Sustentabilidade Ambiental – Do Seu Emprego na Internet ao Conhecimento em Sala de Aula

Sustentabilidade Ambiental – Do Seu Emprego Na Internet Ao Conhecimento Em Sala De Aula

Elineth Araújo Pereira 1, Graziele Wolff de Almeida Carvalho2

1 Bióloga, Instituto Federal de Minas Gerais, Campus São João Evangelista, MG – Brasil

2 Eng. Sanitarista e Ambiental, Dra., Instituto Federal de Minas Gerais, Campus São João Evangelista

[O artigo, na íntegra e no seu formato original, pode ser acessado, em PDF, clicando 151118-04-a]

RESUMO

O tema sustentabilidade é frequente na mídia tradicional, principalmente no que refere à preservação ambiental e ao futuro da humanidade. Este trabalho objetivou avaliar o conhecimento do termo sustentabilidade ambiental por alunos do 3º ano do Ensino Médio em escolas pública e particulares além de discutir o conceito do termo e seu emprego na mídia internet aplicados questionários para duas turmas do 3º do Ensino Médio, sendo uma turma da escola pública e outra particular. Durante o trabalho de revisão bibliográfica identificou-se os principais conceitos de desenvolvimento sustentável. O trabalho foi estruturado com base em pesquisa realizada no Google utilizando os termos sustentabilidade, Sustentabilidade social, sustentabilidade econômica e sustentabilidade ambiental. De maneira geral, observou em todos os termos pesquisados, que o conceito na maioria dos sites está relacionado ao marketing de empresas ou propagandas de cursos na área ambiental. Além disso, notou-se a falta de sites que possam ser usados como referências em trabalhos escolares. Sendo assim o Google não é indicado para pesquisa devendo optar pelo Google acadêmico e Scielo.

Palavras chave: Desenvolvimento sustentável. Google. Meio ambiente.

INTRODUÇÃO

A análise do conceito de sustentabilidade com o enfoque que conhecemos surgiu com a publicação do relatório de Brundtland (WCED,1987). No entanto, as primeiras discussões a cerca do tema, iniciou com o Clube de Roma em 1968 e sua proposta de crescimento zero (LIMA, 2006). De acordo com o relatório de Brundtland desenvolvimento sustentável é aquele que supre as necessidades das gerações atuais sem comprometer os recursos naturais das futuras gerações. Esse conceito enfatiza um dos princípios básicos da sustentabilidade, a visão em longo prazo. Desde a definição elaborada na Comissão de Brundtland vários conceitos surgiram, no entanto existem três dimensões comum em todas elas: econômica, ambiental e social (CLARO;CLARO DANNY; AMÂNCIO, 2008).

Este tema vem sendo cada vez mais abordado na mídia tradicional principalmente no que refere à preservação ambiental e ao futuro da humanidade. Jornais, TVs, rádios, blogs, sites, abrem espaço para discutir alternativas para alcançar o tão desejado desenvolvimento sustentável (VERISSIMO, 2011).

Neste sentido o presente trabalho tem o objetivo de discutir o conceito do termo sustentabilidade ambiental e como o mesmo está sendo empregada na mídia internet e por alunos do Ensino Médio, mais especificamente, do 3º ano.

METODOLOGIA

Para verificar e obter dados sobre o conhecimento dos alunos sobre o termo sustentabilidade ambiental foi aplicado um questionário em duas escolas na cidade de Guanhães/MG, sendo uma pública e a outra particular a série escolhida foi o 3º ano do Ensino Médio por acreditar que nessa etapa os alunos estão mais maduros quanto ao termo, além de ser um tema frequente em provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Para discutir sobre o emprego do termo “Sustentabilidade Ambiental” na internet, a pesquisa foi realizada de forma sistêmica, utilizando o maior site de busca da internet, o Google (NEVES, 2004).

Na primeira parte da pesquisa foi utilizada a palavra “sustentabilidade” com o intuito de coletar o número geral de sites relacionados. A partir daí a pesquisa foi refinada com palavras-chaves sugeridas pelo próprio site de busca, vistas abaixo:

a) sustentabilidade ambiental;

b) sustentabilidade social;

c) sustentabilidade econômica.

Foram analisadas as 5 primeiras páginas do Google, foram selecionados os 4 primeiros links, totalizando em 20 páginas acessadas para cada palavra-chave, totalizando 80 links.

Em cada link foi analisado se possuíam o conceito completo, uso social, marketing, e /ou uso escolar.

Os sites selecionados foram categorizados quanto à relação do conceito completo, quanto ao uso para marketing, quanto ao uso escolar e quanto ao uso social. Foi ainda feita uma análise qualitativa do conteúdo de cada site a fim de conferir se o mesmo pode ser usado como fonte para trabalhos acadêmicos.

RESULTADOS E DISCUSSÃO

RESULTADOS DA PESQUISA NAS ESCOLAS

Figura 1 – Representação gráfica do resultado da pesquisa feita com alunos com alunos de escola pública e particular . Se já ouviu falar sobre o tema sustentabilidade ambiental?

Geralmente as escolas têm em seus currículos temas relacionados à sustentabilidade ambiental o que diferencia é a forma como este é abordado.

Os alunos que responderam sim na primeira pergunta deveriam indicar onde ouviram se, na escola, televisão ou internet, podendo marcar mais de uma opção.

