OPAS/OMS e Ministério da Saúde lançam portal de evidências científicas para profissionais de saúde

 

Objetivo da parceria é ajudar profissionais de saúde do Brasil na tomada de decisão clínica e de gestão a partir das bases de dados científicas. Dados também são úteis para outros trabalhadores do Sistema Único de Saúde (SUS), acadêmicos e estudantes das 14 categorias profissionais da área da saúde.

Imagem: Portal Saúde Baseada em Evidências (PSBE)/reprodução

Foi lançada na última quarta-feira (23) a nova versão do Portal Saúde Baseada em Evidências (PSBE), em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, durante a 12ª Conferência Internacional da Rede Unida.

A ferramenta busca facilitar o trabalho de profissionais de saúde ao reunir em um só local as melhores bases científicas sobre atenção básica. No portal é possível ter acesso às mais recentes revisões sistemáticas – conjunto de evidências provenientes de estudos primários conduzidos para responder uma questão específica de pesquisa – sobre abandono de tratamento por pacientes de tuberculose, por exemplo.

O portal foi elaborado pelo Ministério da Saúde brasileiro, em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

A iniciativa de democratização do acesso a evidências científicas de qualidade, para auxiliar na tomada de decisão, também pode ser utilizada por outros trabalhadores do Sistema Único de Saúde (SUS), acadêmicos e estudantes das 14 categorias profissionais da área da saúde.

O lançamento contou com as participações de Gerardo Alfaro, coordenador da Unidade Técnica de Sistemas e Serviços de Saúde da OPAS/OMS Brasil, e de Fernando Menezes, atual chefe de Recursos Humanos para a Saúde da sede da Organização, em Washington. Estiveram presentes ainda o diretor do Departamento de Gestão da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Alexandre Medeiros, e o coordenador de Tecnologia da Informação e Comunicação na Secretaria de Educação a Distância e do Núcleo de Inovação Tecnológica em Saúde da UFRN, Ricardo Valentim.

Acesse o portal em www.psbe.ufrn.br

 

Da ONU Brasil, in EcoDebate, 30/03/2016

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à Ecodebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Top