Palmelo/GO, a cidade mais espírita do Brasil, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

 

151223

 

[EcoDebate] O Brasil vem passando por um processo de transição religiosa com redução do percentual de católicos e aumento do percentual de evangélicos, dos sem-religião e de outras religiões. Os cristãos (católicos + evangélicos) são amplamente majoritários, mas o percentual nacional caiu de 96% em 1980 para 87% em 2010. As filiações cristãs constituem a maioria da população em praticamente todos os municípios brasileiros, com exceção de dois: Chuí e Palmelo.

Na cidade de Chuí, na fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai, o percentual de católicos era de 22,5%, de evangélicos 7,5% e a maioria da população (54,2%) se declarou sem-religião. Chuí é a capital dos sem-religião do Brasil.

Já Palmelo, no Estado de Goiás, pode ser classificada como a capital espírita do Brasil. Ao contrário da maioria dos municípios brasileiros que se formou em torno de uma igreja católica ou evangélica, Palmelo foi criado em 9 de fevereiro de 1929, em decorrência da fundação de um centro espírita denominado Luz da Verdade.

A população de Palmelo era de 2.309 habitantes em 2000 e de 2.335 habitantes em 2010. No último censo o percentual de católicos era de 28,1%, de evangélicos 19,1%, de sem-religião 6,9% e outras religiões 45,9%. No grupo outras religiões o peso maior eram dos espíritas que eram 972 pessoas em 2000 (42,1%) e 1.063 pessoas em 2010 (45,5% da população total).

Entre a população de 0-14 anos o percentual de católicos era de somente 24,9% em 2010, dos evangélicos era de 19,1% e entre as outras religiões era de 44,7%. Proporcionalmente os católicos eram mais fortes entre os idosos, enquanto os sem-religião apresentavam os menores percentuais neste grupo etário.

Por tudo isto, a cidade de Palmelo/GO pode ser classificada como a capital brasileira das pessoas autointituladas espíritas, sendo o segundo município do país com menor percentual de filiações cristãs, perdendo apenas para Chui/RS. Estes dois municípios são o ponto fora da curva na distribuição das filiações religiosas no Brasil e confirmam que este país continental é cheio de pequenas surpresas.

 

José Eustáquio Diniz Alves, Colunista do Portal EcoDebate, é Doutor em demografia e professor titular do mestrado e doutorado em População, Território e Estatísticas Públicas da Escola Nacional de Ciências Estatísticas – ENCE/IBGE; Apresenta seus pontos de vista em caráter pessoal. E-mail: jed_alves@yahoo.com.br

 

in EcoDebate, 22/12/2015

Palmelo/GO, a cidade mais espírita do Brasil, artigo de José Eustáquio Diniz Alves, in EcoDebate, ISSN 2446-9394, 23/12/2015, https://www.ecodebate.com.br/2015/12/23/palmelogo-a-cidade-mais-espirita-do-brasil-artigo-de-jose-eustaquio-diniz-alves/.

 

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à Ecodebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

4 comentários em “Palmelo/GO, a cidade mais espírita do Brasil, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  1. O autor infelizmente comete um grande erro quando diz: ” Por tudo isto, a cidade de Palmelo/GO pode ser classificada como a capital brasileira das pessoas autointituladas espíritas, sendo o segundo município do país com menor percentual de filiações cristãs, perdendo apenas para Chui/RS”, porque a doutrina espírita é cristã assim como a religião católica e a evangélica. Basta ler as obras espíritas para ter conhecimento disto, que o espiritismo tem suas bases assentadas no cristianismo, resgatando inclusive a essência do cristianismo que foi alterada ao longo do tempo por interpretações errôneas ou por má fé.

  2. Caro articulista, faço minhas as palavras do Sérgio Luís, ressaltando o carater essencialmente cristão da Doutrina Espírita!

  3. Reforço o comentário acima pra reafirmar que a doutrina espírita é sim, em termos de classificação, cristã. Cristo é o modelo e guia.

  4. Se tivéssemos em andamento um processo social com possibilidade de banir da Terra o triste legado, chamado religião, deixado por nossos ancestrais, teríamos algo importante a debater e comemorar. Mas essa alterações que mantêm o vício e muda apenas a nomeclatura, isso não leva a nada, e se algo produzir, certamente não será para o avanço social.

Comentários encerrados.

Top