Estudo confirma que a biodiversidade de insetos está ameaçada em todo o mundo

 

pesquisa

 

• Mais de 40% das espécies de insetos estão ameaçadas de extinção.

• Lepidoptera, Hymenoptera e escaravelho (Coleoptera) são os táxons mais afetados.

• Quatro táxons aquáticos estão em perigo e já perderam uma grande proporção de espécies.

• A perda de habitat pela conversão para a agricultura intensiva é o principal motor dos declínios.

• Poluentes agroquímicos, espécies invasoras e mudanças climáticas são causas adicionais.

A biodiversidade de insetos está ameaçada em todo o mundo. Aqui, apresentamos uma revisão abrangente de 73 relatórios históricos de declínios de insetos de todo o mundo e avaliamos sistematicamente os fatores subjacentes.

Nosso trabalho revela taxas dramáticas de declínio que podem levar à extinção de 40% das espécies de insetos do mundo nas próximas décadas. Em ecossistemas terrestres , Lepidoptera , Hymenoptera e escaravelhos (Coleoptera) parecem ser os táxons mais afetados, enquanto que quatro grandes táxons aquáticos (Odonata, Plecoptera , Trichopterae Ephemeroptera) já perderam uma proporção considerável de espécies.

Os grupos de insetos afetados incluem não apenas especialistas que ocupam nichos ecológicos específicos , mas também muitas espécies comuns e generalistas. Concomitantemente, a abundância de um pequeno número de espécies está aumentando; estas são todas espécies adaptáveis e generalistas que ocupam os nichos vagos deixados pelos que estão em declínio.

Entre insetos aquáticos , habitats e generalistas dietéticos, e espécies tolerantes a poluentes estão substituindo as grandes perdas de biodiversidade experimentadas em águas dentro de ambientes agrícolas e urbanos.

Os principais determinantes do declínio de espécies parecem estar em ordem de importância:

i) perda de habitat e conversão para agricultura intensiva e urbanização ;

ii) poluição, principalmente por pesticidas e fertilizantes sintéticos;

iii) fatores biológicos, incluindo patógenos espécies introduzidas; e

iv) mudança climática .

Este último fator é particularmente importante em regiões tropicais, mas afeta apenas uma minoria de espécies em climas mais frios e em regiões montanhosas de zonas temperadas.

Um repensar das práticas agrícolas atuais, em particular uma séria redução no uso de pesticidas e sua substituição por práticas mais sustentáveis, baseadas na ecologia, é urgentemente necessário para retardar ou reverter tendências atuais, permitir a recuperação de populações de insetos em declínio e salvaguardar os serviços ecossistêmicos vitais. eles providenciam. Além disso,remediação eficaz tecnologias devem ser aplicadas a águas limpas e poluídas em ambientes agrícolas e urbanos.

Referência:

Worldwide decline of the entomofauna: A review of its drivers
FranciscoSánchez-Bayo, Kris A.G., Wyckhuys
Biological Conservation
Volume 232, April 2019, Pages 8-27
https://doi.org/10.1016/j.biocon.2019.01.020

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 12/02/2019

Estudo confirma que a biodiversidade de insetos está ameaçada em todo o mundo, in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 12/02/2019, https://www.ecodebate.com.br/2019/02/12/estudo-confirma-que-a-biodiversidade-de-insetos-esta-ameacada-em-todo-o-mundo/.

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top