EcoDebate: Índice da edição nº 3.780, de 19/11/2021

  EcoDebate: Índice da edição nº 3.780, de 19/11/2021 Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394 Texto e Áudio Aumenta o número de mortes e diminui o número de nascimentos no Brasil Acelerar a transição energética reduz os riscos climáticos Empresas de tecnologia subnotificam as emissões de CO2 Taxa de Desmatamento na Amazônia é a maior desde 2006 Pandemia aumentou a mortalidade e reduziu a natalidade no Brasil   Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate, ISSN

Aumenta o número de mortes e diminui o número de nascimentos no Brasil

  Aumenta o número de mortes e diminui o número de nascimentos no Brasil, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Os dados das estatísticas do Registro Civil, do IBGE, confirmam que houve aumento dos óbitos, redução dos nascimentos e redução dos casamentos no Brasil em 2020. Este quadro deve se repetir em 2021 “Não há vivos, há os que morreram e os que esperam a vez” Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) O IBGE divulgou, no

Acelerar a transição energética reduz os riscos climáticos

  Acelerar a transição energética reduz os riscos climáticos "Quem embarcaria em um avião se a chance de chegar com segurança fosse de apenas 50 por cento?" pergunte a Harald Desing e Rolf Widmer no início de sua publicação. Em nossa jornada para o futuro com a espaçonave Terra, não temos a opção de entrar ou sair. É, portanto, ainda mais surpreendente que, mesmo com os caminhos de transição otimistas do IPCC ("Painel

Empresas de tecnologia subnotificam as emissões de CO2

  Empresas de tecnologia subnotificam as emissões de CO2 As empresas do setor de tecnologia digital estão subestimando significativamente as emissões de gases de efeito estufa que surgem ao longo da cadeia de valor de seus produtos. Pela TUM School of Management* Em uma amostra de 56 grandes empresas de tecnologia pesquisadas em um estudo da Universidade Técnica de Munique (TUM), mais da metade dessas emissões foram excluídas do autorrelato em 2019. Em aproximadamente

Taxa de Desmatamento na Amazônia é a maior desde 2006

  Taxa de Desmatamento na Amazônia é a maior desde 2006 Representantes do governo brasileiro já chegaram à COP 26 sabendo da má notícia, mas insistiram em vender uma imagem supostamente sustentável A estimativa da taxa oficial de desmatamento na Amazônia Legal divulgada hoje por meio do Programa Prodes, aponta que 13.235 km² foram desmatados entre agosto de 2020 e julho de 2021. O anúncio chega na semana seguinte ao encerramento da COP 26,

Pandemia aumentou a mortalidade e reduziu a natalidade no Brasil

  Pandemia aumentou a mortalidade e reduziu a natalidade no Brasil No ano de 2020, marcado pela chegada da pandemia da Covid-19 ao país, o número de óbitos no Brasil aumentou 14,9% em comparação a 2019, a maior variação desde 1984 Por Cristiane Crelier / Arte: Brisa Gil / IBGE Resumo No ano de 2020, marcado pela chegada da pandemia da Covid-19 ao país, o número de óbitos no Brasil aumentou 14,9% em

Descubra Como Tirar Marca D’água de Vídeos e Foto de Forma Online e Grátis

  Descubra Como Tirar Marca D’água de Vídeos e Foto de Forma Online e Grátis Para aquela foto ou um vídeo com aquela marca d’água que atrapalha a visualização, existe um método para conseguir removê-la de forma muito simples e muito prática. E a grande notícia é que tanto a HitPaw, quanto a Apowersoft, desenvolveram ferramentas poderosas para conseguir remover essas marcas d’água, sendo a ferramenta (de vídeo) da HitPaw Remover Marca

Cuidados para investir no mercado de Criptomoedas

  Cuidados para investir no mercado de Criptomoedas Com menos de R$ 5 já é possível investir em criptomoedas, inclusive em Bitcoins, moeda virtual mais valorizada no mundo. Operadoras de câmbios sérias, informação e estudos sobre a modalidade financeira são essenciais para não cair em golpes de estelionato No último mês, a moeda virtual Bitcoin chegou a custar US$ 67 mil e movimentou o mercado virtual de criptomoedas. Apesar de ainda desconhecida do

EcoDebate: Índice da edição nº 3.779, de 18/11/2021

  EcoDebate: Índice da edição nº 3.779, de 18/11/2021 Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394 Texto e Áudio Os lucros dos acionistas Latifúndio: arma mortífera de exploração? Conservação, Baleias e Turismo no Extremo Sul da Bahia, Parte 2 Aquecimento global acelera a frequência dos extremos de calor COVID-19 mostrou que saúde humana e saúde ambiental estão intimamente ligadas Saiba o que são as Soluções baseadas na Natureza - SbN   Inclusão na lista de distribuição do Boletim Diário da revista eletrônica EcoDebate,

Os lucros dos acionistas

  Os lucros dos acionistas, artigo de Montserrat Martins Você que está pagando mais de 7 reais o litro da gasolina, fique sabendo que não é verdade que “tá ruim pra todo mundo”: pros acionistas da Petrobras está ótimo, pois a empresa teve um lucro de 31,14 bilhões só no terceiro trimestre desse ano, ou seja, mais de 10 bilhões por mês ! Mas porque foi criada a Petrobras mesmo, no século passado?

Latifúndio: arma mortífera de exploração?

