Os resíduos da construção civil no Brasil em 2014, artigo de Antonio Silvio Hendges

 

reciclagem de resíduos da construção civil

[EcoDebate] O Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil em 2014, pesquisa realizada pela Abrelpe – Associação das Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais traz a descrição da coleta realizada nas diferentes regiões do país dos resíduos da construção civil que pela Lei 12.305/2010 que estabeleceu a Política Nacional de Resíduos Sólidos são os provenientes de construções, reformas, reparos, demolições e escavações e a destinação adequada é responsabilidade dos geradores, sejam empreendimentos privados ou públicos.

A pesquisa destaca que os dados divulgados não representam o total de resíduos produzidos neste segmento, mas como a pesquisa se baseia em registros confiáveis esta é a parcela que comprovadamente foi coletada e que possivelmente tenha sido direcionada para uma destinação final ambientalmente adequada. A comparação dos dados de 2013 e 2014 indica que houve um aumento de 4,1% na quantidade coletada pelos municípios brasileiros.

Região

2013

Ton./dia – Kg/hab/dia

2014

População

RCD coletado

Kg/hab/dia

Sul

16.067 – 0,558

29.016.144

16.513

0,569

Sudeste

61.487 – 0,728

85.115.623

63.469

0,746

Centro Oeste

13.439 – 0,896

15.219.608

13.675

0,899

Nordeste

22.162 – 0,397

56.186.190

24.066

0,428

Norte

4.280 – 0,252

17.261.983

4.539

0,263

Brasil

117.435 – 0,584

202.799.518

122.262

0,603

Tabela 1 – Resíduos sólidos da construção civil coletados pelos municípios brasileiros em 2013/2014.

Fonte – Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil em 2014 – Abrelpe.

A coleta e destinação final adequada dos resíduos sólidos da construção civil são fundamentais para o meio ambiente: os impactos são diversos como dificuldades para o trafego adequado de veículos e pedestres quando abandonados nas áreas urbanas, prejuízos para a drenagem das águas pluviais e esgotos, agravamento das enchentes, alteração das paisagens naturais, assoreamento de rios, fontes e outros corpos hídricos, compactação dos solos e vários outros prejuízos ambientais e sociais.

Uma das alternativas é a reciclagem destes resíduos e a sua transformação em matérias primas para uso nas próprias construções ou na base de pavimentação de espaços específicos como estradas e ruas. Existem tecnologias que permitem a instalação de usinas de reciclagem e que possibilitam a reintrodução destes materiais nas cadeias produtivas da construção civil. Outra alternativa é o planejamento das obras para a diminuição da geração e desperdícios, barateando-se os custos finais dos empreendimentos. Também existem equipamentos que podem ser utilizados nas próprias construções como trituradores que permitem a reciclagem imediata destes resíduos provenientes das atividades construtivas.

Antonio Silvio Hendges, Articulista no EcoDebate, professor de Biologia, pós graduação em Auditorias Ambientais, assessoria em educação ambiental e sustentabilidade – www.cenatecbrasil.blogspot.com.br

 

in EcoDebate, 06/08/2015

[cite]


[ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Alexa

Um comentário em “Os resíduos da construção civil no Brasil em 2014, artigo de Antonio Silvio Hendges

  1. A única alternativa é a completa reciclagem destes resíduos, para imediata ou posterior utilização na construção civil.

Comentários encerrados.

Top