Assentados e Acampados, em apoio mútuo, resistem a seis despejos, artigo de Gilvander Moreira

Assentados e Acampados, em apoio mútuo, resistem a seis despejos Por Gilvander Moreira1 No conflito agrário que se arrasta há mais de 20 anos envolvendo diretamente mais de 450 famílias acampadas em 11 acampamentos – Quilombo Campo Grande - no latifúndio da ex-usina Ariadnópolis, em Campo do Meio, no sul de Minas Gerais, as famílias Sem Terra sofreram seis despejos. Em 18 de maio de 2009, ocorreu o mais cruel despejo dos

Lapinha, paraíso natural e sagrado na Serra do Cipó em MG, artigo de Gilvander Moreira

  Lapinha da Serra, um paraíso natural e sagrado Gilvander Moreira1     Há quem acredita que só se pode chegar ao paraíso após a morte. No entanto, sem morrer, nos primeiros dias do ano de 2019, estivemos em um paraíso natural e sagrado: a Lapinha, na Serra do Cipó, no município de Santana do Riacho, MG. Por estrada rústica, ao longo de sete quilômetros da cidadezinha de Santana do Riacho até o vilarejo da

O filme Chico Rei e a luta pela superação do racismo e da escravidão, artigo de Gilvander Moreira

  Chico Rei e a luta pela superação do racismo e da escravidão Por Gilvander Moreira1 “Feliz Ano Novo”, diziam pessoas, em uma padaria, enquanto compravam o pão de cada dia. Em Brasília, com o maior aparato militar de segurança e repressão da história, Jair Bolsonaro tomava posse como presidente do Brasil. Em 8 de dezembro de 1967, o papa Paulo VI propôs a criação do Dia Mundial da Paz a ser celebrado

Do sindicalismo combativo à luta pela terra em Campo do Meio, MG, por Gilvander Moreira

Do sindicalismo combativo à luta pela terra em Campo do Meio, MG. Por Gilvander Moreira1 [EcoDebate] Até a década de 1980, milhares de trabalhadores boias-frias do Nordeste, do norte de Minas ou do Vale do Jequitinhonha, regiões de clima muito quente, vinham e ainda vêm para o sul de Minas Gerais para trabalhar nas lavouras de café. No sul de Minas, região de clima frio, esses trabalhadores tinham que trabalhar por quase

A luta pela terra em Campo do Meio, MG: memória necessária, por frei Gilvander Moreira

  A luta pela terra em Campo do Meio, MG, só acaba com o assentamento das famílias no latifúndio da ex-usina Ariadnópolis: memória necessária. Por frei Gilvander Moreira1 Em Campo do Meio, no sul de Minas Gerais, quase 500 famílias Sem Terra, do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais), ocupam há 20 anos, desde 14 de março de 1998, um latifúndio de 3.900 hectares que não cumpria sua função social – as terras da

Senso comum, ciência e tecnocracia: ambiguidades e contradições, artigo de Gilvander Moreira

Senso comum, ciência e tecnocracia: ambiguidades e contradições Por Gilvander Moreira1 O que é senso comum, as relações entre senso comum e ciência, a tecnocracia, que é o governo dos técnicos, ou seja, daqueles que se entendem como cientistas. Em que medida essas questões – senso comum, ciência e tecnocracia – afetam a luta pela terra e por direitos humanos fundamentais? Quais concepções de senso comum e ciência contribuem para que a

É tempo de reflexão, coragem e criatividade, artigo de frei Gilvander Moreira

É tempo de reflexão, coragem e criatividade Por frei Gilvander Moreira1 No segundo turno das eleições, dia 28 de outubro de 2018, Jair Bolsonaro obteve 57,7 milhões de votos (39,1%); Fernando Haddad, 47 milhões (31,7%); abstenções, nulos e brancos, 42,4 milhões (28,5%). Logo, 89,4 milhões de brasileiros não votaram em Bolsonaro. Entretanto, de acordo com as regras do jogo, 57,7 milhões de brasileiros elegeram o presidente do Brasil, de 2019 a 2022,

TRAGAM OS BERIMBAUS! O que significa o assassinato de um Mestre da Capoeira? Breve história da Arte e da Resistência Negra, por Alenice Baeta e frei Gilvander Moreira

TRAGAM OS BERIMBAUS! O que significa o assassinato de um Mestre da Capoeira? Breve história da Arte e da Resistência Negra Por Alenice Baeta1 e frei Gilvander Moreira2 Mestre Moa. Fonte: https://nossapolitica.net/2018/10/mestre-moa-triste-fim-capoeira Romualdo Rosário da Costa, de 63 anos, o Mestre de Capoeira “Moa do Katendê”, conhecido em nível nacional e internacional, inclusive, também era compositor, percussionista, artesão, educador e fundador do bloco carnavalesco Afoxé Badauê em maio de 1978. Ele foi brutalmente assassinado

Só mudança de mentalidade é insuficiente, artigo de Gilvander Moreira

Só mudança de mentalidade é insuficiente Por Gilvander Moreira1 É “a revolução a força motriz da história e também da religião, da filosofia e de toda forma de teoria” (MARX; ENGELS, 2007, p. 43). A luta pela terra aponta perspectivas emancipatórias capazes de mover a história? “Na atividade revolucionária, o transformar a si mesmo coincide com o transformar as circunstâncias” (MARX; ENGELS, 2007, p. 209). No prólogo de A ideologia alemã, Marx

As condições reais de vida determinam a consciência, artigo de Gilvander Moreira

As condições reais de vida determinam a consciência Por Gilvander Moreira1 Não cabe dicotomia entre sujeito e objeto no processo de pesquisa, nem separação entre teoria e prática. O sujeito vê/analisa o objeto, mas este também vê/influencia o sujeito. Não apenas o escultor faz uma escultura a partir da pedra, mas a pedra também molda o escultor. Segundo a filosofia sartreana “a obra constrói seu próprio autor ao mesmo tempo que

Pesquisa e ciência neutras? artigo de Gilvander Moreira

Pesquisa e ciência neutras? Por Gilvander Moreira1 Fez parte da dominação imperialista a afirmação de uma ciência neutra, pura, apolítica, pretensamente objetiva, portadora de uma verdade única e universal e não comprometida com a causa das classes (super)exploradas. Afirmar a neutralidade da ciência é uma forma de tergiversar sobre o compromisso conservador que as universidades via de regra têm. Assim, muitas vezes, pesquisa-se para manter e reproduzir o sistema estabelecido opressor. Entretanto,

Em opressão de classe, pesquisa militante! artigo de Gilvander Moreira

Em opressão de classe, pesquisa militante! Por Gilvander Moreira1 Não podemos confundir pesquisa participante com pesquisa-ação. Há distinção entre elas. “Existem diversos tipos de pesquisa participante e diversos tipos de pesquisa-ação. Uma clara distinção é necessária. A pesquisa-ação é uma forma de pesquisa participante, mas nem todas as pesquisas participantes são pesquisa-ação. [...] A pesquisa-ação não é apenas uma pesquisa participante, é um tipo de pesquisa centrada na questão do agir” (THIOLLENT,

Top