Fórum das Águas – Cidades Sustentáveis e Desafios, de 21 a 23 de outubro de 2015, em Brumadinho (MG)

 

interesse público

 

Com o objetivo de realizar um espaço de discussão e compartilhamento de informação entre profissionais, pesquisadores, alunos e sociedade civil, o Consórcio Intermunicipal da Bacia Hidrográfica do Rio Paraopeba – Cibapar – realiza de 21 a 23 de outubro de 2015, o Fórum das Águas “Cidades Sustentáveis e seus Desafios” , no Teatro Inhotim, em Brumadinho (MG).

O Brasil e Minas Gerais têm experimentado um aumento de concentração de população em centros urbanos, o que gera, consequentemente, maior pressão sobre os recursos naturais disponíveis. Os recursos naturais são a base para o desenvolvimento social e econômico das cidades, uma vez que desempenham o papel de prover a população de suas necessidades. Entretanto, os recursos são limitados, e assim, o tema cidades sustentáveis ganhou destaque. Como lidar com os desafios de uma população crescente, concentrada em espaços urbanos que precisam ser abastecidas de água e além de outras necessidades como alimentos e produtos industrializados?

O foco do evento é debater os desafios para a construção de cidades sustentáveis, proporcionando trocas de experiências com boas práticas nacionais e internacionais, debates e ideias, soluções sustentáveis para a produção, consumo mais equilibrado dos recursos naturais no ambiente urbano e maneiras para garantir qualidade de vida para a população. Além de incentivar as políticas de preservação ambiental e mostrar um panorama atualizado sobre a crise hídrica no Estado de Minas Gerais.

Afinal, é a sustentabilidade que garantirá um desenvolvimento econômico e social inclusivo nas nossas cidades para as atuais e futuras gerações.

Sendo a água recurso central de desenvolvimento de um território, foi neste contexto que o III Fórum das Águas foi realizado. O último trouxe o tema “Escassez Hídrica e Saneamento: Impacto e Oportunidades” e os dados do choque de estiagem em 2014.

Site: http://www.cibapar.org.br/forum-das-aguas

Programação

Quarta-feira, 21 de Outubro

08h30 – 9h30-Credenciamento e Welcome-coffee

09h45 – 10h – Abertura oficial.

10h05 – 11h55 Comissão Extraordinária de Águas da Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

Iran Barbosa – Deputado estadual de MG

Maria de Fátima Chagas Dias Coelho – Diretora Geral do Instituto Mineiro de Gestão de Águas – IGAM

Vicente Andreu – Presidente da Agência Nacional de Água (ANA)

Hideraldo Buch – Coordenador geral do Fórum Mineiro de Comitês das Bacias Hidrográficas de Minas Gerais

João Alberto – Deputado Estadual de MG

José Carlos Carvalho – Ex-ministro de Meio Ambiente

Marilia Melo –Especialista em Meio Ambiente e Recursos Hídricos

12h00 – 14h Brunch

14h -14h50 | Mr. Albert Appleton – As inovações do sistema de abastecimento de água e esgoto de Nova Iorque na década de 1990.

14h55-15h45 – Gilberto Tiepolo – The Urban Water Blueprint (The Nature Conservancy)

15h45-16h | Coffee-break

16h-16h50 | Márcia Casseb – Iniciativa Cidades Emergentes e Sustentáveis (ICES) do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

16h55h – 17h45 | Luis Catarino – Projetos Cidades Sustentáveis – Intermoney.

Quinta-feira, 22 de Outubro

08h45 – 09h55| Credenciamento e Welcome Coffee

10h – 10h50 | Sérgio Abranches – Ecopolitica

11h – 11h55 | André D’Elia – Cineasta “Lei da Água – Novo Código Florestal”

12h – 14h – Almoço

14h – 14h50 | Sérgio Besserman – Desenvolvimento Urbano

14h55 – 15h45 | Pedro Barata – Préciclagem

15h45 – 16h | Coffee Break

16h05 – 16h25 | Mauro Ellovitch – atuação do Ministério Público para projetos em meio ambiente

16h30 -17h30 | Boas práticas e Iniciativas exemplares em “saneamento básico, ecologia e sustentabilidade”:

Felipe Vitorino | Wetland – Águas de Juturnaíba/ Águas do Brasil;

Lucas Kallas | Recuperação ambiental e reaproveitamento de rejeitos na mineração Green Metals

17h30-18h | A sustentabilidade em pauta literária

Alessandro de Sá | Autor de “Somos Senhores do Planeta”

Escola Municipal Padre Vicente Assunção “Coletânea: Agua para a vida”

Sexta-feira, 23 de Outubro

08h45 – 09h55 – Credenciamento e Welcome Coffee

10h – 10h35 – Sérgio Ribeiro – Sub secretário de Água Clima da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Distrito Federal

10h40 – 11h20 – Élbia Ganon – Presidente da Associação Brasileira de Energia Eólica

11h25 – 12h – Milton Nogueira – Especialista em mudanças climática e sustentabilidade, e consultor internacional de projetos em organizações ambientais.

12h – 14h – Almoço

14h – 14h50- Cléo Pires e Igor Tameirão – Coordenadores do Água nas Escolas da UNESCO/CPLP.

14h55 – 15h45 – Miguel Dória – Política da Educação para as Águas da UNESCO.

15h45 – 16h – Coquetel de encerramento

Informações do Consórcio Intermunicipal da Bacia Hidrográfica do Rio Paraopeba – Cibapar / Plurale, in EcoDebate, 01/10/2015


[ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Alexa

Um comentário em “Fórum das Águas – Cidades Sustentáveis e Desafios, de 21 a 23 de outubro de 2015, em Brumadinho (MG)

  1. Cidades sustentáveis com milhões de seres humanos, dos quais a maioria vive na pobreza, é uma grande piada muito sem grança.

Comentários encerrados.

Top