Pesquisa contribui para redução de danos e conservação da floresta africana na Nigéria

 

pesquisa

 

Caros colegas,

Estou muito satisfeito em enviar-lhes a nossa pesquisa “Alternative routes for a proposed Nigerian Superhighway to limit damage to rare ecosystems and wildlife”, publicada na Tropical Conservation Science, Volume 10: 1–10.

Na Nigéria, uma autoestrada de seis pistas e 260 quilômetros de extensão seria cortada através do coração dos países mais críticos em termos de ecossistemas e habitats florestais, abrindo uma caixa de Pandora de desmatamento, exploração madeireira, incêndios, caça e outras ameaças. Na pesquisa, mostramos e propomos que duas rotas alternativas seriam muito menos prejudiciais para as florestas e, provavelmente, menos dispendiosas para a construção.

Depois de anos de resistência, estamos muito satisfeitos com o fato de que o governo da Nigéria, o principal proponente da rodovia, está agora disposto a considerar uma rota alternativa que seria menos prejudicial para áreas protegidas, patrimônio natural e áreas dos povos tradicionais.

Estamos muito satisfeitos por ter desempenhado um papel no avanço desta importante causa, juntamente com as comunidades locais e os grupos nigerianos e internacionais de conservação.

Para acessar o estudo, clique no link.
Alternative routes for a proposed Nigerian Superhighway to limit damage to rare ecosystems and wildlife

Grato,

Bill Laurance

William F. Laurance, PhD, FAA, FAAAS, FRSQ
Distinguished Research Professor
Australian Laureate & Prince Bernhard Chair in International Nature Conservation (Emeritus)
Director of the Centre for Tropical Environmental and Sustainability Science (TESS)
Director of ALERT (ALERT-conservation.org)

 

in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 22/05/2017

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394,

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top