Câmara analisa o Projeto de Decreto Legislativo que susta normas do Ibama sobre pesca de camarão

 

Notícia

A Câmara analisa o Projeto de Decreto Legislativo (PDC) 572/12, do deputado Rogério Peninha Mendonça (PMDB-SC), que susta os efeitos da Instrução Normativa 189/08, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Essa instrução proíbe a pesca de arrasto com tração motorizada para a captura de camarão das espécies rosa, sete barbas, branco, santana ou vermelho e barba ruça em determinadas áreas e períodos.

O deputado afirma que, por força da instrução normativa, os pescadores são obrigados a praticar a pesca do camarão sete barbas em período desfavorável, pois coincide com a desova e a eclosão das larvas da espécie e com a ocorrência de frentes frias, neblina e correntes marítimas.

“Tudo isso torna a navegação arriscada para as embarcações pesqueiras artesanais, de pequeno porte. Assim, por desconsiderar a diferenciação entre as várias espécies de camarão e as peculiaridades da pesca artesanal, entendo que o Ibama exorbitou os limites de competência legislativa para regulamentar a Lei 11.959/09”, disse Mendonça.

A Lei 11.959/09 regula as atividades pesqueiras no País.

Segundo o deputado, na área marinha compreendida entre a divisa dos estados do Espírito Santo e do Rio de Janeiro, o período de defeso da pesca das espécies de camarão citadas na instrução do Ibama foi fixado de 1º de março a 31 de maio. Mendonça argumenta, no entanto, que pesquisadores já constataram que, diversamente das outras espécies, o período mais indicado para a captura do camarão sete barbas, nessa região, ocorre nos meses de abril e maio de cada ano.

Tramitação
A proposta será analisada pelas comissões de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural; de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Depois, será votada no Plenário.

Reportagem – Jaciene Alves
Edição – Pierre Triboli

Matéria da Agência Câmara de Notícias, publicada pelo EcoDebate, 13/07/2012

[ O conteúdo do EcoDebate é “Copyleft”, podendo ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao Ecodebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta clicar no LINK e preencher o formulário de inscrição. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Alexa

Top