EcoDebate: Índice da edição nº 3.357, de 16/01/2020

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394   Empatia é quase amor, artigo de Montserrat Martins Relatório Global de Riscos 2020, do Fórum Econômico Mundial, faz grave alerta sobre os riscos climáticos e a polarização política Organização Meteorológica Mundial (OMM) confirma 2019 como o segundo ano mais quente já registrado Docentes da UFRJ elaboram nota técnica dizendo que há ameaça de segurança hídrica no Rio Profenofós, pesticida proibido na União Europeia e na Suíça, é exportado para o

Empatia é quase amor, artigo de Montserrat Martins

  [EcoDebate] “Simpatia é quase amor” é um dos mais divertidos blocos de carnaval, criado em Ipanema, no Rio, nos anos 80, cujo nome é inspirado num personagem conquistador e simpático. Ninguém precisa explicar a “simpatia”, é algo que alguém lhe inspira – ou não. O que você precisa saber na prática é que golpistas, sejam estelionatários ou de outros tipos, são habitualmente muito simpáticos e sabem conquistar a sua confiança

Relatório Global de Riscos 2020, do Fórum Econômico Mundial, faz grave alerta sobre os riscos climáticos e a polarização política

• As graves ameaças ao nosso clima são responsáveis por todos os principais riscos de longo prazo do Relatório Global de Riscos, com "confrontos econômicos" e "polarização política doméstica" reconhecidos como riscos significativos a curto prazo em 2020 • O relatório adverte que a turbulência geopolítica e a retirada do multilateralismo ameaçam a capacidade de todos de enfrentar riscos globais críticos e compartilhados • Sem atenção urgente à reparação da

Organização Meteorológica Mundial (OMM) confirma 2019 como o segundo ano mais quente já registrado

    O ano de 2019 foi o segundo ano mais quente já registrado após 2016, de acordo com a análise consolidada da Organização Meteorológica Mundial dos principais conjuntos de dados internacionais. As temperaturas médias para os períodos de cinco anos (2015-2019) e de dez anos (2010-2019) foram as mais altas já registradas. Desde os anos 80, cada década é mais quente que a anterior. Espera-se que essa tendência continue devido aos níveis recordes de

Docentes da UFRJ elaboram nota técnica dizendo que há ameaça de segurança hídrica no Rio

  A pedido da Reitoria, grupo de docentes da UFRJ elaborou nota técnica contendo constatações e recomendações Face aos questionamentos recentes sobre a qualidade da água potável distribuída para consumo na Região Metropolitana do Rio de Janeiro (RMRJ) e cientes da responsabilidade acadêmica e social que a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) tem com toda a população, a Reitoria da UFRJ solicitou a um grupo de docentes que desenvolve

Profenofós, pesticida proibido na União Europeia e na Suíça, é exportado para o Brasil

  IHU Catalogado como prejudicial à saúde dos suíços – e, portanto, proibido no mercado helvético desde 2005 – o pesticida profenofós, no entanto, inunda campos e águas brasileiras, produto da atividade exportadora da transnacional Syngenta, com sede em Basileia. A reportagem é de Sergio Ferrari, publicada por ALAI, 13-01-2020. Em 2018, pelo menos 37 toneladas desse inseticida do grupo dos organofosfatos foram vendidas ao Brasil, de acordo com documentos de exportação da Secretaria Federal de Meio Ambiente aos quais teve acesso a ONG suíça

Segundo dados do INPE, o desmatamento na Amazônia cresce 85% em 2019

IHU Segundo dados do Inpe, área desmatada chegou a 9.165,6 quilômetros quadrados no ano passado. Esse foi a maior devastação no bioma registrada nos últimos cinco anos. O artigo foi publicado por Deutsche Welle, 14-01-2020. O desmatamento na Amazônia cresceu 85,3% no ano passado em comparação com 2018, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira (14/01) pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Segundo o Sistema de Detecção do Desmatamento na Amazônia Legal em

Cuidados com o carro nos alagamentos

  Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil As chuvas chegaram com tudo e quem já não pegou um temporal dentro do carro, daqueles que o limpador de para-brisa não vence a quantidade de água que desaba? É nesse período que muita gente se vê em apuros no meio das enchentes. Por Vera Moreira Para enfrentar as chuvas com segurança no trânsito, o engenheiro mecânico e especialista em manutenção de automóveis, Denis Marum, explica algumas ações preventivas

Top