Glifosato deixa de ser considerado ‘extremamente tóxico’ após mudança de classificação da Anvisa

Levantamento inédito mostra que 93 produtos com glifosato tiveram classificação reduzida pelo governo Bolsonaro - ao mesmo tempo que o cerco ao pesticida se fecha no mundo Mike Mozart/Flickr O herbicida Roundup é feito à base de glifosato. Nos Estados Unidos, trabalhador exposto ao produto desenvolveu câncer Por Pedro Grigori, Agência Pública/Repórter Brasil O cenário mundial não está favorável aos fabricantes de glifosato. O herbicida enfrenta vetos em países europeus e mais de 18

MPT, MPF e MPE ajuízam ação para proibir uso do glifosato em MT

    Proibição do glifosato visa resguardar o meio ambiente e a saúde de trabalhadores rurais expostos aos agrotóxicos O Ministério Público do Trabalho (MPT-MT), Ministério Público Federal (MPF-MT) e o Ministério Público Estadual (MP-MT) ajuizaram na última semana uma ação civil pública em face da Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado de Mato Grosso (Aprosoja), da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato) e da

Entenda o que é o glifosato, o agrotóxico mais vendido do mundo. Entrevista com o professor Luiz Claudio Meireles

Entenda o que é o glifosato, o agrotóxico mais vendido do mundo. IHU O professor Luiz Claudio Meireles, membro do Grupo Temático Saúde e Ambiente da Abrasco e também pesquisador do Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana da Escola Nacional de Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz foi ouvido na reportagem de Filipe Domingues para o G1. A reportagem é de Vilma Reis, publicada por Abrasco, 29-05-2019. Em pauta, o glifosato: o agrotóxico mais famoso do mundo. E, com certeza, o mais vendido. Somente no Brasil,

Estudos demonstraram os efeitos negativos do glifosato no sistema nervoso e respiratório de peixes nativos da Colômbia

    Glifosato - Estudos realizados por pesquisadores da Universidade Nacional da Colômbia (U.N.) demonstraram os efeitos negativos deste herbicida no sistema nervoso e respiratório de espécies nativas de peixes como o yamú, o peixe fantasma, o bocachico e o cachama blanca. ABr “Nossos trabalhos em laboratório baseiam-se na exposição de animais a uma concentração conhecida do agente tóxico. Aplicando as quantidades necessárias e suficientes, conseguimos determinar seu efeito tóxico nos peixes”, explicou o

TRF1 derruba liminar que suspendia uso de herbicidas à base das substâncias glifosato, tiram e abamectina

  O desembargador Kássio Nunes Marques, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), derrubou a liminar (decisão provisória) que suspendeu o registro de produtos à base das substâncias glifosato, tiram e abamectina no país. Conhecido comercialmente como roundup, o glifosato é um herbicida usado contra ervas daninhas indesejadas em produções agrícolas.     De acordo com entidades contrárias ao uso do agrotóxico na lavoura, há estudos que levantam suspeitas de que o produto

Fórum emite nota de apoio à decisão que suspende registro de agrotóxicos que contenham abamectina, tiram e o glifosato

  Decisão liminar que proíbe agrotóxicos com glifosato, abamectina e tiram, está prestes a ser apreciada pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região O Fórum Nacional de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos, do qual o Ministério Público do Trabalho faz parte, emitiu uma nota técnica de apoio à decisão liminar da 7a Vara Federal de Brasília, que suspendeu, no país, os registros atuais e proíbe novos registros de agrotóxicos que contenham abamectina,

Agrotóxicos: Governo e ruralistas pressionam pela derrubada da decisão judicial que suspendeu o registro do glifosato

  Agrotóxico, cuja associação com câncer e outras doenças já foi comprovada, teve seu registro suspenso pela Justiça brasileira. Mas governo, fabricantes e ruralistas pressionam a Advocacia-Geral da União pela derrubada da decisão Portal EPSJV/Fiocruz - EPSJV/Fiocruz     No dia 3 de agosto, a juíza federal substituta Luciana Raquel Tolentino de Moura, da 7ª Vara da Seção Judiciária do Distrito Federal, determinou em caráter liminar que o governo federal não conceda novos registros de

Herbicidas a base de glifosato. Cientistas argentinos descobrem danos ao crescimento ovariano de crustáceos

      IHU Cientistas argentinos descobriram que tanto o glifosato como os herbicidas a base de glifosato afetam o crescimento ovariano dos crustáceos, durante novos estudos revisados por pares in vivo e in vitro sobre a espécie modelo: o caranguejo de estuário Neohelice granulata. A reportagem é de Graciela Vizcay Gomez, publicada por America Latina en Movimiento (ALAI), 08-02-2018. A tradução é do Cepat. Os autores do trabalho são os pesquisadores Luciana Avigliano, Ivana S. Canosa, Daniel A. Medesani e Enrique M. Rodríguez, pertencem ao Departamento de Biodiversidade e Biologia Experimental, FCEN, Universidade de

Impactante estudio muestra que los herbicidas de glifosato contienen niveles tóxicos de arsénico, por Graciela Vizcay Gomez

  Zero Biocidas   Un  nuevo estudio publicado en Toxicology Reports ha demostrado que las evaluaciones regulatorias actuales de los herbicidas más usados ​​en el mundo son incorrectas, con ingredientes como el arsénico que se encuentra regularmente en los herbicidas a base de glifosato y otros pesticidas en niveles tóxicos. Por Graciela Vizcay Gomez La toxicidad del glifosato está actualmente siendo debatida a nivel internacional por las autoridades reguladoras y de salud, pero rara vez

El tiempo para los herbicidas a base de glifosato ha terminado, por Graciela Vizcay Gomez

  Zero Biocidas En febrero del año pasado, un grupo de científicos internacionales publicó una declaración de consenso llamando la atención sobre los riesgos planteados por los niveles crecientes de exposición a herbicidas basados ​​en glifosato (GBH), especialmente a la luz de la clasificación de glifosato por la agencia de cáncer de la Organización Mundial de la Salud IARC como probable carcinógeno. Los científicos notaron los efectos disruptivos endocrinos (hormonales) de los

‘O glifosato provoca alterações no DNA’. Entrevista com Siegried Knasmüller, toxicologista

  IHU Os Estados membros da União Europeia, reunidos na quinta-feira, 9 de novembro, no Comitê Plantas, Animais e Alimentos, não conseguiram obter maioria sobre proposta da Comissão Europeia para renovar a licença de uso do glifosato por mais cinco anos. E isso quando a licença para o herbicida, que entra na composição do famoso Roundup da Monsanto, expira no dia 15 de dezembro. Reconhecido internacionalmente por seus trabalhos em toxicologia genética, Siegfried

Uso de glifosato pode causar riscos à saúde, indica parecer técnico de pesquisadores da UFSC

Agrotóxico mais vendido no Brasil, o glifosato pode estar relacionado ao aparecimento de doenças como câncer, depressão, Alzheimer, diabetes, autismo e mal de Parkinson, conforme o parecer técnico N. 01/2015, produzido por pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O herbicida e outros cinco ingredientes estão na lista de agrotóxicos que devem passar por reavaliação toxicológica até setembro,conforme determinado pela Justiça Federal no dia 25 de junho deste ano. Atualmente, o

Top