Índice da edição nº 2.864, 2017 [de 06/11/17]

    Romeu e Julieta, versão brasileira, artigo de Montserrat Martins Economia: Indonésia ultrapassa o Brasil, artigo de José Eustáquio Diniz Alves A importância do solo na definição das faixas de matas ciliares - uma reflexão sobre o Código Florestal, por Marco Antonio Ferreira Gomes e Lauro Charlet Pereira Água contaminada e doenças na área da mineração de urânio, na Bahia Tragédia de Mariana: Dois anos depois, atingidos pela barragem de Fundão,

Romeu e Julieta, versão brasileira, artigo de Montserrat Martins

    [EcoDebate] Romeu e Julieta é um clássico, mas poderia ter uma versão brasileira, bem atual, em que são filhos respectivamente de um taxista e um motorista de Uber, que dependem desses trabalhos para sustentar suas famílias. Com todas as polêmicas desse embate, com a carga emocional romanceada, cujas possibilidades extremas vão desde a família passar fome até ser feliz no amor. Também poderiam ser filhos de um mortadela e um coxinha,

Economia Indonésia ultrapassa o Brasil, artigo de José Eustáquio Diniz Alves

    [EcoDebate] A Indonésia e o Brasil estão entre os seis países mais populosos do mundo, ficando atrás apenas da China, da Índia e dos Estados Unidos (o Paquistão parece que já ultrapassou o Brasil). A população da Indonésia era de 148 milhões de habitantes em 1980 e passou para 264 milhões em 2017, enquanto o Brasil tinha 122 milhões de habitantes em 1980 e 211 milhões em 2017, segundo dados

A importância do solo na definição das faixas de matas ciliares – uma reflexão sobre o Código Florestal, por Marco Antonio Ferreira Gomes e Lauro Charlet Pereira

    [EcoDebate] Em 2014 os autores do presente trabalho já haviam chamado a atenção sobre a importância de se conhecer o tipo de solo nos diversos ambientes, associados às matas ciliares dos cursos d’água em todos o país. No trabalho intitulado “Aspectos geoambientais e áreas frágeis no Brasil”, os autores enfatizam a fragilidade das áreas de matas ciliares e o comportamento, pouco adequado, de muitas pessoas em relação à conservação dos

Água contaminada e doenças na área da mineração de urânio, na Bahia

  Por Zoraide Vilasboas     A análise de oito amostras de água, coletadas na área de influência da mineração de urânio, nos municípios de Caetité, Livramento e Lagoa Real (Bahia) apresentou alta concentração de urânio e de outros elementos tóxicos, indicando um processo de contaminação, que exige monitoramento contínuo e urgentes providências, informou a antropóloga Cláudia d’Arede em debate sobre “Saúde e Mineração” ocorrido em Salvador, durante o Congresso de Pesquisa, Ensino e

Tragédia de Mariana: Dois anos depois, atingidos pela barragem de Fundão, da Samarco, ainda não foram indenizados

  ABr   O rompimento da barragem de Fundão, pertencente à Mineradora Samarco, afetou pelo menos 500 mil pessoas ao longo de 670 km de curso d'água da Bacia do Rio Doce. O número inclui desde pessoas que tiveram familiares mortos e casas destruídas até os que sofreram a interrupção do abastecimento de água em 39 municípios. A tragédia provocou uma avalanche de processos judiciais, levou à criação de ações civis públicas e criou

Tragédia de Mariana: Dois anos depois, novas vilas para reassentar vítimas não saíram do papel

  ABr Enquanto a imagem de destruição dos três distritos atingidos pelo rejeito da mineradora Samarco - Bento Rodrigues, Paracatu e Gesteira - permanece viva na memória e nas antigas comunidades soterradas dois anos depois da tragédia de 5 de novembro de 2015, ainda não é possível vislumbrar as novas vilas a serem construídas para abrigar as vítimas. Os desenhos urbanísticos estão em processo final de elaboração. A Agência Brasil visitou os territórios

Os interesses econômicos por trás (ou debaixo) da lama de rejeitos da mineração

  Os dois anos do maior crime socioambiental do país provocado por uma empresa minerária revelam o lobby de um setor altamente lucrativo junto aos poderes Legislativo e Judiciário Por Katia Machado - EPSJV/Fiocruz Novembro de 2017: em meio a incertezas sobre a possibilidade de retorno ao antigo modo de vida, moradores dos distritos de Bento Rodrigues e Paracatu de Baixo, região central de Minas Gerais, atingidos há dois anos pela lama da

Cientistas do governo norte-americano divulgam relatório sobre clima contrário ao discurso de Trump

  O Relatório Especial de Ciência Climática divulgado na sexta-feira (3) pela administração de Donald Trump afirma ser extremamente provável que as atividades humanas, especialmente a emissão de gases do efeito estufa, sejam a causa dominante do aquecimento global observado desde a metade do século 20. "Não há nenhuma explicação alternativa convincente para o aquecimento global do último século que seja baseada na mesma extensão de evidências observadas", diz o estudo de

Top