Cavalo de Lata na Copa – tração mecanizada para coleta de resíduos

 

Cavalo de Lata

 

O Carrinho elétrico conhecido como Cavalo de Lata foi convidado pela Rede CataPoa para auxiliar no trabalho de coleta de resíduos dentro e nos entornos do estádio Beira-Rio na capital Porto Alegre.

O Cavalo de Lata, desenvolvido na cidade de Santa Cruz do Sul, RS, está sendo utilizado pelos catadores da Rede CataPoa, ligados ao Movimento Nacional de Catadores, na limpeza do Beira Rio, estádio que vai sediar 5 jogos da copa do Mundo até o final do mês.

“O trabalho está sendo voluntário e o carrinho não vai estar identificado, mas estar lá dentro, num evento como a Copa do Mundo, pra nós é uma honra, mostra que estamos prontos para a próxima etapa que será o início da produção e comercialização do Cavalo de Lata“, diz o engenheiro idealizador do projeto.

O Projeto Cavalo de Lata já ganhou visibilidade em diversas partes do Brasil e ainda conta com o apoio internacional da modelo Kat Torres. Aqui no estado gaúcho, o carrinho já foi apresentado em eventos como Expoagro Afubra, Stock Car e Feira do Polo Naval.

Para lembrar: O primeiro modelo começou a ser desenvolvido com o apoio da família Hoelzel, proprietária da tradicional empresa Mercur , de Santa Cruz do Sul.

Desde o início, vem sendo testado pela Cooperativa de Catadores e Recicladores de Santa Cruz do Sul (Coomcat) e há mais 3 meses está participando, ainda em caráter experimental, das rotinas de coleta da cooperativa em um dos maiores bairros da cidade, o Goiás.

O carrinho do Projeto Cavalo de Lata tem capacidade para carregar, no mínimo, 500 kg e atinge a velocidade máxima de 25km/h. Conhecido como símbolo dos catadores no Estado, ele nasceu para trazer dignidade ao catador e também defender os animais dos maus tratos. Ainda pode ser utilizado para carregar outros tipos de produtos e servir indústrias, estádios, eventos, condomínios, ilhas e até propriedades rurais. (nesses lugares ele já está apto para circular)

Sobre a legalização para circular em vias públicas, existe uma resolução do Contran que define o ciclomotor como veículo que possui duas ou três rodas e não quatro, como é o caso do Cavalo de Lata. Um dos caminhos seria editar essa resolução ou mesmo prever outro enquadramento.

Fonte: Projeto Cavalo de Lata

EcoDebate, 24/06/2014


[ O conteúdo do EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao EcoDebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta clicar no LINK e preencher o formulário de inscrição. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Alexa

Um comentário em “Cavalo de Lata na Copa – tração mecanizada para coleta de resíduos

Comentários encerrados.

Top
Betway Casino Roulette Image Banners
Betway Casino Roulette Image Banners