Homenagem-desagravo ao Povo Nordestino, por Jorge Antunes

Amig@s:

Recentemente foi feito ataque ao povo brasileiro do Nordeste. Em desagravo àqueles brasileiros, coloco no ar a gravação do 3º movimento de minha Sinfonia em Cinco Movimentos intitulado “O Povo Brasileiro Nordestino”.

Ouçam em [06:05 min] clicando aqui.

Em 1999 o Ministério da Cultura empreendeu ação rara: encomenda de obras sinfônicas a compositores brasileiros. A motivação era a efeméride do ano seguinte: os 500 anos do descobrimento do Brasil. O presidente era FHC e o Ministro da Cultura era Francisco Weffort. Mas isso não significava lucidez do governo. Weffort confessou-me, em 2000, que desconhecia a existência de compositores brasileiros de música erudita. Por trás das ações do Ministério estava alguém de visão admirável da cultura brasileira: Wladimir Murtinho, qassessor do Ministro.

Queriam escolher 5 compositores para que fossem compostas 5 obras sinfônicas homenageando o Descobrimento do Brasil. A incumbência foi dada a uma comissão integrada de Isaac Karabtchevsky, Diogo Pacheco e outros.

Fiquei feliz ao saber que fui um dos escolhidos. Mas eu não via motivos para comemorar o “Descobrimento do Brasil”. O Brasil não foi descoberto. Foi invadido.

Contornei meu conflito interno compondo obra homenageando o povo brasileiro: Sinfonia em Cinco Movimentos.

O 3º movimento usa um tema de baião que esporadicamente é interrompido por ataques de sons quase extemporâneos. Na abertura e na coda do uso sons eletrônicos, mesclados à orquestra, que nos reportam a um carro de boi.

Gravação: Orquestra do Teatro Nacional de Brasília, regente Silvio Barbato.

Enviado por Jorge Antunes para o EcoDebate, 29/11/2010

Compartilhar

[ O conteúdo do EcoDebate é “Copyleft”, podendo ser copiado, reproduzido e/ou distribuído, desde que seja dado crédito ao autor, ao Ecodebate e, se for o caso, à fonte primária da informação ]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta clicar no LINK e preencher o formulário de inscrição. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Top