CPI da Crise Hídrica debate barragem do Guapiaçu na ALERJ, 06/08

 

interesse público

 

Atingidos pela barragem e pesquisadores farão o contraponto ao projeto do governo do estado

Nesta quinta-feira, dia 6, a Comissão Parlamentar de Inquérito da Crise Hídrica instalada na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ) debaterá sobre a barragem do Guapiaçu, projetada para o município de Cachoeiras de Macacu. A CPI instalada na casa desde março se configura como uma comissão parlamentar propositiva, em busca de soluções para o problema da falta de água no estado.

A barragem do Guapiaçu, solução apresentada pelo governo, vem sendo questionada por várias organizações, pesquisadores e políticos. Os questionamentos, que vão desde a viabilidade técnica da obra até os inúmeros problemas socioambientais serão debatidos na sessão desta semana por agricultores atingidos e por técnicos que já fizeram vários levantamentos apontando fragilidades e insuficiências no processo de licenciamento ambiental.

Ao mesmo tempo que solicitarão o cancelamento da obra, que está com os estudos suspensos desde maio de 2014, os depoentes apontarão que o tratamento da questão hídrica no estado deve passar pela integração de múltiplas soluções, combinadas e simultâneas, que levem em conta o manejo integrado de bacias hidrográficas, a recuperação de florestas, a introdução de práticas agrícolas sustentáveis e uma profunda reestruturação no sistema de distribuição da Cedae.

Na oportunidade, os atingidos organizados no Movimento dos Atingidos por Barragens entregarão para os deputados integrantes da CPI um dossiê sobre os impactos sociais da barragem e também a proposta para a criação de uma Política Estadual de Direitos para os Atingidos por Barragens.

Serviço:

O que: Sessão da CPI da Crise hídrica

Quando: 6 de agosto, às 9 horas

Onde: Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro

 

in EcoDebate, 06/08/2015


[ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Alexa

Top