Videocast: A economia da mudança climática na América Latina e Caribe

 

aquecimento global

 

A América Latina e o Caribe geram somente 9% das emissões poluentes do planeta, segundo dados de 2011, mas é particularmente vulnerável a seus efeitos, especialmente na América Central e no Caribe. A mudança climática exige que atuemos agora, diz a CEPAL neste vídeo.

Fonte: ONU Brasil

Publicado no Portal EcoDebate, 19/12/2014


[ O conteúdo do EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta clicar no LINK e preencher o formulário de inscrição. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Alexa

2 comentários em “Videocast: A economia da mudança climática na América Latina e Caribe

  1. Considerando que o Brasil está na lista dos 20 maiores emissores de CO2, quanto desses 9% são culpa nossa? Quase tudo?

  2. Só falta compreender que um simples ajuste nada resolverá. Como se diz, “o buraco é mais em baixo”. Ou se promove uma ordenação social, política e econômica planetária, que inclua a abolição total do regime capitalista e intenso trabalho educacional de toda a população humana, objetivando a superação das crenças religiosas e outros vícios que nos foram legados por nossos ancestrais, ou “a vaca vai para o brejo”.
    Viram como é fácil? (kkkkk). Não será com essas conferências de merda que problemas acumulados a milhões de anos serão solucionados.

Comentários encerrados.

Top