Projeto do INPA engaja jovens na preservação do meio ambiente

 

[Por Maria Carolina Gonçalves, para o EcoDebate] No INPA (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia), os jovens começam desde cedo a aprender sobre a floresta e a importância de preservá-la. Trata-se do projeto Pequenos Guias do Bosque, que faz parte da estratégia de aproximar a instituição das pessoas da região.

O Pequenos Guias do Bosque é uma das atividades desenvolvidas no Bosque da Ciência, inaugurado em 1995. A área era invadida, mesmo depois de o INPA ter assumido. Quem conta é Carlos Roberto Bueno, coordenador de extensão do INPA. “Ou a gente colocava policiais, militares, alguma segurança a cada metro; ou a gente ganhava milhares de amigos vizinhos”, diz. Com a opção por envolver as crianças, o INPA deixou de ter um gasto excessivo com segurança e trouxe uma nova oportunidade para esses jovens.

As crianças da região ficam seis meses aprendendo sobre a Amazônia, visitando as coordenações de pesquisa e ouvindo palestras. Depois desse período, já estão prontas para guiar os visitantes, atividade que costuma durar de seis meses a um ano. Com o aprendizado, os jovens voltam para a comunidade para levar o que aprenderam sobre a floresta, lixo, gestão de recursos hídricos, saúde e outros temas.

Em 15 anos, mais de 800 crianças passaram por esse programa. “Com certeza mexemos na cabeça e na vida dessas pessoas, a olhar de forma diferenciada para a natureza e ter possibilidades diferentes de emprego”, diz Carlos Bueno. Ele conta que muitos acabam cursando faculdade e mudando sua situação e de sua família. E, quando ficam velhos demais para serem “pequenos guias”, muitos continuam levando o conhecimento adquirido, realizando palestras nas escolas.

Maria Carolina Gonçalves é estudante de Jornalismo – ECA – USP

EcoDebate, 06/09/2011

[ O conteúdo do EcoDebate é “Copyleft”, podendo ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao Ecodebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta clicar no LINK e preencher o formulário de inscrição. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Alexa

Top