Ibama apreende 60 m³ de mogno já embalado para exportação em Belém

Ibama apreende 60 m³ de mogno já embalado para exportação em Belém

A Operação Delta apreendeu nesta terça-feira sete contêineres com 200 m³ de madeira ilegalmente extraída da floresta amazônica em um dos armazéns da Companhia Docas do Pará, em Belém. Na carga havia 60 m³ de mogno, espécie ameaçada de extinção, cujo corte e comércio são proibidos pela legislação brasileira e dos países signatários da Convenção de Comércio Internacional das Espécies da Flora e Fauna Selvagens em Perigo de Extinção (CITES). O carregamento já estava serrado e embalado, pronto para ser exportado para Espanha e França.

A empresa que pretendia exportar o mogno usou uma nota fiscal, preenchida como se a madeira fosse andiroba, que tem aparência semelhante, e sequer emitiu a Guia Florestal (GF), documento que acompanha no estado do Pará todo produto da flora nativa.

O restante da carga apreendida era de quatro outros empreendimentos que fraudaram as GFs, documento que acompanha no estado do Pará todo produto da flora nativa. Eles declararam que enviavam para o exterior resíduo de madeira, quando na verdade transportavam tábuas feitas de árvores amazônicas valorizadas como ipê, maçaranduba e tauari.

Cada empresa, além de perder a madeira, será multada pelo Ibama em R$ 300,00 por m³ de madeira ilegal apreendida. Todo o produto será doado ao Ministério de Desenvolvimento Social para ser empregado em obras sociais. Os proprietários ainda responderão pelos crimes ambientais em processos na Polícia Federal.

Mega madeireiras

Com a participação do Ibama, Polícia Federal, Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio), Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) e Força Nacional, a Operação Delta combate o desmatamento da floresta amazônica e o comércio ilegal de madeira no Pará. O objetivo da operação é fiscalizar grandes empreendimentos, os que mais se beneficiam economicamente da destruição da floresta amazônica.

Na primeira investida da operação, com apoio de dois helicópteros e três lanchas velozes, cerca de 370 homens ocuparam na manhã de segunda-feira (12/04), simultaneamente, os pátios de 15 grandes madeireiras instaladas no delta do Guamá, um dos maiores pólos madeireiros do país. A Operação Delta reúne os principais órgãos integrantes da Comissão Interministerial de Combate a Crimes e Infrações Ambientais (Ciccia).

Texto de Nelson Feitosa, Ibama, publicado pelo EcoDebate, 14/04/2010

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta utilizar o formulário abaixo. O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

O EcoDebate não pratica SPAM e a exigência de confirmação do e-mail de origem visa evitar que seu e-mail seja incluído indevidamente por terceiros.

Participe do grupo Boletim diário EcoDebate
E-mail:
Visitar este grupo

Comentários encerrados.

Top