Energia solar traz lucratividade e reconhecimento para empresas brasileiras

energia solar

Por Ruy Fontes

Na constante evolução do mercado, as grandes marcas estão sempre buscando inovações tecnológicas como forma de economizar em seus processos e se manter relevantes aos consumidores.

E, com a recente popularização dos sistemas fotovoltaicos no Brasil, muitas das empresas do país estão apostando na energia solar para alcançar esses objetivos.

Segundo os dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), que controla o segmento de geração distribuída, já são mais de 14 mil empresas brasileiras com instalação de energia solar.

Através de projetos que reúnem grandes quantidades de placas solares, essas companhias estão conseguindo reduzir os seus gastos com energia elétrica e utilizar a economia obtinha para aumentar a sua produtividade.

Além disso, com os apelos mundiais pela preservação ambiental, divulgar uma geração de energia limpa, hoje, se apresenta como o diferencial sustentável de uma boa marca.

Um exemplo recente desse investimento comercial em energia solar é o da gigante Ambev, que anunciou a construção de 31 usinas solares até o final de 2020.

Quando prontos, os projetos irão gerar uma quantidade de energia suficiente para abastecer todos os 94 centros de distribuição da empresa, que já havia fechado parceria com a Volkswagen para a implantação de modelos elétricos em sua frota de caminhões.

De acordo com o diretor de sustentabilidade da Ambev, Leonardo Coelho, serão cerca de 50 mil placas solares para uma produção de até 2.600 megawatts-hora de energia limpa por ano, o equivalente a 2.900 toneladas a menos de Dióxido de Carbono (CO2) lançadas na atmosfera.

Os projetos terão custo total de R$140 milhões e fazem parte de um esforço sustentável iniciado pela matriz da empresa, que visa suprir todas as operações mundiais da rede com energia limpa até 2025.

Além da Ambev, outras empresas no Brasil com investimentos anunciados em energia solar são a Natura, L’Oréal, Mercado Livre, MRV e Claro Brasil.

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 12/06/2019

Energia solar traz lucratividade e reconhecimento para empresas brasileiras

, in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 12/06/2019, https://www.ecodebate.com.br/2019/06/12/energia-solar-traz-lucratividade-e-reconhecimento-para-empresas-brasileiras/.

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Deixe uma resposta

Top