Aplicação de pneus inservíveis em unidades de coprocessamento, artigo de Fernanda Benato Mezzomo e Janaína C. Ortiz

 

artigo

 

APLICAÇÃO DE PNEUS INSERVÍVEIS EM UNIDADES DE COPROCESSAMENTO

APPLICATION OF INSERVABLE TIRES IN COPROCESSING UNITS

Fernanda Benato Mezzomo – Acadêmica da Universidade de Passo Fundo – UPF. E-mail: 143649@upf.br
Janaína C. Ortiz – Professora da Universidade de Passo Fundo – UPF. E-mail: jchaves@upf.br

 

RESUMO

O presente estudo teve como objetivo principal realizar uma pesquisa de cunho bibliográfico à respeito de alternativas de processamento de transformação de pneus inservíveis, em função da composição dos mesmos. Os pneus inservíveis são considerados resíduos de difícil destinação final, pois são difíceis de serem compactados em aterros. Quando considerado seu alto poder calorífico, há a possibilidade de alimentar um sinistro no caso de incêndios e quando queimados liberam gases tóxicos que precipitam na forma de chuva ácida, o mesmo também pode servir como recipiente para o acúmulo de água, promovendo assim a proliferação de vetores transmissores de doenças. No presente trabalho apresenta-se uma breve discussão sobre o ciclo de vida dos pneus, possíveis danos ambientais por ele causados, seus efeitos deletérios a saúde e a obrigatoriedade da logística reversa estabelecida na legislação Brasileira. Sendo assim, em função da complexidade de destinação desse tipo de resíduos foi pesquisada a tecnologia de recuperação energética, coprocessamento. Nesse processo os resíduos sólidos de pneumáticos são aplicados como substitutos de combustível e matérias primas não renováveis (calcário, argila e minério de ferro) no processo de fabricação do clínquer em indústrias que produzem cimento devidamente licenciadas para este fim. Os dados obtidos com a realização dessa pesquisa são de que o coprocessamento está bem estruturado no âmbito de legislações, normas e portarias, as quais estabelecem os requisitos mínimos para que tal processo ocorra de forma segura e eficaz, oferecendo assim uma alternativa para a destinação final, definitiva e de baixo custo para pneus inservíveis.

Palavras-chave: Pneus inservíveis, reaproveitamento energético, coprocessamento

ABSTRACT

The main objective of the present study was to carry out a bibliographical research on alternatives for the processing of waste tires, as a function of their composition. Waste tires are considered to be hard to dispose of as they are difficult to compress into landfills. When considering its high calorific value, it is possible to feed a sinister in case of fires and when burned release toxic gases that precipitate in the form of acid rain, it can also serve as a reservoir for water accumulation, thus promoting the proliferation of Vectors transmitting diseases. This paper presents a brief discussion about tire life cycle, possible environmental damage caused by it, its deleterious effects on health and the obligation of reverse logistics established in Brazilian legislation. Therefore, due to the complexity of the destination of this type of waste, the energy recovery technology, coprocessing, was researched. In this process the solid wastes of tires are applied as substitutes for fuel and non-renewable raw materials (limestone, clay and iron ore) in the process of manufacturing clinker in industries that produce cement duly licensed for this purpose. The data obtained from this research are that the coprocessing is well structured within the scope of laws, regulations and ordinances, which establish the minimum requirements for such a process to occur safely and effectively, thus offering an alternative to the final destination, definitive and low cost for waste tires.

Keywords: Inservable tires, energy reuse, coprocessing

** Para acessar o artigo na íntegra, no formato PDF, clique no link:
171116Aplicação de pneus inservíveis em unidades de coprocessamento

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 16/11/2017

Aplicação de pneus inservíveis em unidades de coprocessamento, artigo de Fernanda Benato Mezzomo e Janaína C. Ortiz, in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 16/11/2017, https://www.ecodebate.com.br/2017/11/16/aplicacao-de-pneus-inserviveis-em-unidades-de-coprocessamento-artigo-de-fernanda-benato-mezzomo-e-janaina-c-ortiz/.

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Um comentário em “Aplicação de pneus inservíveis em unidades de coprocessamento, artigo de Fernanda Benato Mezzomo e Janaína C. Ortiz

Comentários encerrados.

Top