Código Florestal: Dilma contraria PMDB e diz à equipe que não aceita anistia a desmatadores

Presidente se reuniu hoje cedo com ministros para discutir o texto do Código Florestal, que deve ser votado amanhã na Câmara

A presidente Dilma Rousseff comandou, na manhã desta segunda-feira, uma reunião para debater o Código Florestal, que deve ser votado na terça-feira no plenário da Câmara. Na reunião, a presidente deixou claro que não aceitará nenhuma proposta que signifique anistia a desmatadores. Também pediu um texto alternativo para pequenos produtores rurais que ocupam áreas de preservação permanentes de rios. Reportagem de Luiza Damé, no O Globo.

O PMDB tem uma emenda que pretende anistiar os produtores que desmataram áreas de preservação permanente até 2008. Ou seja, quem desmatou até essa data não teria de recuperar a área degradada. A presidente não aceita essa solução, segundo um ministro que participou da reunião.

Dilma chamou ao seu gabinete, na manhã desta segunda-feira, o vice Michel Temer, os ministros Antonio Palocci (Casa Civil), Izabella Teixeira (Meio Ambiente), Wagner Rossi (Agricultura), Gilberto Carvalho (Secretaria Geral), Luiz Sérgio (Relações Institucionais) e Helena Chagas (Secretaria de Comunicação), além dos líderes do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), e no senado, Romero Jucá (PMDB-RR).

Até a noite, Palocci deverá levar a presidente um texto para a questão dos ribeirinhos. Dilma quer abrir uma exceção para as propriedades de até quatro módulos que ficam em áreas de preservação permanente, de forma a não inviabilizar a produção desses agricultores.

No fim da reunião, a presidente passou o recado para os quatro ministros que teriam agenda em seguida: Mário Negromonte (Cidades), Carlos Lupi (Trabalho), Alfredo Nascimento (Transportes) e Orlando Silva (Esportes). Os quatro são representantes de seus partidos – PP, PDT, PR e PCdoB – no governo. Na formação do ministério, a presidente deixou claro que os ministros partidários teriam de garantir os votos a favor das propostas do governo.

EcoDebate, 24/05/2011

[ O conteúdo do EcoDebate é “Copyleft”, podendo ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao Ecodebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta clicar no LINK e preencher o formulário de inscrição. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Alexa

Top