Operação do Ibama flagra desmatamento com mais de 100 hectares na Mata Atlântica em Alagoas

Na manhã de 19/3, uma equipe formada por agentes de fiscalização do Ibama em conjunto com servidores do Instituto Chico Mendes e do Batalhão de Polícia Ambiental de Alagoas, flagraram desmatamento de cerca de 100 hectares em área de Mata Atlântica em estágio avançado de regeneração. O desmatamento ocorria a menos de três quilômetros dos limites da Estação Ecológica de Murici.

Foram detidos 14 trabalhadores que operavam o desmatamento e iniciavam o plantio de pastagem e a aplicação de herbicidas. Eles foram encaminhados à delegacia de União dos Palmares onde prestaram esclarecimentos.

Segundo o analista ambiental Emerson Marcondes, “ A destruição de floresta no local chama a atenção não só pela dimensão da área atingida, mas principalmente pela agilidade na seqüência do processo, que inicia com o desmatamento, retirada de madeira produção de carvão, queimada do rebrotamento, plantio de pastagens e aplicação de herbicida de largo espectro que impede qualquer possibilidade de regeneração da vegetação no local.”

O proprietário da fazenda será multado por diversas infrações verificadas no local, como destruição de área de preservação permanente – APP, utilização de substâncias nocivas ao meio ambiente, destruição de mata atlântica, impedir a regeneração da vegetação e pelo dano causado a unidade de conservação de proteção integral.

O valor total das multas deverá ultrapassar o R$ 1.000.000,00 e o Ministério Público já está acompanhando o caso no local, para instaurar inquérito e agilizar os procedimentos que efetivamente assegurem a recuperação da área degradada.

Ibama/AL

[EcoDebate, 21/03/2009]

Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário do Portal EcoDebate
Caso queira ser incluído(a) na lista de distribuição de nosso boletim diário, basta que envie um e-mail para newsletter_ecodebate-subscribe@googlegroups.com . O seu e-mail será incluído e você receberá uma mensagem solicitando que confirme a inscrição.

Top