  Latifúndio: arma mortífera de exploração? artigo de Gilvander Moreira A terra, embora esteja associada ao modo de produção capitalista, não é capital, pois não é fruto do trabalho humano Latifúndio: arma mortífera de exploração? Por Gilvander Moreira1 A reflexão estimula o sem-terra, o sem-teto, o atingido pela mineração devastadora, o negro, a pessoa vítima da homofobia e todas as pessoas exploradas e/ou discriminadas a descobrir-se como oprimido, superexpropriado pelo capital nas suas relações

Conservação, Baleias e Turismo no Extremo Sul da Bahia: uma conversa a partir da Educação Ambiental com quem entende sobre o tema, Parte 2

Conservação, Baleias e Turismo no Extremo Sul da Bahia: uma conversa a partir da Educação Ambiental com quem entende sobre o tema, Parte 2 De nada adianta preservar as baleias e jogar lixo nos oceanos. De nada adianta preservar as baleias e colaborar com o aquecimento global, pois quanto mais quente o planeta, menos alimentos elas terão Elissandro Santana entrevista o biólogo Marcelo Arcanjo de Jesus (Marcelo Cobra) Direitos de imagem: Marcelo

Aquecimento global acelera a frequência dos extremos de calor

  Aquecimento global acelera a frequência dos extremos de calor A frequência de extremos de calor e temperaturas e chuvas recordes têm aumentado em todo o mundo como resultado do aquecimento global, de acordo com um projeto de pesquisa internacional liderado pela Universidad Complutense de Madrid (UCM) e envolvendo a participação do Instituto de Geociências (CSIC- UCM). Pela Universidad Complutense de Madrid O estudo, publicado na Climate and Atmosphere Science estima que a ocorrência

COVID-19 mostrou que saúde humana e saúde ambiental estão intimamente ligadas

  COVID-19 mostrou que saúde humana e saúde ambiental estão intimamente ligadas A pandemia COVID-19 está intimamente ligada à perda de biodiversidade e à saúde do ecossistema University of Queensland* Os cientistas investigaram as ligações entre a pandemia COVID-19 e a deterioração dos ecossistemas mundiais e de sua biodiversidade, descobrindo ciclos de feedback que sugerem um aumento potencial em futuras pandemias. Odette Lawler, graduada do Mestrado em Biologia da Conservação da University of Queensland ,

Saiba o que são as Soluções baseadas na Natureza – SbN

  Saiba o que são as Soluções baseadas na Natureza - SbN Ações se inspiram na natureza para amenizar problemas ambientais e são importantes para que o Brasil alcance metas do Acordo de Paris Por Luiza Lafuente Entre os dias 31 de outubro e 12 de novembro, líderes mundiais, organizações e ativistas se reuniram em Glasgow, na Escócia, para a 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, a COP26. O Brasil, país com

Qual é o valor fundamental do Bitcoin?

  Qual é o valor fundamental do Bitcoin? John Hawkins* Senior Lecturer, Canberra School of Politics, Economics and Society and NATSEM, University of Canberra À medida que atinge novos máximos, não faltam previsões ousadas de que o Bitcoin chegue a US $ 100.000 ou mais. Frequentemente, eles se baseiam em não muito mais do que extrapolações de pessoas com interesses adquiridos: o preço subiu muito, então continuará subindo. Se ficar acima de sua máxima

EcoDebate: Índice da edição nº 3.778, de 16/11/2021

  EcoDebate: Índice da edição nº 3.778, de 16/11/2021 Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394 Texto e Áudio Os avanços tímidos da COP26 e as ilusões do desenvolvimento sustentável COP26 - Um fracasso político e diplomático COP26 acorda a redução gradual de combustíveis fósseis e falha com os mais afetados pela crise climática atual Texto final da COP26 é enfraquecido para agradar Índia e China Aproveitamento integral dos alimentos garante alimentação sem desperdício e mais nutritiva   Inclusão na lista de

Os avanços tímidos da COP26 e as ilusões do desenvolvimento sustentável

  Os avanços tímidos da COP26 e as ilusões do desenvolvimento sustentável, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Defender a sustentabilidade ambiental junto ao velho modelo de desenvolvimento consumista e em um quadro de permanente desigualdade social é o mesmo que se deixar levar pelas ilusões da maquiagem verde e pelas falsas promessas do desenvolvimento sustentável “A Terra está falando. Ela nos diz que não temos mais tempo” Txai Paiter Suruí (01/11/2021) Líderes governamentais, como

COP26 – Um fracasso político e diplomático

  COP26 - Um fracasso político e diplomático O objetivo fundamental da COP26 era garantir que nosso clima não esquentasse mais do que 1,5 grau - com essa medida, ele falhou desastrosamente Após a publicação do acordo final da COP26, Molly Scott Cato, Professora de Economia na Universidade de Roehampton, diz que o evento falhou no que a história verá como nossa última chance de proteger o mundo do desastroso superaquecimento. Por Chiara Barreca/

COP26 acorda a redução gradual de combustíveis fósseis e falha com os mais afetados pela crise climática atual

  COP26 acorda a redução gradual de combustíveis fósseis e falha com os mais afetados pela crise climática atual Para que a ação de cada setor da economia ajude a fechar a lacuna para a meta-limite de 1,5C, os governos precisarão implantar políticas claras e os signatários desses acordos precisarão ser responsabilizados para cumprir suas promessas Análise Esta COP refletiu em certa medida as conclusões do relatório IPCC SR1.5 e IEA net zero,

Top