Inseticidas neonicotinóides e organofosfatos prejudicam a capacidade migratória de aves

 

Inseticidas neonicotinóides e organofosfatos prejudicam a capacidade migratória de aves

Aves que viajam longas distâncias entre suas áreas de reprodução e invernada podem ser particularmente suscetíveis a inseticidas neurotóxicos, mas a influência de inseticidas na capacidade de migração é pouco compreendida.

Após a exposição aguda a dois inseticidas agrícolas amplamente utilizados, o imidaclopride (neonicotinóide) e o clorpirifos (organofosfato), foram comparados os efeitos sobre a massa corporal, atividade migratória e orientação em uma ave que se alimenta de sementes, o pardal ( Zonotrichia leucophrys).

Durante a migração da primavera, os pardais foram capturados, mantidos e dosados por gavagem diariamente durante 3 dias com o controle do veículo, doses baixas (10% LD50) ou elevadas (25% LD50) de imidaclopride ou clorpirifos e testados em ensaios de orientação migratória, pós-exposição e durante a recuperação.

As aves de controle mantiveram a massa corporal e uma orientação para o norte sazonalmente apropriada ao longo da experiência. As aves dosadas com imidaclopride exibiram declínios significativos nos depósitos de gordura e massa corporal (perda média: -17% baixa, -25% de dose alta) e não conseguiram orientar correctamente. O clorpirifos não teve efeitos evidentes na massa, mas prejudicou significativamente a orientação.

Estes resultados sugerem que aves silvestres consumindo o equivalente a apenas quatro sementes de canola tratadas com imidacloprid ou oito grânulos de clorpirifós por dia durante 3 dias podem sofrer comprometimento.

Referência:

Imidacloprid and chlorpyrifos insecticides impair migratory ability in a seed-eating songbird
Margaret L. Eng, Bridget J. M. Stutchbury & Christy A. Morrissey
Scientific Reports, volume 7, Article number: 15176 (2017)
https://doi.org/10.1038/s41598-017-15446-x

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 17/08/2018

[cite]

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top