Mudanças Climáticas: evidências e impactos atuais

Mudanças Climáticas: evidências e impactos atuais O negacionismo militante abusa da anticiência, em uma bem-sucedida campanha de desinformação, ignorando qualquer estudo ou pesquisa contrária, com o objetivo ideológico de negar as mudanças climáticas e o aquecimento global antropogênico Em geral, insistem em desrespeitar e desqualificar autores e comentaristas. Frequentemente ocultos pelo anonimato, abusam da lógica perversa de que é mais fácil desqualificar o outro do que qualificar a si mesmo. Além disto, insistem

Mudança climática aumenta o risco de incêndios florestais

  Mudança climática aumenta o risco de incêndios florestais Há evidências reforçadas de que as mudanças climáticas aumentam a frequência e / ou gravidade do risco de incêndios em todo o mundo. A gestão da terra por si só não pode explicar o aumento recente de incêndios florestais, de acordo com uma atualização de cientistas aclamados internacionalmente . Uma revisão inicial do ScienceBrief sobre a ligação entre as mudanças climáticas e o risco de incêndios florestais foi realizada em  janeiro de

Aumento das ondas de calor marinhas é resultado da influência humana

  Aumento das ondas de calor marinhas é resultado da influência humana As ondas de calor nos oceanos do mundo tornaram-se 20 vezes mais frequentes devido à influência humana. Isso é o que pesquisadores do Centro Oeschger para Pesquisa Climática da Universidade de Berna agora podem provar. Ondas de calor marinhas destroem ecossistemas e prejudicam a pesca. University of Bern* Uma onda de calor marinha (onda de calor oceânica) é um longo período de tempo

Mudanças Climáticas: O Ártico está em transição para um novo estado climático

  Mudanças Climáticas: O Ártico está em transição para um novo estado climático O Ártico em rápido aquecimento começou a transição de um estado predominantemente congelado para um clima totalmente diferente, de acordo com um novo estudo abrangente das condições do Ártico. Os padrões climáticos nas latitudes superiores sempre variaram de ano para ano, com mais ou menos gelo marinho, invernos mais frios ou mais quentes e estações mais longas ou mais curtas

Aquecimento: Verões cada vez mais quentes tornam o Ártico mais verde

  Aquecimento: Verões cada vez mais quentes tornam o Ártico mais verde Por Kate Ramsayer* Goddard Space Flight Center da NASA , Greenbelt, Maryland À medida que os verões árticos esquentam, as paisagens do norte da Terra estão mudando. Usando imagens de satélite para rastrear ecossistemas globais de tundra ao longo de décadas, um novo estudo descobriu que a região se tornou mais verde, à medida que o ar mais quente e as temperaturas do

Degelo da Groenlândia e da Antártica pode adicionar 38 cm ao aumento do nível do mar em 2100

  Degelo da Groenlândia e da Antártica pode adicionar 38 cm ao aumento do nível do mar em 2100 Um esforço internacional que reuniu mais de 60 cientistas de gelo, oceano e atmosfera de três dúzias de instituições internacionais gerou novas estimativas de quanto do impacto o derretimento das camadas de gelo da Terra poderia ter nos níveis globais do mar até 2100. Se as emissões de gases de efeito estufa continuarem rapidamente,

As consequências da crise climática já chegaram

  As consequências da crise climática já chegaram IHU Os sintomas estão se tornando cada vez mais evidentes. Estamos perdendo a Terra. As consequências do aquecimento global se tornaram irrefutáveis. Os alertas científicos do passado se consolidam com os fatos do presente, os ecossistemas se retorcem e a inação afasta a humanidade de um cenário otimista. Este verão que se encerra [na Europa] ficará para a história devido à trágica pandemia, mas também devido

A Covid-19 não interrompeu as mudanças climáticas

    A Covid-19 não interrompeu as mudanças climáticas As mudanças climáticas não pararam para COVID-19. As concentrações de gases de efeito estufa na atmosfera estão em níveis recordes e continuam aumentando. As emissões estão caminhando na direção de níveis pré-pandêmicos, após um declínio temporário causado pelo bloqueio e desaceleração econômica. O mundo deve ter seus cinco anos mais quentes já registrados - em uma tendência que provavelmente continuará - e não está no

Ou o Brasil muda o rumo político-climático, ou pereceremos em rede

  Ou o Brasil muda o rumo político-climático, ou pereceremos em rede   Artigo de Elissandro Santana [EcoDebate] A situação brasileira em relação às mudanças climáticas não é tão simples de explicar, pois exige pesquisas no campo da História, da Sociedade, da Economia, da Política e do Meio ambiente. Dependendo do governo no poder, caso seja progressista, o compromisso, ou, pelo menos, o discurso voltado para as questões ambientais tende para uma vertente de cooperação

Pesquisa global mostra crescimento dramático dos lagos glaciais

  Pesquisa global mostra crescimento dramático dos lagos glaciais Pesquisadores descobriram que o volume dos lagos glaciais em todo o mundo aumentou cerca de 50% desde 1990 NASA No maior estudo já feito sobre lagos glaciais, pesquisadores usando 30 anos de dados de satélite da NASA descobriram que o volume desses lagos em todo o mundo aumentou cerca de 50% desde 1990, conforme as geleiras derretem e recuam devido às mudanças climáticas. As descobertas, publicadas

