Procura-se sociedade civil adestrável! artigo de Almacks Luiz Silva

[Ecodebate] Após a calorosa expectativa das eleições 2010, começam os desfiles das habilidades e competências. Alguns para manterem o cargo, outros para subir mais degraus na escalada governamental – todos dispostos às mais absurdas estratégias e mexericos para o alcance dos seus objetivos.

O debate e a gestão democrática agora só cabem se tiver entrevista na rádio e na TV. Apresentações nos fóruns somente se os representantes da sociedade civil forem adestráveis e apresentarem currículo com experiência profissional, acadêmica e que Sá política – esta última é claro que dentro do partido e de preferência da tendência – ôh!

O governo Wagner terá que rever seu staff e neste ponto cada um tem um palpite, só não pode ficar como está, quatro anos de atropelo às deliberações, aos compromissos públicos e de ineficiência técnica (ora porquê o técnico é temporário – sem experiência, sem compromisso, ora porquê o técnico não é técnico, é militante desempregado que precisa de uma boquinha) às vezes é ongueiro ou é filho de dono de ONG que são contratados como consultores com títulos bem sugestivo: Consultoria em Responsabilidade Socioambiental e etc.

Viva, viva ás ameaças de fusões! Que oportunizam a troca de experiências e compartilham os resultados positivos. Que redimensionam quadros e potencializam ações e funcionários.

Que venham os verdadeiros técnicos e que os representantes da sociedade civil não sejam mais assediados por companheiros que acreditam no silencio das criticas e na difamação das oposições. Que as criticas sejam vistas como desafios para superação e crescimento, e não como boicote. Chega de adestramento, de libertinagem e de sabotagem!

Senhores secretários não cedam aos bajuladores! Acordem para os resultados e para as reais articulações. Lembrem-se daqueles companheiros que acreditaram e se deixaram enganar pelo discurso vazio e pelo falso poder mobilizador dos seus outros companheiros.

ALMACKS LUIZ SILVA é presidente do CBH Salitre e Socioambientalista do MPA – Brasil

EcoDebate, 08/02/2011


Compartilhar

[ O conteúdo do EcoDebate é “Copyleft”, podendo ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao Ecodebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta clicar no LINK e preencher o formulário de inscrição. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Alexa

Top