A transposição do Rio São Francisco é um ‘ralo de dinheiro público’. Entrevista com Ruben Siqueira

IHU As delações dos executivos da Odebrecht para a Operação Lava Jato “vieram comprovar as suspeitas de que um dos objetivos da transposição era a transferência de grandes montantes de recursos públicos para empresas em ‘caixa um’ e ‘caixa dois’ e para políticos em campanhas eleitorais”, diz Ruben Siqueira, coordenador da Comissão Pastoral da Terra – CPT, na entrevista a seguir, concedida por e-mail à IHU On-Line. Segundo ele, para dar conta dos 14

Aumento da violência no campo tem a caro do golpe, artigo de Ruben Siqueira

    Le Monde Diplomatique Brasil O relatório  “Conflitos no Campo Brasil 2016” da CPT traz índices recordes e ainda mais preocupantes: aumentaram todos os tipos de conflito (maiores números dos últimos 10 anos, o de terra maior em 32 anos de documentação) e todas as formas de violência no campo em relação a 2015. Os assassinatos tiveram um aumento de 22%, menor índice de aumento em 2016, mas o maior número desde

A transposição do Rio São Francisco: águas e falácias do desenvolvimento, palestra de Ruben Siqueira

    Confira a palestra de Ruben Siqueira, da coordenação nacional da CPT, proferida no seminário “Rio São Francisco: margens em tensão – transposição, (in)justiças e territorialidades”, realizado em Recife (PE), no Centro de Pesquisa Aggeu Magalhães , pela Fiocruz, no dia 28 de março último. Ruben Siqueira[1] “Quem na beira do Rio São Francisco viver, rico não há de ser, de fome e sede não há de morrer e mais de uma camisa

A energia eólica é mesmo limpa? artigo de Ruben Siqueira

    [A Tarde] A energia eólica vem se impondo sob a reputação quase unânime de ser renovável e limpa. Ventos ines­gotáveis e sem emissão de CO2 bas­tariam como argumentos. Ignoram­-se os impactos socioambientais, da produção dos equipamentos à insta­lação dos parques eólicos, sobretudo do modo como fazem aqui. Reforça um modelo desenvolvimentista - reduzido a crescimento econômico - impositivo, desregulamentado, bancado pelo Estado, voltado à ex­portação, com graves impactos e ilusão,

A Peregrinação no São Francisco, 20 anos depois. Entrevista com Ruben Siqueira

  “A peregrinação e os jejuns tornaram-se referências de luta não só para o São Francisco e o Nordeste, neste início de século XXI, ao fazer a ponte entre fé e vida, ecologia e política, indivíduo e sociedade, espiritualidade e luta. Para nós, ribeirinhos e lutadores do São Francisco, revisitar, reviver e manifestar este legado é reencontrar, a despeito da conjuntura adversa, as forças que nos movem a continuar até vencer”,

Adeus a João Zinclar, o fotógrafo do Rio São Francisco, por Ruben Siqueira

  “Mudar o mundo eu acho que é uma tarefa muito maior do que a fotografia. Mudar o mundo é ter milhões de pessoas na rua em movimentos contra os opressores, contra as ditaduras, é isso que muda o mundo. E a fotografia, se ela quiser cumprir esse papel, tem que andar pari passu com esses movimentos, colocando realidades objetivas e subjetivas, porque não existe verdade absoluta.” (João Zinclar, em “Caçadores de

Obras da transposição do rio São Francisco agravam a seca, artigo de Ruben Siqueira

  A seca atual no Nordeste, das piores sob ponto de vista climatológico, revela mais das contradições do projeto de transposição do rio São Francisco. As obras contribuem para piorar a situação. Águas de açudes foram usadas na construção dos canais, e agora estão faltando ao povo, aos animais, à lavoura. É o caso de Barra do Juá, em Floresta, e de Poço da Cruz, em Ibimirim, PE. Deste foram retiradas por

Transposição do rio São Francisco: E o bispo tinha razão… artigo de Ruben Siqueira

  [EcoDebate] “Quando a razão se extingue, a loucura é o caminho". Com esta ideia, o bispo franciscano de Barra–BA dom Luiz Cappio justificava seus dois jejuns, em 2005 e 2007, contra o projeto de transposição, em defesa do Rio São Francisco e do semiárido brasileiro. Dizia que o projeto, além de ignorar o mal estado do rio, visava, como sempre no Nordeste, concentrar água, terra e poder, levaria dinheiro público para o

Entrevista com Ruben Siqueira, integrante da Equipe da CPT/BA, sobre a água

  O sociólogo e integrante da Equipe da Comissão Pastoral da Terra (CPT) da Bahia, Ruben Siqueira, concede entrevista exclusiva ao Jornal Santuário de Aparecida. Ele fala sobre a problemática relacionada à água e o trabalho desenvolvido pela Igreja no Brasil neste sentido. Saiba mais sobre o assunto clicando aqui. Ruben Siqueira   Jornal Santuário – Qual é o foco central do trabalho da Igreja no Brasil no que diz respeito à defesa da água? Ruben Siqueira –

‘Transposição foi abandonada, virou ralo de dinheiro’. Entrevista com Ruben Siqueira, CPT/BA

  Articulação Popular São Francisco Vivo/Divulgação Canal próximo da cidade de Custódia, em Pernambuco, apresenta rachaduras e nenhum operário por perto. Ministério diz que paralisação é temporária Dayanne Sousa As rachaduras no concreto denunciam a paralisação de uma das obras mais propagandeadas do governo Lula e bandeira de Dilma Rousseff no PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). Trechos da obra de transposição do Rio São Francisco estão se degenerando. Terra Magazine procurou um dos

