pesticidas, produtos farmacêuticos e outras substâncias que, em certos níveis, podem ser tóxicos para a vida aquática. Como resultado, muitas cidades e agências de gestão de água estão tentando desenvolver medidas de controle de águas pluviais para minimizar o transporte desses contaminantes para outros corpos d’água, como rios ou aqüíferos. No entanto, os dados de uma grande variedade de locais em todo os EUA estão faltando. Para ajudar a preencher essa lacuna de pesquisa, Jason Masoner e seus colegas queriam catalogar e quantificar os contaminantes em águas pluviais urbanas de 50 tempestades em 21 locais em todo o país.

Os pesquisadores analisaram 500 substâncias químicas em águas pluviais urbanas coletadas durante tempestades. As amostras continham uma mediana de 73 produtos químicos orgânicos, sendo os pesticidas o grupo químico mais frequentemente detectado. Onze contaminantes, incluindo o repelente de insetos DEET, nicotina, cafeína e bisfenol A, foram encontrados em mais de 90% das amostras. Os pesquisadores também detectaram com frequência medicamentos prescritos e não prescritos, indicando que a água da chuva estava contaminada com resíduos humanos, possivelmente de vazamentos de esgoto ou outras fontes urbanas.

Alguns dos contaminantes estavam presentes em níveis conhecidos por serem tóxicos para a vida aquática, mas aqueles presentes em concentrações mais baixas também poderiam ter efeitos quando combinados com todas as outras substâncias na água.

Referência:

Urban Stormwater: An Overlooked Pathway of Extensive Mixed Contaminants to Surface and Groundwaters in the United States
Jason R. Masoner, Dana W. Kolpin, Isabelle M. Cozzarelli, Larry B. Barber, David S. Burden, William T. Foreman, Kenneth J. Forshay, Edward T. Furlong, Justin F. Groves, Michelle L. Hladik, Matthew E. Hopton, Jeanne B. Jaeschke, Steffanie H. Keefe, David P. Krabbenhoft, Richard Lowrance, Kristin M. Romanok, David L. Rus, William R. Selbig, Brianna H. Williams, and Paul M. Bradley
Environmental Science & Technology Article ASAP
DOI: 10.1021/acs.est.9b02867

* Com informações da American Chemical Society

** Tradução e edição de Henrique Cortez, EcoDebate

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 22/08/2019

Águas pluviais urbanas não tratadas podem liberar contaminantes em águas superficiais, in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 22/08/2019, https://www.ecodebate.com.br/2019/08/22/aguas-pluviais-urbanas-nao-tratadas-podem-liberar-contaminantes-em-aguas-superficiais/.

 

PUBLICIDADE / CONTEÚDO RELACIONADO



 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Um comentário em “Águas pluviais urbanas não tratadas podem liberar contaminantes em águas superficiais

  1. Dado seu enorme volume em episódios pluviométricos concentrados é praticamente impossível se pensar em tratar águas pluviais. O mais coerente seria estender a pesquisa para a origem maior das fontes de substâncias agressivas e, com essa informação, procurar meios de reduzir seu descarte na cidade.

Comentários encerrados.

Top