MPF/RS concede novo prazo ao Ibama para solução de problemas ambientais do Complexo Termelétrico Candiota

Solicitação foi feita pelo presidente do órgão que demonstra interesse em buscar solução para o caso

O Ministério Público Federal no Rio Grande do Sul (MPF/RS) prorrogou por mais 15 dias o prazo para que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) apresente solução no sentido de resolver os problemas ambientais ou suspenda as operações do Complexo Termelétrico Candiota – Usina Termelétrica Presidente Médici. A solicitação de adiamento foi feita pelo novo presidente do órgão, Curt Trennepohl, e deferida pela procuradora da República no município de Bagé, Paula Schirmer.

Em ofício enviado nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, Curt Trennepohl justifica que assumiu a presidência do Ibama na última sexta-feira (25) e pretende, nesse novo prazo solicitado, apresentar “a proposta de solução para os problemas de funcionamento do Complexo Termelétrico de Candiota, objeto da Recomendação nº 02/2011, da PRM/Bagé/RS”.

No último dia quatro, a procuradora da República expediu duas recomendações ao presidente e ao diretor de Licenciamento Ambiental do Ibama, estabelecendo o prazo de 15 dias para que suspendessem a Licença de Operação da Termelétrica de Candiota, bem como se abstivessem de conceder quaisquer licenças ambientais ao empreendimento até que fosse atestada a viabilidade ambiental do mesmo.

De acordo com a procuradora da República Paula Schirmer, a resposta enviada pelo presidente do Ibama demonstra que o órgão governamental está interessado em solucionar os problemas que podem ocasionar para a população danos socioambientais irreversíveis e de significativa expressão. Nesse sentido, ela resolveu prorrogar o prazo por mais quinze dias.

Fonte: Procuradoria da República no Rio Grande do Sul

EcoDebate, 02/03/2011


Compartilhar

[ O conteúdo do EcoDebate é “Copyleft”, podendo ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao Ecodebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta clicar no LINK e preencher o formulário de inscrição. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Alexa

Top