Tomate ecologicamente cultivado chega a mercados do Rio de Janeiro

 

Consumidores no Rio de Janeiro, poderão comprar, a partir desta semana, tomates sem resíduos de agrotóxico. O sistema Tomatec (tomate ecologicamente cultivado) é desenvolvido pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e, inicialmente, o produto será distribuído pela Rede Zona Sul de supermercados.

 

Os tomates ecológicos são uma opção mais saudável e uma alternativa sadia ao tomate orgânico, que é mais caro. Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

 

A ideia, contudo, é expandir a venda para outras redes varejistas, inclusive, de outros estados, disse à Agência Brasil o engenheiro agrônomo Adoildo Melo, da Embrapa Solos, um dos criadores do sistema. “É um tomate como os outros, mas que usa alta tecnologia e não tem resíduo de agrotóxico.”

Sistema Tomatec

O sistema Tomatec consiste em seis princípios diferenciados de produção do fruto. Um dos focos é a conservação do solo com plantio direto e rotação de culturas, ou seja, com manejo adequado para não degradar o solo. O sistema prioriza também a eficiência de água. “Nós usamos um sistema de irrigação que utiliza somente a água que a planta precisa, sem desperdício algum, por meio de gotejo.”

A adubação é feita por meio da fertirrigação: aplicação de fertilizantes na água de irrigação. Com isso, a planta recebe o nutriente de que necessita, ao mesmo tempo em que é irrigada. A produção do tomate ecológico envolve também o manejo integrado de pragas. “Só se faz uma aplicação de agrotóxico quando realmente há necessidade e a praga pode afetar toda a produção da lavoura. Não se aplica aleatoriamente, como é comum ocorrer.”

O quinto princípio é o plantio vertical (tutoramento vertical), em substituição ao método tradicional de plantio em forma de pirâmide, que facilita uma eventual pulverização em 100% da lavoura. Outro diferencial na produção dos tomates ecológicos é o ensacamento da penca do fruto. De acordo com Adoildo Melo, isso permite que, desde a flor, o fruto fique protegido contra pragas e qualquer veneno que seja usado. “Por mais que se pulverize a planta, esse veneno não chega ao fruto. Por isso, o tomate é ecologicamente cultivado, com todo esse manejo e, no final, temos um fruto sem resíduo de agrotóxico”, explica. Isso é comprovado por análises da Fundação Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz), que acompanha o sistema há bastante tempo.

O sistema Tomatec, que é patenteado pela Embrapa, começou na década de 1990, no município de Paty do Alferes, centro-sul fluminense e, com a evolução dos estudos, passou por outras cidades, como São José de Ubá, São Sebastião do Alto, Nova Friburgo. O tomate estudado nas pesquisas é o do tipo italiano, muito usado em saladas e que tem boa aceitação também em restaurantes.

O engenheiro agrônomo destacou que, para o consumidor, o tomate ecológico é uma opção mais saudável e uma alternativa sadia ao tomate orgânico, que é mais caro. Além disso, o sistema Tomatec atende a questões de segurança alimentar, em razão da maior oferta durante todo o ano. “É um produto diferenciado. Ele não veio concorrer com o orgânico, que já tem o seu mercado. É uma alternativa”, disse.

A Embrapa Solos tem hoje cerca de 14 mil pés de tomate produzidos com a técnica Tomatec em São Sebastião do Alto, região serrana fluminense, onde haverá um dia de campo neste sábado (1º) para quem quiser conhecer de perto a produção. Nesse dia, técnicos da Embrapa Solos mostrarão o passo a passo para se produzir um fruto de qualidade com o selo Embrapa. O projeto é apoiado pela Secretaria de Estado de Agricultura do Rio de Janeiro.

Por Alana Gandra, da Agência Brasil, in EcoDebate, 03/08/2015


[ O conteúdo da EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, à EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta enviar um email para newsletter_ecodebate+subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate

Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para newsletter_ecodebate+unsubscribe@googlegroups.com ou ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Alexa

3 comentários em “Tomate ecologicamente cultivado chega a mercados do Rio de Janeiro

  1. Tomate “ecológico” que se limita em se preocupar com a ausência de resíduo de agrotóxicos no produto final, mas que pouco se importa a aplicação propriamente dita.

    …. peraí!
    A Embrapa solos não deveria se preocupar com a saúde do solo?
    Alguém precisa dizer pra eles que, em pleno ano internacional do solo, a melhor forma de prover a qualidade do solo é nutrindo-o, e não usando veneno.

  2. Obrigada, Glenn,
    ia dizer a mesma coisa. Então agrotóxico é utilizado na plantação, e me pergunto qual (ou quais) são utilizados.

Comentários encerrados.

Top
Betway Casino Roulette Image Banners
Betway Casino Roulette Image Banners