Índice da edição nº 3.051, 2018 [de 13/09/2018]

  Revista eletrônica EcoDebate, ISSN 2446-9394   Ambientalização de conflitos sociais, Parte 2/5, artigo de Roberto Naime Racismo e sexismo no Brasil em 2018, artigo de José Eustáquio Diniz Alves Em opressão de classe, pesquisa militante! artigo de Gilvander Moreira Mudar para uma dieta saudável não é apenas bom para nós, mas também poupa muita água doce Decrescimento, parte 5/6: Os dois inimigos da humanidade e a agrointoxicação; análise de Luiz Marques (IFCH/Unicamp) O Cerrado é fundamental para

Ambientalização de conflitos sociais, Parte 2/5, artigo de Roberto Naime

    [EcoDebate] LOPES (2006) delineia novas características que têm apresentado os conflitos sociais. Embora situados em áreas urbano industriais, esses resultados podem servir de estímulo para a reflexão. O tratamento dos fatos empíricos observados acabam por sugerir a sua observação do ponto de vista de um processo histórico dotado de um certo sentido, embora contraditório. Trata-se de processos sociais, empiricamente delimitados, pertencentes a uma tendência histórica, no Brasil e em outros países, de

Racismo e sexismo no Brasil em 2018, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

  “Ou nenhum indivíduo da espécie humana tem verdadeiros direitos, ou todos têm os mesmos; e aquele que vota contra os direitos do outro, seja qual for a sua religião, cor ou sexo, desde logo abjurou o seu próprio” (Marquês de Condorcet, 03/07/1790).     [EcoDebate] Dizer que o Brasil é um país racista e sexista é a mais pura verdade, mas é insuficiente para dar conta da complexidade das questões de raça e gênero no

Em opressão de classe, pesquisa militante! artigo de Gilvander Moreira

Em opressão de classe, pesquisa militante! Por Gilvander Moreira1 Não podemos confundir pesquisa participante com pesquisa-ação. Há distinção entre elas. “Existem diversos tipos de pesquisa participante e diversos tipos de pesquisa-ação. Uma clara distinção é necessária. A pesquisa-ação é uma forma de pesquisa participante, mas nem todas as pesquisas participantes são pesquisa-ação. [...] A pesquisa-ação não é apenas uma pesquisa participante, é um tipo de pesquisa centrada na questão do agir” (THIOLLENT,

Mudar para uma dieta saudável não é apenas bom para nós, mas também poupa muita água doce

  Pegada hídrica de diferentes dietas dentro de entidades geográficas subnacionais europeias Mudar para uma dieta saudável não é apenas bom para nós, mas também poupa muita água doce preciosa, de acordo com um estudo do CCI publicado na Nature Sustainability. The Joint Research Centre (JRC)* Em comparação com as dietas existentes, a água necessária para produzir nossos alimentos pode ser reduzida entre: 11% e 35% para dietas saudáveis contendo carne, 33% e 55% para dietas

Decrescimento, parte 5/6: Os dois inimigos da humanidade e a agrointoxicação; análise de Luiz Marques (IFCH/Unicamp)

  A agrointoxicação do planeta: um problema sistêmico Jornal da UNICAMP TEXTO LUIZ MARQUES FOTOS REPRODUÇÃO EDIÇÃO DE IMAGEM LUIS PAULO SILVA Desde 2015, habitamos um planeta em cuja atmosfera concentram-se mais de 400 partes por milhão (ppm) de dióxido de carbono (CO2) e mais de 1.840 partes por bilhão (ppb) de metano, os dois principais gases de efeito estufa (GEE). Em média, as concentrações de CO2 foram de 405 ppm em 2017, ou seja 2,2 ppm

O Cerrado é fundamental para a sobrevivência de milhares de animais e plantas, e a nossa própria vida

  Precisamos manter a vegetação nativa do Cerrado Por Letícia Campos, WWF Brasil     Berço de três bacias hidrográficas que abastecem de água praticamente todo o país, a maior savana da América do Sul cobre 25% do território brasileiro e abriga 30% da biodiversidade brasileira, mas vem sofrendo com a perda de sua vegetação nativa. Nos últimos dez anos, o Cerrado obteve as maiores taxas de desmatamento do País. A cada minuto é desmatada

Ararinha-azul (Cyanopsitta spixii) está provavelmente extinta da natureza, indica estudo

  Ararinha-azul ganhou fama com filme Rio; outras aves do país estão na lista de espécies extintas da natureza ABr A organização ambiental BirdLife Internacional divulgou um estudo em que revela que oito espécies de pássaros estão extintas ou com alta probabilidade de terem sido extintas da natureza. Quatro dessas aves são brasileiras: a ararinha-azul (Cyanopsitta spixii), o limpa-folha-do-nordeste (Philydor novaesi), o trepador-do-nordeste (Cichlocolaptes mazarbarnetti) e o caburé-de-pernambuco (Glaucidium mooreorum) – que é uma coruja. A

Top