IN MEMORIAM: João Zinclar, fotógrafo dos movimentos sociais, companheiro e amigo

 

João Zinclair
João Zinclar (crédito: Brasil de Fato)

 

Na madrugada do dia 19, faleceu João Zinclar, um grande amigo e companheiro das lutas dos movimentos sociais e populares.

Zinclar retornava de um trabalho em Ipatinga (MG), quando o ônibus em que viajava foi atingido por um caminhão que vinha no sentido contrário e atravessou a pista.

É uma perda imensa, não penas para os movimentos sociais, como para os amigos e companheiros, que tiveram o privilégio de conviver com uma pessoa muito especial. Tive a sorte de integrar este grupo.

Não vou me deter na sua carreira como fotografo e militante, que está descrita nas matérias abaixo, mas na sua importância como amigo e companheiro de caminhada.

João era uma pessoa extremamente generosa, realmente comprometido com as causas populares, que sabia unir a militância aguerrida à sensibilidade. Suas fotos, excepcionalmente belas e significativas, eram a materialização de seu olhar sensível para com as pessoas, suas vidas, suas lutas cotidianas.

Todos conhecem o conceito do fotojornalismo de que uma imagem vale mais de mil palavras e o João tornava este conceito especialmente verdade. Imagens que informam, inspiram e fazem refletir.

 

034 a Ilha da Ressaca-MG-  Médio S.F
Ilha da Ressaca – MG – Médio São Francisco – Por cinco anos o fotógrafo João Zinclar percorreu oito estados brasileiros as margens do Rio São Francisco. O fotógrafo registrou as culturas dos povos ribeirinho e sua luta em defesa de um dos rios mais importantes do Brasil, ameaçado agora pelos impactos das obras de transposição. O Registro de Zinclair pode ser conferido no livro fotográfico “O Rio São Francisco e as águas do Sertão”.

 

Sua genialidade era permanente fonte de nossas provocações mútuas. Ele dizia que eu era um caso raro de quem migrou da fotografia para a redação e eu dizia, com respeitosa inveja, que o fiz apenas porque escrevo melhor do que fotografo e que se fosse como ele continuaria com a câmera nas mãos.

Acompanhei vários de seus trabalhos e, além dos inacreditáveis registros fotográficos, sempre fiquei impressionado com a sua preocupação de conhecer, conversar e compreender as pessoas retratadas, a sua realidade, os seus sentimentos.

Não sei o que dizer ou pensar na enorme dor de Victoria, sua filha e amiga, a quem ele realmente adorava. Victoria, sei que não conforta, mas sinta-se abraçada por todos os amigos e companheiros de seu pai.

João era e continuará um amigo e companheiro muito especial. Ele soube nos inspirar e lembrar que existem formas bonitas, gentis e generosas de militância.

Sentirei muito a sua falta. Ele deixa um grande vazio na nossa cada vez menor ‘trincheira’.

João, você deixa um grande vazio, mas também um grande exemplo, que tentarei honrar. Valeu João.

Henrique Cortez

Tributo a João Zinclar, fotógrafo dos movimentos sociais (1957-2013), por Carlos Latuff
Tributo a João Zinclar, fotógrafo dos movimentos sociais (1957-2013), por Carlos Latuff

Nota: A quem se interessar em conhecer um pouco mais sobre João Zinclar, sugerimos que leiam os textos abaixo:

João Zinclar – Fotógrafo Operário/ Operário da Fotografia

Trecho da última entrevista dada pelo fotógrafo João Zinclar, para a série “Caçadores de Alma”, de Silvio Tendler. Um fotógrafo que fez de sua profissão e lente instrumentos de muita luta junto aos movimentos sociais.

O povo ribeirinho do São Francisco traduz as lutas populares do Brasil. Entrevista com João Zinclar

“Sou um fotógrafo operário ou um operário da fotografia”, diz João Zinclar

João Zinclar Lima Silva, 56 anos, não vai mais fotografar o Velho Chico e a vida e a luta de quem de fato merece

EcoDebate, 21/01/2013


[ O conteúdo do EcoDebate pode ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao Ecodebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta clicar no LINK e preencher o formulário de inscrição. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Remoção da lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Para cancelar a sua inscrição neste grupo, envie um e-mail para ecodebate@ecodebate.com.br. O seu e-mail será removido e você receberá uma mensagem confirmando a remoção. Observe que a remoção é automática mas não é instantânea.

Alexa

Um comentário em “IN MEMORIAM: João Zinclar, fotógrafo dos movimentos sociais, companheiro e amigo

  1. Perdemos um companheiro de luta e um grande fotografo. Por muitas vezes acompanhei o trabalho deste grande homem. No Congresso Nacional da CPT vi sua vontade de mostrar o diferente.
    abraços ao parentes e amigos.
    Socorro

Comentários encerrados.

Top