O ogro do campo, artigo de Ruben Siqueira

A atual escalada de violência no campo, a par do avanço do Código Florestal dos ruralistas no Congresso, evidencia mais uma vez que o campo brasileiro “muda” para continuar o mesmo. Medidas tomadas nem de longe perturbam as altas transações com a terra e a agricultura. . A situação se agrava, atrelados ao governo os movimentos camponeses refluem e o próprio governo se atrela ao agronegócio. Em abril a CPT –

‘Queremos água ou mineração? Vida ou degradação?’ Entrevista com Ruben Siqueira, CPT/BA

“É preciso mineração? Claro que sim. Mas a expansão da mineração a esse custo para atender uma demanda que vem de outros países é um desrespeito”, afirma o militante social. Confira a entrevista. Além de sofrer grandes consequências em função da transposição do seu curso de água, o rio São Francisco também está sendo condenado pela contaminação dos rejeitos de chumbo, cádmio e cobre resultantes da exploração minerária

Conflito pela água no Rio Salitre, artigo de Ruben Siqueira

Foto do Rio Salitre 'morto' após um dos 35 barramentos. Foto de Almacks Luiz Silva O Salitre é um rio histórico e único. [A Tarde] Em suas margens se deu a primeira grande criação de gado no Brasil, que fornecia carne à sede da Colônia. O nome vem das jazidas de salitre, importante mineral no século XVII. Nascido na Chapada Diamantina era um raro exemplo de rio perene do semiárido brasileiro. Afluente do

Transposição: o negócio da água, artigo de Ruben Siqueira

[EcoDebate] Mal Lula e Dilma em campanha eleitoral antecipada correram as obras no Rio São Francisco, encadeiam-se fatos novos e muito elucidativos a respeito do assunto. Finalmente, a verdade. O Comitê da Bacia chegou a um acordo sobre os valores da água captada na bacia e na transposição. Nesta a de uso produtivo custará o dobro da de uso humano, o que vai encarecer a do eixo norte, de maior volume

Pescadores artesanais: uma espécie resistente à extinção, artigo de Ruben Siqueira

[EcoDebate] Eles produzem 65% do pescado no Brasil, mas não são prioridade na política de pesca. Depois de duas Conferências Nacionais da Aquicultura e Pesca, em que foram mera presença legitimadora do privilégio dado à pesca e à aqüicultura empresariais, sem verem seus interesses contemplados na prática, eles resolveram fazer sua própria conferência. No estacionamento do estádio Mané Garrincha, em Brasília, superando dificuldades de todo tipo, perto de mil pescadores

Lula e Dilma só vêem o que querem no São Francisco, artigo de Ruben Siqueira

O deputado Ciro Gomes, o presidente Lula, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, e o governador de Minas Gerais, Aécio Neves, durante visita às obras de integração do São Francisco Foto: Ricardo Stuckert/PR [EcoDebate] A visita de Lula e Dilma pelas obras da revitalização e da transposição do rio São Francisco confirma as suspeitas sobre as razões político-eleitorais destes projetos. E não é só pelo grande séquito de políticos

Belo Monte de farsas, artigo de Ruben Siqueira

Localização proposta para a UHE de Belo Monte. Imagem ISA [EcoDebate] A “audiência pública” sobre a hidrelétrica de Belo Monte, em Belém do Pará, no dia 15 de setembro, foi uma dessas ocasiões, cada vez menos raras, em que a farsa da democracia brasileira se revela por inteiro. Era a quarta e última audiência, obrigatória por lei, para concluir processo de licenciamento prévio do empreendimento. Convocadas pelo IBAMA, estes foram os

Cidadão do Mundo, artigo de Ruben Siqueira

dom Luiz Cappio, em foto de arquivo [EcoDebate] O bispo da Barra-BA, dom Luiz Cappio, recebeu o Prêmio Cidadão do Mundo, da Fundação Kant, em Freiburg, Alemanha, em maio. Sua luta contra a transposição do Rio São Francisco tem reconhecimento internacional. No ano passado, recebeu o prestigiado Prêmio Pax Christi, dado a pessoas que se destacam na promoção da paz. O Prêmio Kant também tem esta finalidade. O filósofo iluminista alemão

A morte dos rios não traz desenvolvimento, artigo de Ruben Siqueira

[EcoDebate] A civilização nasceu entre os rios Tigre, Eufrates e Nilo, o chamado “Crescente Fértil”. Mais tarde Roma desenvolveu-se à beira do Tibre e de seu império fez-se a “civilização ocidental cristã”. Esta, hoje, na sua mais grave crise, devia se ver refletida nos rios que poluiu... No Brasil os rios foram os caminhos para a interiorização desta civilização trazida pelos portugueses. As “entradas e bandeiras” paulistas seguiram o rio

(rio São Francisco) Um rio refém do mercado, artigo de Ruben Siqueira

Esgoto in natura no rio São Francisco, nas proximidades de Juazeiro. [Ecodebate] A Agência Nacional de Águas (ANA) reduziu a vazão mínima do Rio São Francisco até o final de abril de 2009. De 1.300 metros cúbicos por segundo, a vazão mínima passará a 1.100 m³/s, abaixo dos reservatórios de Sobradinho (BA) e Xingó (AL e SE). A decisão visa guardar água para "segurança adicional ao sistema elétrico". O mesmo se

Top