Figura 2 – Representação gráfica do resultado da pesquisa com alunos de escola pública e particular sobre onde ouviram o termo sustentabilidade ambiental.

Para a pergunta sobre qual o principal site de pesquisa é utilizado pelos alunos, a resposta foi unânime, 100% responderam que pesquisam através do Google. Desta forma as demais ferramentas de busca (scielo, CAPES, Google acadêmico) não foram citadas.

Figura 3 – Representação gráfica do resultado da pesquisa com alunos de escola pública e

particular sobre em que site pesquisam.

Quando pedido para descreverem de forma simples e resumida seu conceito do termo Sustentabilidade Ambiental, a maior parte dos alunos descreveu o conceito do termo sustentabilidade de forma errada, sendo 52,08% da pública e 45,45 % da particular 39,06% da pública e 27,27% da particular responderam de forma incompleta e 8,68% da pública e 27,27% da particular não descreveram (Figura 4).

Figura 4 – Representação gráfica do resultado da pesquisa com alunos de escola pública e particular sobre o conceito completo de sustentabilidade ambiental.

Na pesquisa obteve-se um número maior de alunos da escola pública do que da particular que responderam o conceito de forma errada, nota-se com a pesquisa que a maioria dos alunos da escola particular ouviram falar do tema sustentabilidade na escola enquanto os alunos da escola pública ouviram falar na mídia televisão, os conceitos quando divulgados nos meios de comunicação geralmente são voltados para marketing empresarial, conforme resultado de buscas abaixo, já os conceitos escolares são mais completos e corretos.

Resultado de buscas

Figura 5- Representação gráfica do resultado da pesquisa para o termo sustentabilidade.

Figura 6- Representação gráfica do resultado da pesquisa para o termo sustentabilidade

social.

Figura 7- Representação gráfica do resultado da pesquisa para o termo sustentabilidade

Econômica.

Figura 8- Representação gráfica do resultado da pesquisa para o termo sustentabilidade

Ambiental.

De maneira geral, observou para todos os termos pesquisados, que na maioria dos sites, o conceito está relacionado ao marketing de empresas ou propagandas de cursos na área ambiental. Os sites atitudes sustentáveis e sua pesquisa foram os que mais apresentaram conceitos completos.

Veríssimo (2011) estudando o discurso da sustentabilidade nas redes sociais observou que, em oitenta das cento e doze comunidades pesquisadas, o termo estava relacionado com palavras como: verde, ambiental, pessoal, empresarial, conferência, reciclagem, planeta, natureza, eco, turismo, arquitetura, entre outros. E quarenta se basearam no Relatório de Brundltand, quinze comunidades defendiam uma mudança radical na relação homem natureza.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Pode-se concluir com este trabalho que sites de programas ambientais de empresas e propagandas de cursos na área ambiental são a maioria.

Ficou evidente a falta de sites que possam ser usados como referências em trabalhos escolares, ou seja, o Google não é indicado para este tipo de pesquisa devendo optar pelo Google Acadêmico ou Scielo.

Enfim, o termo sustentabilidade pode ser melhor trabalhado nas escolas, conscientizando os alunos da fundamental importância de conciliar desenvolvimento e qualidade de vida sem agredir o meio ambiente e comprometer o futuro da humanidade.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

CLARO, p. B. O. de; CLARO DANNY, P.; AMÂNCIO, R. Entendendo o conceito de sustentabilidade nas organizações, R.Adm.v.43, n.4, p.289-300, 2008.

LIMA, S. F. Introdução ao conceito de sustentabilidade aplicabilidades e limites. Caderno da Escola de Negócios, v.4, n. 06, 2006.

NEVES, T. M. G. das. Livre acesso à publicação acadêmica. Ci. Inf., Brasília, v. 33, n. 3, p.116-121, 2004.

VERISSIMO, F. S. da. O discurso da sustentabilidade na perspectiva das comunidades virtuais do facebook. In: XVI Seminário Interinstitucional de Ensino Pesquisa e Extensão, 2011.

 

in EcoDebate, 18/11/2015

[cite]

[CC BY-NC-SA 3.0][ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à Ecodebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Alexa

3 comentários em “Sustentabilidade Ambiental – Do Seu Emprego na Internet ao Conhecimento em Sala de Aula

  1. Oi pessoal,
    Não dá para ler os gráficos, faltou informações (quantidades e/ou percentuais), nos 2 primeiros gráficos de coluna e nos 3 de pizza. (?)

  2. “…o termo sustentabilidade pode ser melhor trabalhado nas escolas, conscientizando os alunos da fundamental importância de conciliar desenvolvimento e qualidade de vida sem agredir o meio ambiente e comprometer o futuro da humanidade.”

    [Parte do último parágrafo do artigo].

    Sinto-me na obrigação de afirmar para as autoras Elineth Araújo Pereira e Graziele Wolff de Almeida Carvalho que, há muito está comprovada, por diversos estudos, que é impossível haver sustentabilidade ambiental, social e econômica aliada a desenvolvimento econômico contínuo e infinito, pois o planeta Terra tem dimensões e condições limitadas.

    A sustentabilidada ambiental, social e econômica só poderá ocorrer quando houver a renúnicia ao desenvolvimento econômico, por longo período, e reordenamento da organização social.

    Evidentemente, tudo isso teria um alto custo, mas, creio, seria a única forma de se manter as condições de vida na Terra.

Comentários encerrados.

Top