Transformações nos sistemas alimentares podem reduzir 20% das emissões globais

  Transformações nos sistemas alimentares podem reduzir 20% das emissões globais Tomadores de decisão podem melhorar as chances de alcance das metas climáticas e limitar o aquecimento global a 1,5ºC, se assumirem compromissos mais específicos para a transformação de sistemas alimentares nacionais. Melhorando a Contribuição Nacionalmente Determinada (NDC, na sigla em inglês) para Sistemas Alimentares, um novo relatório publicado hoje pelo WWF, Programa da ONU para o Meio Ambiente (PNUMA), EAT e Climate Focus, aponta que países estão perdendo

Aumento do degelo, na Groenlândia e na Antártica, combina com os piores cenários de aquecimento climático

  Aumento do degelo, na Groenlândia e na Antártica, combina com os piores cenários de aquecimento climático Os mantos de gelo na Groenlândia e na Antártica, cujas taxas de degelo estão aumentando rapidamente, elevaram o nível global do mar em 1,8 cm desde a década de 1990 e estão combinando com os piores cenários de aquecimento climático. University of Leeds* De acordo com um novo estudo conduzido pelo Dr. Tom Slater do Centro de

Calor extremo, incêndios e tempestades indicam que futuro assustador já chegou

  Calor extremo, incêndios e tempestades indicam que futuro assustador já chegou Caos climático: calor extremo, incêndios e tempestades indicam que futuro assustador já chegou IHU Desde a histórica onda de calor e de incêndios florestais no Oeste dos Estados Unidos, passando pela enorme tempestade que atravessou o meio da nação, até o ritmo recorde da temporada de furacões deste ano, as condições extremas sem precedentes e simultâneas se assemelham ao clima caótico do futuro sobre o

O aquecimento global aumenta o risco de furacões extremos no Caribe

  O aquecimento global aumenta o risco de furacões extremos no Caribe Furacões devastadores podem ser até cinco vezes mais prováveis no Caribe se metas mais rigorosas de aquecimento global forem perdidas O aquecimento global está aumentando drasticamente o risco de furacões extremos no Caribe, mas cumprir metas mais ambiciosas de mudança climática poderia reduzir pela metade a probabilidade de tais desastres na região, de acordo com novas pesquisas. O estudo , liderado pela

Emissões globais de metano aumentaram 9% entre 2000 e 2017

  Emissões globais de metano aumentaram 9% entre 2000 e 2017 Fondazione Centro Euro-Mediterraneo sui Cambiamenti Climatici* Metano é o segundo gás de efeito estufa com potencial de aquecimento global maior que o CO 2 . Um estudo internacional realizado no âmbito do Global Carbon Project fornece informações e dados atualizados sobre suas concentrações crescentes na atmosfera. Olhos em muitos setores, como agricultura, resíduos e setores de combustíveis fósseis. Entre os autores, estão os pesquisadores Simona Castaldi

Global methane emissions increased 9% between 2000 and 2017

  Global methane emissions increased 9% between 2000 and 2017 By Fondazione Centro Euro-Mediterraneo sui Cambiamenti Climatici It is the second greenhouse gas with even a global warming potential larger than CO2. An international study realized in the framework of the Global Carbon Project provides updated information and data on its increasing concentrations in the atmosphere. Eyes on many sectors, such as agriculture, waste and fossil fuel sectors. Among the authors, CMCC researchers Simona

Global warming is dramatically increasing the risk of extreme hurricanes in the Caribbean

  Global warming is dramatically increasing the risk of extreme hurricanes in the Caribbean Devastating hurricanes could be up to five times more likely in the Caribbean if tougher global warming targets are missed Global warming is dramatically increasing the risk of extreme hurricanes in the Caribbean, but meeting more ambitious climate change goals could up to halve the likelihood of such disasters in the region, according to new research. The study, led by

O gelo marinho do Ártico está derretendo mais rapidamente do que se imaginava

O gelo marinho do Ártico está derretendo mais rapidamente do que se imaginava As temperaturas no Oceano Ártico entre Canadá, Rússia e Europa estão esquentando mais rápido do que os modelos climáticos dos pesquisadores foram capazes de prever O gelo marinho do Ártico está derretendo mais rapidamente do que se imaginava. Os modelos climáticos de hoje ainda precisam incorporar o aumento acentuado nas temperaturas que ocorreu nos últimos 40 anos. Isso, de

Mudanças climáticas e o uso da terra estão acelerando a erosão do solo

  Mudanças climáticas e o uso da terra estão acelerando a erosão do solo A perda de solo devido ao escoamento de água pode aumentar muito em todo o mundo nos próximos 50 anos devido às mudanças climáticas e ao cultivo intensivo da terra. Essa foi a conclusão de uma equipe internacional de pesquisadores liderada pela Universidade de Basel, que publicou os resultados do cálculo do seu modelo na revista científica PNAS. A erosão

A Groenlândia estabeleceu um novo recorde de perda de gelo em 2019

  A Groenlândia estabeleceu um novo recorde de perda de gelo em 2019 Por Pat Brennan*, NASA's Sea Level Portal A Groenlândia estabeleceu um novo recorde de perda de gelo em 2019, perdendo a maior massa de sua gigantesca camada de gelo em qualquer ano desde pelo menos 1948. A grande perda - 532 bilhões de toneladas - é uma reversão total da taxa mais moderada de derretimento observada nos dois anos anteriores. E excede

Top