EcoDebate: Índice da edição nº 3.218, de 07/06/2019

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394   Áreas Protegidas: Por que, pra que e pra quem? Parte II, artigo de Ricardo Luiz da Silva Costa Será que dará certo? artigo de Gaudêncio Torquato Mudanças climáticas podem causar prejuízo de US$ 1 trilhão para grandes empresas Energia solar se consolida no Brasil como novo modelo de geração elétrica Mas, afinal, é possível eliminar resíduos de agrotóxicos da água e dos alimentos? Pesquisa mostra a importância da participação popular nas

Áreas Protegidas: Por que, pra que e pra quem? Parte II, artigo de Ricardo Luiz da Silva Costa

    Por Ricardo Luiz da Silva Costa1 O sistema de Áreas Protegidas vigente no Brasil. Em rigor, no Brasil, diferente de outros países do mundo, a concepção de Área Protegida (AP) se confunde com o conceito de Unidade de Conservação (UC), muito embora existam outras tipologias de Áreas Protegidas (APs), além das Unidades de Conservação (UCs). Atualmente as UCs encontram-se sistematizadas por meio do já conhecido Sistema Nacional de Unidades de Conservação

Será que dará certo? artigo de Gaudêncio Torquato

    [EcoDebate] A pergunta a este consultor é recorrente: o governo Bolsonaro chegará ao final? A questão é suscitada por causa das intempéries – tensões, idas e vindas – que têm caracterizado esses cinco meses de administração federal. Mexo com minhas bolas de cristal, mas não consigo vislumbrar resposta convincente. No limite, aponto o Senhor Imponderável dos Anjos como assíduo visitante ao nosso roçado político-institucional. Mas a ciência política trabalha com instrumentos

Mudanças climáticas podem causar prejuízo de US$ 1 trilhão para grandes empresas

    Por Deutsche Welle (agência pública da Alemanha) Berlim Mais de 200 das maiores empresas do mundo deverão perder 1 trilhão de dólares por causa das mudanças climáticas, grande parte disso apenas nos próximos cinco anos, informa um relatório divulgado em Berlim. O estudo - realizado pela Organização Não Governamental CDP - sugere que muitas empresas ainda subestimam os perigos relacionados ao fenômeno, enquanto os cientistas alertam que o clima da terra se

Energia solar se consolida no Brasil como novo modelo de geração elétrica

    Por Ruy Fontes Nos últimos anos, o surgimento de novas tecnologias criou uma tendência mundial de protagonismo dos consumidores, na qual são eles que decidem quando e como consumir. Em 2012, com a divulgação das normas do segmento de geração distribuída pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), essa tendência aportou no Brasil em um setor no qual, até então, a grande maioria da população estava presa em um cativeiro. A palavra

Mas, afinal, é possível eliminar resíduos de agrotóxicos da água e dos alimentos?

  Após revelação de testes realizados entre 2014 e 2017 que apontaram água contaminada em cidades de todo o Brasil, nossa reportagem buscou entender como purificar seu alimento     Fonte: Agência Pública Por Pedro Grigori, Agência Pública/Repórter Brasil   O brasileiro nunca consumiu tanto agrotóxico quanto hoje. O número de produtores que usam pesticidas na plantação cresceu 20% em 10 anos, segundo o IBGE, enquanto a aprovação para comercialização dos químicos subiu 135% em uma década,

Pesquisa mostra a importância da participação popular nas decisões políticas no país

Estudo inédito analisou o funcionamento dos instrumentos de participação, transparência e Accountability (prestação de contas) relacionado a seis políticas públicas ambientais brasileiras. Resultado da pesquisa mostra a importância dos espaços de participação popular na política nacional. Enquanto o presidente Jair Bolsonaro assina um decreto extinguindo os conselhos e outros órgãos colegiados por meio do Decreto nº 9.759/19, uma pesquisa inédita no Brasil revela a importância que estes conselhos têm como espaços

Top